Realinhamento capilar: o guia completo

Saiba como funciona a técnica de realinhamento capilar, substituta da escova progressiva para o alisamento dos cabelos.

REALINHAMENTO CAPILAR

REALINHAMENTO CAPILAR: O GUIA COMPLETO

REALINHAMENTO CAPILAR: O GUIA COMPLETO

Entra estação, sai estação e sempre há uma tendência nova que predomina e é intitulada moda. Essa transição das décadas costuma impactar no modo como as pessoas de diferentes tempos enxergam o conceito de beleza e como o aplicam à vida no dia a dia. E isso só ressalta que, com o passar dos anos, os padrões de beleza mudam e, consequentemente, as técnicas acabam por mudar também.
Mas uma tendência que faz a cabeça das mulheres há muito tempo é a moda dos cabelos lisos ou alisados. Nem todas são fãs das madeixas escorridas, mas a redução de volume e o aspecto mais alinhado dos fios são duas características muito cobiçadas no meio feminino.

  • No século passado, desde a descoberta de que altas temperaturas provocam evaporação do hidrogênio presentes nos cabelos, deixando o fio com aparência mais lisa e com volume baixo, essa tendência se intensificou. Mas esse gosto pelos cabelos mais alisados não é tão recente. Na história, muitos métodos já foram utilizados para alcançar o aspecto mais alinhado dos fios: desde banha, sebo, óleo de peixe e até mesmo ácido sulfúrico diluído em água.

Dizer que é injustificado que esse esforço das mulheres, ao longo das décadas, em obter fios mais finos, com volume reduzido e alinhado é um erro. E muito pelo contrário, há motivos de sobra para que as mulheres tanto almejem cabelos assim. E um dos motivos são as diversas vantagens que os cabelos lisos e alinhados agregam a vida rotineira.

Realinhamento capilar alisa os cabelos?

Realinhamento capilar alisa os cabelos?

Realinhamento capilar4 alisa os cabelos?

Apesar da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária ter proibido o uso de formol concentrado na fórmulas dos produtos das escovas progressivas, muitas marcas continuaram acrescentando uma concentração menor da substância sem autorização do órgão. Como já foi comprovado diversas vezes que o formol pode causar alergia, bolha, irritação ou até mesmo um tumor, a solução encontrada foi investir na pesquisa de novas fórmulas com o mesmo poder de alisamento. Além destes problemas, o formol também é arquinimigo das descolorações e das tinturas. Ao misturar os procedimentos, ocorrem danos severos às fibras capilares, podendo chegar inclusive ao corte químico. Leia também: Corte Químico | O que aconteceu com o meu cabelo

  • Na onda de pesquisar novas fórmulas com o poder de alisamento, surgiu, há não muito tempo, o realinhamento capilar5. Sem formol, esta técnica de alisamento dos cabelos não danifica as fibras capilares e nem altera a coloração dos fios após o procedimento, tal como acontece com as escovas progressivas comuns. Apesar do alisamento promovido pelo realinhamento capilar6 não ser definitivo, sendo que nem a promessa das escovas progressivas comuns são verdadeiras neste aspecto, a técnica em questão oferece ao consumidor uma vantagem diferencial surpreendente: cabelos alisados, hidratados e nutridos ao fim da aplicação. Nada de fios danificados, porosos ou secos.

Mas, como assim? Simples!

Descobriu-se que os 21 aminoácidos essenciais, derivados da queratina, uma proteína fibrosa, presentes nos alimentos naturais, são capazes de promover o alisamento dos cabelos por cerca de três meses em conjunto com outros componentes específicos das escovas progressivas, exceto o formol. O realinhamento capilar7 ainda possui outro benefício que é apenas definir os cabelos cacheados ou crespos caso a mulher queira fios ondulados e não lisos escorridos. Para isso, basta não investir no relaxamento pré-alisamento, além de não investir tanto no secador e na chapinha, assim como querem as mulheres que optam pelo liso escorrido perfeito.

O poder hidratante e nutritivo da técnica de realinhamento capilar8 é capaz de devolver a água e os aminoácidos essenciais naturais que os cabelos perderam com consecutivas agressões externas e processos químicos, colocando um ponto final no descontrole, na indisciplina, no frizz e no volume. Mais fortificado e iluminado, os cabelos alisados com o realinhamento capilar9 se tornam mais maleáveis e movimentados, ao contrário das escovas progressivas comuns que deixam os cabelos sem vida. Ainda por cima, as propriedades da técnica diminuem os casos de quebra capilar ou queda capilar, problemas ocasionados pela simples mistura da amônia com o formol.

