Top 4 Peelings Pra Deixar Sua Pele Linda!

Aproveitando que o inverno está chegando, que tal um post com um resumão dos melhores posts sobre peelings que já fizemos aqui? Confiram!

1- Peeling: O que é? Para que serve?

Muita gente não tem muita noção do que seja, em verdade, um peeling, e nesse post eu explique que ” o  peeling químico nada mais é do que a aplicação tópica de algumas substâncias, geralmente ácidos, que provocam descamações e até necrose da pele, com o intuito de renová-la e, no caso da necrose, removê-la. (..) Ou seja, o que é peeling faz é estimular, rapidamente, a troca da pele, o que ajuda no tratamento de vários problemas, como envelhecimento e manchas, dentre outros.”

Ele serve, pois, para auxiliar nos “ tratamentos de acne, de estrias, de cicatrizes de acne, de rejuvenescimento, de cicatrizes, de manchas diversas, de linhas faciais, de rugas e de flacidez.”

Melasmas e manchas de pele

2-  Peeling: A Hora É Agora! Parte 2

Pra que ninguém fique confuso, fiz um post explicando quais os tipos de peeling que existem, que são, basicamente, os seguintes:

“A classificação dos peelings, que não é absoluta, varia de acordo com sua capacidade de penetração, podendo ser tido como superficial, médio ou profundo.

peeling superficial age apenas na epiderme, que é a camada mais superficial da pele, e geralmente é feito com substâncias como o ácido retinóico, glicólico ou salicílico. Os riscos são pequenos e o pós peeling não ocasiona grandes  problemas.

peeling médio remove a epiderme de forma parcial ou total, já que provoca a destruição dos tecidos cutâneos, atingindo a derme pilar.  Os riscos são um pouco maiores que os oferecidos pelo peeling superficial e pode ser feito com ativos como o fenol (88%), o ácido glicólico (40 a 70%), o ácido pirúvico e o ácido tricloroacético, que vem associado com o ácido glicólico, por exemplo.

peeling profundo é o mais agressivo e  o que apresenta mais riscos, pois destrói completamente a epiderme e chega a atingir a derme reticular, podendo causar manchas e cicatrizes. Geralmente é feito com ácido tricloroacético ou fenol.”

3- Peeling: A Hora É Agora! Parte 3

Nesse post eu explico quais são as possíveis complicações e os cuidados pré e pós-peeling, o que é muito importante para o resultado final.

“As complicações mais comuns são as cicatrizes, o prurido, o eritema, a hiper e a hipo pigmentação e a infecção.

O eritema sempre ocorre, já que a pele afina, mas ele é transitório e rapidamente a pele volta ao normal. As cicatrizes, no geral hipertróficas, são mais frequentes em peelings profundos.  A hiperpigmentação, que são manchas escuras, é mais comum em pessoas de pele morena e negra. A infecção acontece, geralmente, em peelings médios e profundos e, por isso, é preciso um tratamento prévio para evitar esse problema. Todas essas complicações são relativamente fáceis de tratar, com exceção da hipopigmentação, que é mais comum em peelings profundos.”

 4- Peelings Químicos: Renove Sua Pele Já!

Sabe quando a gente quer uma visão geral sobre um assunto? É o que tem nesse post, onde explico, de forma resumida, tudo o que foi explicado nos posts anteriores!

Beijos

Ju Lopes

Top 4 Peelings Pra Deixar Sua Pele Linda!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.