Você Sabe De Que O Seu Cabelo Precisa?

Muitas vezes recebo e-mails falando que nenhum produto funciona nos cabelos, que nada segura e que nada dá jeito. Isso realmente existe?

Eu tinha essa dúvida também… Nunca entendi direito porque um produto apresentava resultados maravilhosos em um cabelo e não dava resultado nenhum em outro. Até que eu aprendi a “ouvir” o meu cabelo! Juro valendo e não tô doida ( pelo menos eu acho…hehehehe)!

A gente tem que aprender a entender o que o cabelo precisa, é simples assim! De nada vai adiantar você hidratar os fios,  se o seu cabelo precisa de reconstrução, assim como vai ser dinheiro jogado fora reconstruir um cabelo que precisa de nutrição, entendem?

A hidratação serve para repor água e sais minerais. Só! É a mesma coisa de quando a gente está desidratada e toma soro para reposição hídrica.

Quando o cabelo precisa de hidratação? Quando ele está opaco e sem elasticidade! Pense bem: se a sua pele está esticada, sem elasticidade, você vai fazer o que primeiro para que ela volte a ter elasticidade? Tomar água! Repor líquidos! Se ressecou, tem que fazer hidratação primeiro.

A máscara de hidratação não precisa ser cara e as baratinhas de farmácia cumprem MUITO bem o seu papel. As da Novex, da Seda e da Pantene, dentre outras, são excelentes para isso.

A hidratação deve ser feita uma vez por semana, intercalando com uma máscara de nutrição, até que os fios se recuperem.

A nutrição vai repor o equilíbrio lipídico e proteger os cabelos através de substâncias umectantes e emolientes. Todo cabelo precisa de nutrição, mas é fácil perceber que está na hora de nutrir quando os fios estão com muito frizz, sem peso e sem brilho.

As máscaras nutritivas são as que contem os óleos e as manteigas, como, por exemplo,  manteiga de cacau, de cupuaçu, de Karité, o tutano, o óleo de argan, o óleo de abacate, de semente de uva e de girassol.

Um exemplo de máscara nutritiva é a Máscara de Tutano, da Bioextratus, que contém tutano, manteiga de karité e ceramidas. Outros exemplos: Máscara de Tratamento Opti Smooth, da Matrix, e a Masquintense , da Kérastase.

Ao nutrir os fios ele ficará mais emoliente, mais brilhoso, mais definido, mais pesado e protegido, já que a nutrição forma um filme lipídico que protege o cabelo das agressões externas.

O ideal é nutrir os fios após cada duas hidratações, até que os fios se recuperem e ganhem brilho e peso.

A reconstrução capilar vai realizar a reposição proteica para recuperar a estrutura da fibra capilar após procedimentos químicos ou devido aos desgastes ambientais ou mecânicos ( chapinhas e escovas) que resultaram em perda de massa capilar.

Máscaras reconstrutoras são compostas por queratina, creatina, cistina, colágeno, aminoácidos e outras proteínas que irão selar as cutículas, diminuindo a porosidade dos fios, fortalecer o cabelo e repor a massa capilar.

Aqui vale fazer algumas ressalvas.

NUNCA façam uma reconstrutora antes de hidratar e nutrir os fios, porque eles ficarão ainda mais ressecados e podem vir a quebrar. Por isso, antes de sair cauterizando o cabelo e achando que isso é a salvação, hidratemmmmm!

Outra coisa é não exagerar na quantidade de reconstrução, pois tudo demais é sobra! Se exagerar o cabelo ficará “espetado”, duro, seco e quebradiço. Assim, caso seu cabelo esteja muito danificado faça uma reconstrução a cada 15 dias, até os fios melhorarem. Depois disso basta realizar uma reconstrução mensal para repor as perdas proteicas.

A regra é ir intercalando, primeiro hidratando e  nutrindo, e depois recuperando.

Eu gosto MUITO da queratina da Bioextratus e da Novex, que são baratinhas e eficientes.

Uma linha que sempre indico para reparação é a RMC, da Amend. Além disso são boas opções  o Super Reconstrutor , da Avlon, a Redken Extreme Rescue Force, a Age Recharge,  da Kerástase e a Máscara Absolut Repair,  da L`Oréal.

O CPR, da Senscience, é um sistema de dois passos que reconstrói  e hidrata com perfeição! Vale cada centavo!

As máscaras reconstrutoras geralmente deixam o cabelo meio rígido e por isso muita gente não gosta delas, mas isso não quer dizer que elas são ruins, é simplesmente que a forma de ação delas é essa. Um exemplo disso é a linha Extreme, da Redken.

Eu odiava essa linha com todas as minhas forças ( sempre odeio o que custa caro e não é bom!), até que descobri, essa semana, que eu é que era uma jumentinha e não sabia usar.

A linha toda é muito potente e quando eu passava a máscara reconstrutora e via, no tempo de ação, o cabelo “duro”, corria e enxaguava. Acontece que ela deixa o cabelo duro durante a ação, mas depois o cabelo fica uma maravilha, mas como eu NUNCA tive paciência para esperar os resultados, sempre retirava a máscara antes e ficava super emburrada por ter jogado dinheiro fora.

Eu falo demais, né? Mas é só para vocês entenderem que precisam fornecer o que o seu cabelo precisa, pois só assim ele ficará bonito e saudável, certo?

Beijos

Ju

@JuLopesL / julianalopes@patricinhaesperta.com.br

https://www.facebook.com/JuLopesPE

Você Sabe De Que O Seu Cabelo Precisa?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Sobre Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. 👯 Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas 😘

Minha Página
Saiba Mais

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

contato@patricinhaesperta.com.br / redacao@patricinhaesperta.com.br

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Deixe seu comentário

Comentários