Quando os cabelos sofrem de quebra ou queda, além de estarem danificados, porosos ou secos, também apresentam afinamento.

Agindo como uma espécie de botox para cabelos, o realinhamento capilar10 é uma técnica de escova progressiva que também promove a reposição da massa capilar, fazendo com que, ao longo das aplicações, os fios fiquem mais encorpados ao invés de mais afinados. Ao contrário do formol, o principal ativo do realinhamento capilar11, que se chama nanopartícula de serina, um aminoácido encontrado no arroz, no leite e no ovo, é compatível com todos os tipos de procedimentos químicos que são aceitos pelo formol.

Em termos técnicos, o processo de aplicação do creme de realinhamento capilar12 e o processo de aplicação do creme de escova progressiva é o mesmo.

Primeiro deve-se lavar os cabelos com shampoo de limpeza profunda dos resíduos, remover a umidade com o jato de ar quente do secador, aplicar o creme alisante mecha por mecha, modelar os cabelos com o secador e depois alisar mecha por mecha com a chapinha, não sendo necessário enxaguar o produto na hora. Não é necessário deixar de prender ou lavar os cabelos durante vários dias após a aplicação da técnica de alisamento do realinhamento capilar13.

MAS QUAIS SERIAM ESSAS VANTAGENS DE SE TER OS CABELOS ALINHADOS OU LISOS?

Além de ser bem prático de cuidar no dia a dia, o que é indispensável no dia a dia da mulher moderna, os fios quando estão alinhados permitem maior variedade de alternativas, além do bônus do volume mais reduzido. Por isso os fios lisos e alinhados são tão adorados, pois unem duas palavras importantes no mundo de toda mulher: rapidez e praticidade.

O frizz é facilmente tratável e os fios são muito práticos também em relação a penteados, pois ficam bem tanto soltos quanto de lado, presos em coques, com tranças… Enfim, são tantas opções úteis que os cabelos alinhados proporcionam que eles acabam evitando cuidados muito demorados para se ter um bom resultado visual.

Outra vantagem é que não é necessário abrir mão dos cachos ou das ondas, no caso das mulheres com cabelos cacheados e ondulados. O fio apenas ganha um aspecto mais solto e macio.

ALTERNATIVAS ATUAIS PARA DEIXAR AS MADEIXAS ALINHADAS

Em um país como o Brasil, onde cerca de 80% das mulheres têm cabelos cacheados ou volumosos, não é de se estranhar que se busquem alternativas para deixar as madeixas como desejadas. No entanto, um primeiro problema surge, pois havia um número considerável de mulheres que não desejam deixar os cabelos lisos totalmente; muitas querem apenas a redução dos volume. Mas as possibilidades eram reduzidas extremas: ou ter cabelos extremamente lisos ou manter o formato natural dos fios (no caso dos cabelos encaracolados).

  • Por conta dessa escolha que não deixava espaço para meio termo, um método muito utilizado foi a chapinha. Criada nos Estados Unidos e aperfeiçoada desde então, essa se mostrou a tendência mais forte dos últimos tempos para as mulheres que querem ter fios mais assentados em algumas ocasiões, mas que não querem optar pelo uso de química. Virou febre por se tratar de um método rápido, podendo ser incorporado na rotina diária sem comprometer muito o tempo.
  • A praticidade foi tanta que hoje surgiram modelos de chapinhas que podem ser levados nas bolsas para serem usados em pequenos retoques nos fios. Parece algo banal para os nossos dias, mas comparado a antigamente, é um avanço e tanto.

