Dê tchau aos cabelos brancos!

Dizem por aí que a brasileira não envelhece, “enlourece”, tudo para fugir dos cabelos grisalhos. Quem nunca ficou arrepiada só de pensar em ficar com os fios brancos? Há décadas as mulheres vêm correndo deste mal e recorrendo às tinturas ou até mesmo às luzes na tentativa de esconder este fato, que cedo ou tarde, sempre aparece.

Há quem diga que os fios grisalhos dão charme às pessoas, mas esse pensamento é para poucos. Os homens são, em sua maioria, os grandes adeptos a esse estilo. Já as mulheres, entram em um verdadeiro desespero quando se deparam aquele fiozinho branco no meio dos outros. Para resolver esse problema, foram necessários anos de estudos a fim de descobrir a relação entre o envelhecimento e a existência dos cabelos brancos.

Pensando na importância do assunto, cientistas das Universidades da Inglaterra e da Alemanha se dedicaram a temas desse tipo. E foi justamente em uma dessas inúmeras pesquisas que ao procurarem a cura para o Vitiligo, doença causada pelo despigmento da pele, ou seja, pela falta de melanina, encontraram a possível cura para um dos maiores temores femininos.

cabelos-brancos

Foto: Reprodução

Um estudo realizado em 2009 revelou as causas que levam o cabelo a perder a cor natural e assumir a tonalidade esbranquiçada. O aparecimento desses fiozinhos indesejados faz parte do processo denominado “stress oxidativo”. Ou seja, o acumulo de uma substância chamada peróxido de hidrogênio, mais conhecida como água oxigenada, presente na maioria das tinturas utilizadas pelas mulheres na intenção de esconder os fios que caracterizam a chegada da maturidade.

Além dos casos naturais, há também ocasiões em que os cabelos grisalhos aparecem logo na adolescência ou no inicio da fase adulta. Isto acontece devido à carga genética, já que grande parte de casos precoces estão relacionados ao histórico da família. Mas, na maioria das vezes, a perda do pigmento só ocorre aproximadamente após a chegada dos 40 anos de idade. Certamente esse é o sonho da maioria das pessoas do mundo, e claro, que se pudessem retardar ainda mais esse processo certamente o fariam!

O tratamento desenvolvido pelos pesquisadores é capaz de remover o peróxido de hidrogênio, e assim devolver a coloração aos fios danificados. O remédio que pode mudar a vida de milhares de pessoas e trazer de volta até mesmo a autoestima de muitas pessoas chama-se Pseudocatalase.

cabelos-brancos2

Foto: Reprodução

 

A substância pode expulsar do organismo os radicais livres, que são os principais vilões na luta da despigmentação, tanto do fio quanto da pele. A medicação tem textura de creme e deve ser aplicada no local afetado. Em seguida, é ativada por raios ultravioleta B, conhecidos como UVB.

Especialistas afirmam que há tempos procuram por um remédio que possa solucionar o aparecimento dos cabelos grisalhos e essa é a primeira vez que uma pesquisa consegue chegar tão perto da cura. Enquanto esperamos o desenvolvimento do estudo, é importante ressaltar a necessidade de optar pelas tinturas que não contenham amônia em sua composição, pois podem danificar e quebrar as madeixas. Outra medida, também eficaz, são as luzes, mais utilizadas pelas loiras. O processo consegue esconder os cabelos brancos e, às vezes, é uma opção menos agressiva e mais duradoura.

Dê tchau aos cabelos brancos!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Sobre Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. 👯 Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas 😘

Minha Página
Saiba Mais

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

contato@patricinhaesperta.com.br / redacao@patricinhaesperta.com.br

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Chanel: o corte das celebridades
Descubra como ter cabelos grandes e fortalecidos
Tags: ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.