Alisamento no Cabelo – Como Fazer?

Alisamento no Cabelo – Saiba o Processo como Funciona

Alisamento no Cabelo

Alisamento no Cabelo – Como Fazer?

É importante para você que está pensando em fazer alisamento no cabelo, saber que é um processo químico que pode ser bastante agressivo para as madeixas.

Por isso é preciso que você faça em um local de confiança e de maneira correta, sempre tomando os cuidados essenciais para que o processo dê certo e não destrua os fios.

Como fazer o Alisamento no Cabelo?

No começo, quando surgiram os alisamentos, a única forma de fazer esse processo era com o formol. Hoje já podemos encontrar outras químicas que alisam.

Essas substâncias são liberadas e de maneira segura vão alisar os seus fios. São elas: hidróxido de sódio, que ajuda a produzir desde um ondulado que seja um pouco mais leve, até um liso, dependendo do tempo que o cabelo será exposto à química.

Hidróxido de Guinidia já esse já serve para transformar os cachos em ondas, ou até mesmo ajuda a tirar o volume dos cabelos que já são lisos. Cuidado na utilização dessa substância se o seu cabelo for pintado, porque podem ocorrer mudanças na cor.

O Tioglicolato de amônia é uma forma moderada de alisar, ajudando a tirar o volume dos cabelos cacheados.

Diferença entre Alisamento no Cabelo e Relaxamento

Existe diferença sim entre o relaxamento e o alisamento no cabelo.

Nos dois é utilizada a substância Tioglicolato de amônia, mas no caso do relaxamento, ele fica apenas de 15 a 30 minutos nos fios e, nesse caso, não existe a aplicação de fontes de calor para modelar os fios.

Para que não ocorram possíveis problemas nos seus fios, é importante que o cabeleireiro que vai fazer o seu alisamento saiba o que você já utilizou no cabelo. Pois na maioria dos casos, os princípios ativos dos alisadores não são compatíveis.

Se você já fez outro tipo de tratamento alisante é importante que você fale para o profissional o que já usou nos fios.

Avlon Affirm Econokit Guanidina Convencional

Alisamento no Cabelo

Avlon Affirm Econokit Guanidina Convencionalb – Alisamento no Cabelo

Kit de Hidróxido de Guanidina Convencional, ideal para quem está utilizando pela primeira vez. Saiba Mais.

Alisamento no Cabelo e Reações

Outro detalhe que você precisa observar durante o processo de alisar os fios é como o seu corpo vai se comportar diante da química que será aplicada.

Fique atenta se por acaso enquanto você estiver no meio do processo, e começar a sentir qualquer tipo de coceira, tosse rouca, ardor ou até mesmo lacrimejar, essas podem ser algumas das reações alérgicas do seu corpo em relação a uma das substâncias que estão no produto para alisar. Se isso ocorrer, lave imediatamente o cabelo, para que outros problemas não apareçam.

Esqueça as chapinhas: conheça a escova que é o futuro do alisamento

Alisamento no Cabelo e Colorações

 

Para mulheres que querem pintar as madeixas e também colorir, é importante saber que isso pode ser um risco grande se feito no mesmo dia.

Opte por fazer a pintura pelo menos duas semanas depois de alisar. Se for o caso do seu cabelo ter pelo menos três tons de diferença do seu cabelo natural, o risco no momento de alisar só vai aumentar por isso o cuidado é essencial.

Existem mulheres que enfrentam queda de cabelo após a aplicação do alisamento no cabelo, por isso, é preciso respeitar as regras depois que alisar as madeixas, nada de retocar antes de 3 ou 6 meses, e o processo precisa ser feito longe da raiz.

Mas ainda existe um detalhe, se você for fazer alisamento, e os fios começarem a cair, pode ser que alguma substância usada, não seja compatível com o que você já possui nos fios. Para esses casos, é importante que você consulte um dermatologista para entender o que está ocorrendo, e de repente até fazer um tratamento mais aprofundado.

Cuidados em Casa

Para que os fios fiquem sempre da maneira que você deseja, é preciso que o cuidado em casa, seja constante, por isso, nada de deixar de hidratar os fios. É fundamental que isso seja feito, toda a semana inclusive em casa, por isso, compre produtos que possam amparar você, no pós-química.

Você pode usar produtos específicos para manter o cabelo liso. Sempre intercalando tratamentos conforme a necessidade do cabelo.

E o Detox Capilar?

E no caso das mulheres que querem hidratar no salão pode optar por detox capilar, ou queratinização, ou ainda pela hidratação mais comum.

O que cada um dos tratamentos tem de diferença? O detox ajuda a esfoliar e limpar, isso ajuda muito para mulheres que depois de alisar, ficaram com a raiz um pouco oleosa. Justamente por ser um processo que limpa profundamente, esse só pode ser feito uma vez por mês.

No caso da queratinização, o cabelo vai passar por um processo de reposição da massa, ajuda muito para mulheres que depois do processo de alisar ficar com os fios opacos, quebradiços ou com frizz. Também só deve ser aplicada uma vez por mês. Para os cabelos ressecados a melhor opção é a hidratação, já essa pode ser aplicada a cada 15 dias.

Alisar o cabelo deixa qualquer mulher com a autoestima nas alturas, mas é preciso entender que esse processo pode ser bastante forte em alguns casos. Por isso analise junto com o seu cabeleireiro qual a melhor forma de alisar. E lembre-se que para que esse processo tenha valido a pena, é preciso que você cuide de maneira correta e com os produtos certos. Assim você terá o liso divino que sempre sonhou.

Nada de alisar, e depois se esquecer dos fios hein, quem opta por esse processo, precisa cuidar dos fios constantemente. Para que fiquem sempre belos, da maneira que desejamos.

Escolha um salão de sua confiança, para que o processo dê certo, e saiba que você precisa entregar suas madeixas nas mãos de um profissional da área que saiba lidar com esse tipo de produtos, além disso, é preciso que no salão sigam algumas normas e regras para que esse alisamento seja feito, para a saúde do seu cabeleireiro e também, a sua. Depois é só sair por ai, arrasando com o novo look liso.

Alisamento no Cabelo – Como Fazer?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Cabelo Velho? Como assim?
Cabelos Cacheados (Tipo 3a e 3b) – Tratamentos, Dicas e Cuidados
Tags: , , , , , , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.