in

Como funciona a dieta mediterrânea?

Uma dieta que emagrece e ainda faz um bem nadado para o organismo. Já sabe de qual cardápio estamos falando? Da dieta mediterrânea! Ela é baseada nada mais, nada menos, que trocas inteligentes de alimentos mais gordurosos por aqueles que não têm gordura nenhuma. É uma alimentação saudável que não custa caro e nem precisa ser uma chef para preparar um peixe, por exemplo. É uma troca do colesterol ruim pelo bom, que ainda ajuda a perder uns quilinhos.

A dieta mediterrânea ajuda a reduzir as taxas de gordura no corpo e também a melhorar a circulação cardiovascular. É rica em alimentos saudáveis, com índices muito baixos de gorduras e que ajudam a melhorar seu corpo, seu coração e sua memória. Uma das trocas mais comuns deste cardápio é substituir o bife de carne vermelha por peixe grelhado, que é de carne branca e contém um alto teor de ômega 3, que ajuda nos benefícios da dieta.

Nesta troca, opte por peixes que tenham a gordura boa entre sua carne, como a sardinha, o salmão, bacalhau, o cação e o atum (só não vale aquele enlatado!). Eles agem como potentes anti-inflamatórios e também ajudam a manter o coração forte e sem gordura. A troca das carnes pode ser feitas três vezes por semana, o que significa que você não vai parar de comer carne vermelha, mas sempre que for optar por essa carne, escolha aquelas sem gordura.

dieta mediterranea1 - Como funciona a dieta mediterrânea?

Outra troca inteligente é comer cereais integrais no lugar de carboidratos brancos, que acumulam no corpo como gordura e açúcar. Os mais indicados são: aveia, linhaça e chia, que são ricas em fibras, que auxiliam na melhora do funcionamento do intestino, e ajudam a dar mais saciedade por mais tempo. Outra vantagem desses cereais é a alta capacidade deles em absorver melhor a gordura dos alimentos, ajudando a combater o colesterol.

No lugar do sal, use azeite de oliva para temperar os alimentos e saladas. Ele ajuda muito a proteger o coração, porque é rico em gorduras boas. Além disso, não retém líquido no corpo, como o sal, e nem provoca o inchado. A dieta Mediterrânea orienta consumir até duas colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem por dia. Mais do que esta medida pode ser calórico demais!

Quando você for fazer os lanchinhos da tarde e da manhã, no lugar de bolachas e iogurtes, consuma oleaginosas. Elas dão saciedade, são ricas em fibras, ajudam o intestino funcionar melhor, combatem o colesterol e ajudam contra o envelhecimento da pele. Uma porção por dia de um mix com amêndoas, nozes, castanhas e damasco é suficiente para ter todos esses benefícios. Essas delícias agem no organismo como um antioxidante natural, expulsando as toxinas.

Incluir na alimentação leite desnatado, iogurte natural e queijos brancos é fundamental para você emagrecer e melhorar a sua saúde. Eles têm menos percentual de gordura e combatem melhor o colesterol ruim. Outro alimento que deve aparecer no seu cardápio da dieta mediterrânea é o cogumelo, que é rico em proteína e pode ser consumido no almoço e no jantar, sem medo, pois ele tem baixa caloria. O que não pode é comê-los com molho shoyo, que incha o corpo e retém muito líquido, já que tem alta concentração de sódio.

Escrito por Kika @blogdakika

Eu acredito na beleza, na beleza que vem de dentro para fora. Na beleza de quando a gente olha no espelho e se senti feliz em não seguir padrões - só feliz com nós mesmas. Acredito em almas bonitas e na beleza da natureza. Amo os animais e as flores. Adoro uma boa vaidade também, afinal, um bom batom vermelho e as unhas feitas deixam os dias mais coloridos. Vem comigo que vou te mostrar um pouco do meu mundo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando ...

0

Comente Pelo Facebook

0 Comentários pelo Facebook

xampu seco - Xampu a seco acaba com a oleosidade?

Xampu a seco acaba com a oleosidade?

dentes - Como acabar com a sensibilidade dos dentes?

Como acabar com a sensibilidade dos dentes?