Tudo Sobre Caspa no Cabelo

Você sabe tudo sobre Caspa no Cabelo?

Caspa no Cabelo

Tudo Sobre Caspa no Cabelo

Ela aparece sem motivo aparecente, vai ficando e, para sair, só com tratamento. A caspa no cabelo é mesmo um incômodo na vida de qualquer pessoa.

Ela já apareceu na sua vida? Ou melhor, na sua cabeça? Se a resposta é positiva, não se apavore.

Uma pesquisa feita pela marca P&G mostrou que aproximadamente 40% da população brasileira sofre com a caspa.

“A caspa é um mal que traz transtornos de saúde e causam irritações e coceiras no couro cabeludo. E também interfere no comportamento social do indivíduo. Afinal, muitas pessoas acham que a caspa está associada à falta de higiene”, comenta Denise Steiner, médica dermatologista e consultora da marca P&G no Brasil.

Caspa no Cabelo não é Falta de Higiene

Mas isso não tem nada a ver, sabia? A caspa é uma doença, e não a falta de higiene na cabeça. E o pior: ela ainda não tem cura.

Uma das formas mais comuns de se prevenir a caspa é o uso regular de shampoo e condicionador específicos para esse problema. Por exemplo: ela começou a aparecer, compre na farmácia um kit anticaspa.

Bc Bonacure Scalp Therapy Kit Dandruff Control Anticaspa

Caspa no Cabelo

Bc Bonacure Scalp Therapy Kit Dandruff Control Anticaspa – Para Caspa no Cabelo

Dupla para combater a caspa dos fios de uma vez por todas. Além da higienização adequada, também propicia combate aos fungos e bactérias do couro cabeludo. Ainda, controla a oleosidade dos fios. Cabelos limpos e sem caspa. Saiba Mais.

Caspa no Cabelo todo!

E o assunto não acaba aí: tem gente que sofre com aqueles pontinhos brancos e não sabe como resolver a situação ou pensam de uma forma única: lavar a cabeça todos os dias vai gerar a caspa. E essa é uma ideia errada!

De acordo com a dermatologista, o que causa a caspa no cabelo pode estar relacionada com a genética (quando você tem casos na família e existe um histórico de inflamação do couro cabeludo entre os familiares).

Pode também ser provocada pelo sebo, que é a oleosidade natural do couro cabeludo e, quando produzido em excesso, pode servir de alimento para o fungo que gera a caspa, fazendo-o se proliferar.

Além dessas duas causas, existem, claro, outras situações que podem resultar na caspa, como: problemas hormonais, situações de estresse, o clima muito seco e até mudanças bruscas de temperatura.

O problema não é deixar de lavar

E nada disso tem a ver com lavar a cabeça todo dia ou dia sim, dia não! É importante saber que, quando você lava a cabeça, está tirando todos aqueles agentes que ajudam na proliferação da caspa, como a oleosidade.

 

Outra coisa bem importante para saber é que a progressiva não causa caspa. O que você pode sentir depois que faz a técnica de alisamento é uma irritação no couro cabeludo, provocada pela química muito forte que existe na fórmula do produto.

De acordo com a médica, quando você sente esta irritação, tende a coçar muito a cabeça e essa coceira pode acabar descamando o couro cabeludo. E isso não tem ligação com a caspa! “O couro cabeludo também pode inflamar, porque a irritação, a vermelhidão ou a coceira podem diminuir a resistência da pessoa, levando a um processo inflamatório”, afirma.

Como evitar que aconteça?

Você deve estar se perguntando: como evitar este problema? A resposta é mais simples que o tratamento: você pode usar shampoos e condicionadores anticaspa com sucesso, pelo menos uma vez por semana.

Manter a cabeça limpa e tentar não comer tantos alimentos gordurosos também ajuda. Isso porque eles aumentam a oleosidade da pele e do couro cabeludo, favorecendo para a caspa. Já se o seu caso for um pouco mais grave, a dica é você procurar um dermatologista e ter uma orientação médica quanto ao tratamento.

A caspa pode aparecer tanto na fase adulta, quanto na adolescência. Mas, quando a gente é mais jovem, o couro cabeludo tende a ressecar com mais frequência, causando uma descamação, que parece caspa, mas não é!

O que pode gerar caspa entre os 15 e 20 anos é a produção hormonal deste período da vida. E se isso acontecer, é preciso procurar um médico para saber como regularizar a situação dentro do corpo!

Caspa nos bebês?

Já nos bebês, a caspa é provocada pela alteração hormonal da mãe. Pois é, essa alteração pode pode passar para eles através da placenta. Aqui também é importante consultar um médico, se a mãe perceber que a criança está produzindo escamas visíveis.

E quais tipos de cabelos podem dar mais caspa? Essa é uma dúvida frequente entre as mulheres. Sem dúvida nenhuma, o cabelo que mais tem propriedades para gerar caspa é o cabelo oleoso.

De acordo com a médica, esses fios produzem uma quantidade maior de óleo natural do couro cabeludo, o que ajuda (e muito) na proliferação da caspa.

O fungo que produz a caspa se chama Malassezia Globosa. E para tratar a situação, se este for o seu caso, você deve procurar um médico e fazer um tratamento adequado para controlar essa oleosidade. Se o seu cabelo for seco, cuidado: as chances de ressecamento do couro cabeludo são maiores e você pode, sim, ficar com aqueles pedacinhos brancos no cabelo. O que não significa que seja caspa. Aqui a dica é sempre fazer a hidratação e evitar exposição solar.

Tudo Sobre Caspa no Cabelo
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Cronograma Capilar Benefícios e Objetivos
Ruivo Acobreado - Saiba como manter a cor intensa!
Tags: , , , , , , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.