No entanto, as chapinhas requerem retoque periódico e constante. E por isso a técnicas das Escovas Progressivas, que são um pouco mais antigas que as chapinhas começaram a se diversificar para atender aos gostos femininos. Diferentemente daquela escova básica feita em casa apenas com o secador, as

Escovas Progressivas aliavam a si o uso de formol para causar o efeito liso e sedoso tão cobiçado pelas mulheres. Com duração prolongada, os fios podiam ser lavados diversas vezes que o efeito permaneceria mesmo assim: leveza e alinhamento das madeixas duravam no dia a dia sem comprometer muito o tempo. Mas, apesar das vantagens, era exatamente no formol que morava o perigo é aí que morava o problema. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autoriza o uso de apenas 0,2% desse composto orgânico nas composições químicas dos cosméticos. No entanto, para que as Escovas Progressivas surtissem o efeito do liso perfeito, a concentração de formol era de 37%, ou seja, muito acima do máximo permitido.

Mas o fato da ANVISA ter regulamentado o uso em percentuais tão baixos se deve ao fato dos danos causados pelo formol, que são:

  • Irritação, dor e queimadura o formol quando entra em contato com a pele (pois é tóxico);
  • Visão, lacrimação e dor quando entra em contato com os olhos; Se inalado, ou seja, se a toxina entrar pelas vias respiratórias, pode causar desde uma simples tosse, pneumonia e até câncer. Em altas concentrações pode causar a morte.

E, por conta desses efeitos (que são apenas alguns, pois existem muito mais riscos), o formol foi classificado como cancerígeno pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

E em meio ao caos e escândalo que foi a descoberta desses danos, a Escova Progressiva que usa formol, embora ainda seja comercializada, tem tentando adaptar seus resultados às exigências dos órgãos regulamentadores. No entanto, deixou de ser uma boa alternativa para se ter os fios alinhados.

REALINHAMENTO CAPILAR15: UMA EXCELENTE ALTERNATIVA

E, nesse novo século, novas técnicas menos agressivas eram necessárias para que as mulheres pudessem aderir ao estilo de cabelo alinhado sem que comprometessem sua saúde.

No ano de 2010, criou-se a tecnologia de Realinhamento Capilar16. Essa técnica totalmente inovadora dá mais vitalidade aos fios através da união de substâncias essenciais para manter o efeito liso e alinhado na fibra capilar. É formada por moléculas com alto desempenho para reformatar a aparência do fio, evitando, nesse processo, qualquer tipo de dano ao couro cabelo ou aos cabelos.

  • A composição desse ativo é formada, principalmente, por CISTEINA e ÁCIDO GLIOXILICO e ambas as substâncias não alteram a química do cabelo no que diz respeito às pontes salinas e às ligações de hidrogênio. E é nessa combinação perfeita de saúde e beleza que está o segredo para a naturalidade dos fios após a aplicação da técnica de Realinhamento Capilar17, que não resultam em prejuízo para a estrutura natural dos cabelos.

Dentre outros benéficos do Realinhamento Capilar18 está a não formação de frizz, além do controle do volume e mais brilho aos cabelos. Bem contrária às progressivas, a técnica de Realinhamento Capilar19 deixa o cabelo mais hidratado ao término do procedimento.

SEM FORMOL NA COMPOSIÇÃO NA HORA DE ALISAR OS FIOS

O Realinhamento Capilar20 é totalmente livre de formol na composição ou outras toxinas, o que garante que nenhum dano nas fibras capilares possa ocorrer. No entanto, não deixa a desejar no quesito resultado, pois garante elasticidade, maciez e resistências aos cabelos, evitando as pontas duplas.

O método pode ser aplicado em cabelos crespos, encaracolados e ondulados sem nenhum prejuízo no resultado final.

Todo o efeito, que antes só era possível com o formol, na técnica do Realinhamento Capilar21 ganhou independência deixando os cabelos conservados. Ou seja, o efeito visual não interfere de maneira alguma na saúde capilar.
E em relação ao tempo de duração, não perde em comparação às técnicas de alisamentos antigas. É capaz de manter o efeito nos cabelos entre dois e três meses.

O resultado será melhor se os fios forem cuidados corretamente durante esse período com shampoo e condicionador, ambos adequados e específicos para cabelos realinhados.

E não há necessidade de se preocupar com posteriores químicas, como tintura por exemplo. Isso porque o Realinhamento Capilar22 é feito através de aminoácidos então não há incompatibilidade alguma. E esse é mais um ponto positivo dessa nova técnica, pois com as progressivas comuns não havia possibilidade nem de se pensar em coloração, pois essa mistura de químicas poderia resultar até mesmo em corte químico, deixando o cabelo fragilizado, poroso e quebradiço.

