Qual a diferença entre um vegetariano e um vegano?

 A decisão de não comer carne de nenhum tipo “pesa”, porque parece que em todos os lugares todo mundo só come isso! Várias vezes na vida parei de comer carne, às vezes por longos períodos, mas sempre voltei.

Acontece que sábado decidi que não comeria mais nenhum tipo de carne, de forma alguma. E  dessa vez é pra valer!

Aí a notícia se espalha na família, cujos encontros semanais são regados a gordices e, principalmente, carnes de todos os tipos, e começam as perguntas, que giram em torno de “você só vai comer folha?”, “vai virar lagartixa é?” e coisas do tipo.

Amém que tem nutricionista e médicos na família para me livrar de ter que responder essas perguntas, porque né, tem horas que fica chato!

Expliquei que parei de comer carne por questões éticas mesmo, questões individuais, mas que gostaria muito de, em algum momento, deixar de consumir qualquer tipo de produto de origem animal. Aí a loucura foi geral, e eu fui explicar, mais ou menos o que isso significava, o que significa ser vegetariano, ser vegano e tudo o mais.

reeducacaoalimentar

Como sei que muita gente confunde as duas coisas, resolvi fazer um post para esclarecer.

Vegetariano é a pessoa que tem como base alimentar os grãos, os cereais, as frutas, as sementes, os vegetais e, dependendo do tipo, leites e laticínios.

A “regra” é não consumir carne de origem animal, incluindo peixe, frango etc. Mas não existem restrições contra outros tipos de produtos que tenham origem animal, como a lã, a seda e o couro, por exemplo.

Já o vegano exclui não só o consumo de carne de origem animal, mas também o uso de todo e qualquer produto de origem animal ou que teste em animais, incluindo cosméticos, roupas, produtos de higiene e tudo o mais.

Os ovos, laticínios, mel, gelatina e qualquer outro produto de origem animal não são consumidos.

A grande diferença, na verdade, é que os chamados veganos excluem, na medida do possível, qualquer coisa que possa significar a exploração ou o tratamento cruel de animais, além de repudiaram qualquer produto testado em animais.

Ou seja, enquanto o vegetarianismo é uma “postura” ou escolha alimentar, o veganismo vai um pouco além e opta por uma postura ética em relação ao sofrimento e a exploração de animais.

Há quem ache tudo isso muito radical, mas são escolhas que se fazem na vida, e a gente não pode interferir nas escolhas alheias, não é mesmo?

O que eu recomendo é que antes de tentar excluir o consumo de produtos, sobretudo alimentos, de origem animal, a pessoa procure um médico, um nutrólogo ou um nutricionista para se informar da maneira correta e avaliar se aquela é ou não uma boa opção para si. Além disso, é importante aprender a consumir alimentos ou suplementos que contenham proteínas, sobretudo no caso dos veganos, que não consomem ovos e laticínios.

Ou seja, não é uma decisão para ser tomada da noite para o dia e, pior, sem o acompanhamento médico!

Beijos

Ju Lopes

Qual a diferença entre um vegetariano e um vegano?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

5 Comments
  1. Olá Ju.
    Que bacana sua decisão e, imagino que já saiba, mas paciência será muito importante nessa fase.
    li o livro “Virei vegetariano e agoora?” do Dr. Eric Slywitch e me ajudou muito a lidar com as pessoas. Na verdade me ajudou mais a lidar comigo mesma. 😉
    Bem vinda a nova vida.
    bjks

    1. Adri, eu sei sim… Já passei pelo processo duas outras vezes, mas acabei voltando, mas dessa vez tô firmeee! Vou procurar flor, obrigada pela dica! Beijos

  2. Parabéns pela decisão, Ju!! Sou vegetariana ha 6 anos e nao tenho nenhum deficit nutricional. Parei pelo mesmo motivo dos Vegans e hoje ja nao consumo praticamente nada de origem animal. Ate de maquiagem e shampoo mudei. Continuo estudando os meus consumos para que possa viver bem sem interferir ou ajudar a interferir na vida de nenhuma outra espécie. De fato nao como mais carne e para uma carnívora que consumia no mínimo um kg de carne por dia e que hoje nao sente a mínima falta.. Mudei bastante! Inclusive remédios que tomava ha anos eu nao tomo mais e jamais pensei que isso tb acabaria com a minha decisão. Bjo

  3. Camila Rocha disse:

    Virei ovo-lacto nas ultimas semanas e é mesmo bem dificil ser vegetariano num mundo em que as pessoas so pensam em carne carne carne! Ainda nao tive oportunidade de consultar um nutricionista e confesso que na primeira semana eu me senti passando fome, por selecionar demais as comidas daqui de casa (ja que minha mudança alimentar foi da noite pro dia, literalmente)
    So que pra mim a pior parte nao é nem selecionar o que vou comer, e sim os comentarios chatos das pessoas querendo contrariar ¬¬

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.