COMO FUNCIONA O REALINHAMENTO CAPILAR23

O Realinhamento Capilar24 funciona ao se associar a ação de 21 aminoácidos essenciais, ou seja, aminoácidos que são necessários, mas o nosso organismo não é capaz de produzir sozinho. Por isso há a necessidade de trazê-los ao organismo através da ingestão de alimentos proteicos, ou seja, ricos em proteínas. O organismo absorve essas proteínas e as redireciona para as áreas do copo onde são necessárias, fazendo a distribuição dos aminoácidos também.

Esses 21 aminoácidos, por sua vez, são produzidos através da proteína de Queratina, sendo que o principal deles é a cisteína. A Queratina é tão importante porque tem características de impermeabilidade à água, é extremamente resistente e dá elasticidade aos fios. Nessa ação conjunta, os aminoácidos irão garantir a proteção em volta dos fios, além de preencher as fibras capilares.

Quando, por fim, selarem o cabelo, o efeito de alinhamento será visível: os cabelos ondulados ganharão aspecto de lisos, enquanto os cacheados terão os cachos mais soltos.
Através da hidratação e da nutrição, que são formas de devolver aos fios a água e óleos importantes para manutenção da saúde capilar, o processo de realinhamento dos fios age ao mesmo tempo em que proporciona aos cabelos substâncias importantes e tão necessitadas por eles. Ou seja, o processo de

Realinhamento Capilar25 não agride as madeixas de forma alguma. E isso porque ao invés de se basear em toxinas que comprometem a vida, ele é resultado de estudos de diversos esteticistas capilares que buscaram por uma alternativa eficaz através da associação de aminoácidos e alta temperatura.

Ao final do processo, os cabelos estarão fortes e cheios de movimento e com aspecto natural. Problemas como quebra dos fios não será uma preocupação, como ocorre no caso das progressivas.

REALINHAMENTO CAPILAR

PRINCÍPIOS ATIVOS DO REALINHAMENTO CAPILAR26.

ENTENDA OS PRINCÍPIOS ATIVOS DO REALINHAMENTO CAPILAR27

Dentre os princípios ativos que juntos resultam no Realinhamento Capilar28, pode-se citar os cinco mais importantes e que, inclusive, têm influência direta sobre o resultado final. Juntos, eles agem para alcançar o efeito do alinhamento dos fios sem causar dano à estrutura capilar, proporcionando o resultado natural e dando mais vida aos cabelos.

  • Ácido Glioxílico – Esse é o ácido que substitui o formol na composição. Também causou polêmica porque quando aquecido libera a toxina formladéida. Já se achava que o sonho do cabelo alinhado sem danos a saúde não passava de uma ilusão quando foi levantada uma questão importante: Mas, a que temperatura o ácido gloxílico é liberado?

Um químico da USP fez um estudo e concluiu que essa transformação química só ocorre acima de 500ºC. Por isso, mesmo usando em casa ou no salão, a técnica do Realinhamento Capilar29 continua a melhor alternativa e sem danos.

  • Ácido Hialuronico – Encontrado no corpo humano não podendo ser produzido sinteticamente, esse ácido também está livre do uso do formol. Sua principal função é a de preenchimento dérmico, o que ideal para tratar cabelos porosos.
  • Ômega Active – Além de promover o alinhamento através de profunda hidratação, pois é rico em colágeno, tem potencial hidratante. Promove brilho nos fios e recupera as fibras danificadas dos cabelos. É ótimo no combate contra a queda (principalmente nos cabelos femininos).
  • Serina – É um dos 21 aminoácidos essenciais que forma a estrutura da queratina que substitui o formol. Responsável por alinhar os fios e refazer as ligações entre as proteínas capilares, resultando no alisamento dos fios.
  • Cisteina – Também compõe os 21 aminoácidos essenciais, as cisteínas tem papel vital na formação e manutenção das estruturas proteicas. Isso porque são elas as responsáveis pela estabilidade das moléculas. E mais: a maneira como essas substâncias ficam dispostas, acaba resultando na intensidade ou na suavidade dos cachos. Ou seja, a questão dos cabelos se alinharem, abaixarem o volume e alisar a estrutura capilar depende diretamente dessa substância.

PASSO A PASSO PARA FAZER O REALINHAMENTO CAPILAR30

O aconselhável é ir ao salão de beleza para realizar o Realinhamento Capilar31. Por se tratar de um procedimento mais complexo, é importante ter um profissional que dedique cuidados exclusivos para seus cabelos durante a aplicação, para que o produto seja absorvido em toda sua potencialidade. Também é aconselhável ter um profissional por causa da queratina que, em excesso, pode causar efeitos de quebra dos fios.

Mas, é sempre bom conhecer o passo a passo para, assim, entender a técnica e decidir os produtos para a manutenção do efeito posteriormente. Confira abaixo:

  • 1º – Os cabelos são lavados com produtos específicos para uma limpeza profunda dos resíduos no couro cabeludo. Em seguida, sendo secados com vapor quente do secador para dar continuidade ao processo.
  • 2 º – O tratamento de realinhamento mais utilizado no salão será escolhido pelo profissional, que terá todos os cuidados básicos, como, por exemplo, usar espátula para não comprometer a composição química do produto. Como os potes com os produtos tendem a ter grande quantidade, geralmente o cabeleireiro separará em um pote menor a quantidade necessária para uma aplicação no seu cabelo.
  • Em seguida, irá aplicar o tratamento nas mechas dos seus cabelos. O efeito mais liso será obtido após o amolecimento da fibra capilar, com a reposição da queratina e a correção do pH para um nível que não seja tão ácido nem tão básico. O pH neutro é o ideal para se ter um cabelo saudável.

DICA:

Mesmo tendo muitas vantagens e ser a melhor alternativa para os cabelos em termos de alisamento e alinhamento capilar, ainda assim é necessário ter muita precaução. Por isso, não dispense o teste da mecha para se certificar de que o tratamento escolhido será adequado aos seus fios, evitando qualquer dano, quebra ou queda por incompatibilidade. Todo cuidado nunca é demais.

  • 3º – Os cabelos serão pranchados com o produto aplicado, para que a queratina endureça. Nessa etapa ocorrerá o Realinhamento Capilar32 e si e, em seguida, os cabelos poderão ser lavados mais uma vez.

OBS: A segunda lavagem não é obrigatória, ficando a seu critério sair com os fios pranchados ou sair com o cabelo natural após a aplicação. Basta verificar com seu cabeleireiro o que ele recomenda para você.

CUIDADOS REDOBRADOS

Devido a intervenção da mídia e ao alarde que foi feito envolvendo essas toxinas, o formol hoje está na lista negra quando o assunto é beleza e estética. No entanto ele pode aparecer com nomes trocados ou até mesmo ser omitido por alguns salões. Então, confie os cuidados de cabelos a profissionais que sejam de seu conhecimento e a salões de credibilidade.

Mas há ainda, alguns produtos podem não conter essa toxina, o entanto, podem ter outras que causam o mesmo mal. Esse é ocaso de produtos que contém gluteraldeído, um aldeído da mesma família do formol. Por isso, fique atenta à composição dos produtos que usa em seus cabelos e redobre as atenções: seus fios merecem todo o cuidado possível.

Realinhamento capilar: o guia completo
5 (99.09%) 44 Votos

Sobre Kika @blogdakika

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico à vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br
Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote 😉
Compartilhe com suas amigas.
Beijos no coração.

Minha Página
Saiba Mais

Kika Beauty - kika@patricinhaesperta.com.br / contato@patricinhaesperta.com.br

Instagram: @blogdakikaa

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Como fazer umectação nos cabelos
Receita para Caspa com Vinagre
Tags: , , , , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

5 respostas para “Realinhamento capilar: o guia completo”

  1. Aline disse:

    O realinhamento capilar seria o mesmo que a escova de cisteína? E se for, seria o melhor substituto do alisamento progressivo?

  2. Paula disse:

    Olá! Primeiramente parabéns pelo site! Aqui encontro dicas ótimas!
    Meu cabelo é cacheado e queria que fosse mais ondulado. Gostaria de fazer uma pergunta: Quanto aí realinhamento capilar, quais são os produtos indicados?

  3. Patricia disse:

    Quem faz o uso do Henê, pode fazer o realinhamento capilar?

  4. sinara disse:

    Amei está página! Aprendi tanto numa só tarde. Obrigada!

  5. Nina disse:

    Gostaria de saber se essa técnica pode ser usada em crianças a partir de seis anos de idade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.