Pelo Direito de Discordar

Acho incrível como, nos dias de hoje, as pessoas ainda não entenderam que a discordância não é crítica, é crescimento.

As pessoas são diferentes, possuem vidas diferentes, vivenciaram experiências diferentes, então é lógico e saudável que tenham posicionamentos diferentes, e acho isso MUITO bom, porque o que seria do verde se todo mundo gostasse de azul?

Quando falei do livro Cinquenta Tons de Cinza, dei a minha opinião, e é um direito meu, assim como cada um de vocês pode e deve dar a própria opinião, mas confesso que fiquei chocada com um e-mail que recebi falando, em resumo, que eu deveria ter vergonha por não querer que as pessoas lessem.

Oi?

Eu sempre estimulei isso aqui, sempre fiz “resenhas” de livros, sempre enviei livros para quem me pediu e, mais recente, comecei a doar os meus livros, aqueles que já absorvi o conteúdo, pras meninas lá no meu Face.

Quando comecei a fazer isso, escrevi :

“Conforme prometido, disponibilizarei alguns livros pra vocês.
Isso não é sorteio de blog, ninguém tem que curtir nada, seguir regra nenhuma, nem nada disso.
Só que acho que depois que a gente absorve tudo que tem pra absorver de um livro, ele tem que “ir pra frente”, porque conhecimento parado é conhecimento perdido.
Cada dia colocarei um livro diferente aqui no Sorteie.me, que foi a forma mais justa que encontrei de distribuir os livros, porque todo mundo quer e eu, infelizmente, não tenho milhares de livros para compartilhar nesse momento.
Só peço pra que vocês, quando acabarem de ler, repassem o livro, troquem, façam qualquer coisa, só não deixem que ele fique ocupando lugar na estante.”

Diante disso, só digo o seguinte: acho uma maravilha que discordem de mim (de verdade, tanto que sempre que falo algo lá no Face peço pra que as meninas coloquem as opiniões delas, concordando ou discordando da minha), porque isso me mostra outros ângulos de uma mesma situação, o que, com certeza, me ajuda de alguma forma a crescer.

Também acho muito bom que milhares de pessoas leiam esse ou qualquer outro livro, que é muito melhor e enriquecedor do que passar o dia assistindo TV.

Então,  que  ótimo que muitas tenham gostado,  mas é um direito meu não gostar, e isso não tem NADA demais.

O que não é nada bom é não saber respeitar a opinião alheia. É atacar uma pessoa, sem o menor fundamento, simplesmente porque a sua opinião é diferente.

Isso sim é vergonhoso!

P.S: alguém explica porque as pessoas andam tão agressivas? Credo!

Beijos

Ju Lopes

Pelo Direito de Discordar
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

32 Comments
  1. Supeer concordo com vc! As pessoas andam egoistas e super mau humoradas! Mais a vida eh assim mesmo! Amo o blog! Beijos!

  2. Ju concordo com você em gênero, número e grau!!! Cada um tem o direito de gostar de algo ou não, sempre respeitando o ponto de vista do outro. Adoro suas resenhas, acho você uma pessoa rica em conteúdo, inteligente no que escreve e todos os dias entro no PE pra absorver um pouco da experiência e conhecimento que você nos passa. Acho curioso uma pessoa uma pessoa fazer uma crítica tão agressiva à você, no mínimo essa pessoa tem inveja de você e tá querendo roubar os holofotes pra si própria. Ju você é incrível!!!#prontofalei#

  3. Sabia que falar sobre o livro ia causar polêmica. Mas é um direito seu nao gostar, assim como há pessoas que curtem axé, outras curtem rock. E é assim cada um é feliz do seu próprio jeito, vamos somente respeitar as diferenças e aceitar as pessoas como são ué. Eu hein…

  4. Ju eu tb não gostei do livro. Aliás, não conseguí nem ao menos terminá-lo. Fui a única entres as minhas amigas a publicar isso e a minha opinião foi respeitada.Acho que quem não respeita a opinião alheia precisa de aulas de civilidade. Abs e continue se expressando sem medo .

  5. Oi meninas, eu nao poderia deixar de dar minha opinião nesse debate, pois coincidentemente eu liguei ontem para o site das Patricinhas e falei com a Kika o quanto eu gostei da matéria, 50 tons de cinza o “CHATO”. Eu achei incrível a forma como a Ju se posicionou no site diante de sua opniao, ate elogiei como ela sabia se posicionar sem ofender ninguém. Eu particularmente me identifiquei com a opinião dela porque nao consegui ler Crepúsculo nenhum e muito menos os cinquenta tons de cinza. Achei que eu estava com algum problema de sexualidade. Mas concordo com a Ju quando ela fala da manera demorada e chata do escritor narrar os fatos, tambem achei os personagens infantis e a historia bem conto de fadas sem os encantos da inocência. Ju vc esta de parabens, colocou sua opiniao se agredir ninguem, nao é porque a maioria gosta desse tipo de literatura que a minoria não pode se manifestar. Estamos numa democracia e as pessoas tem de apreder a respeitar as diferenças. Beijos Marise Rosa

  6. Isso em você Jù,chama-se inteligência, por isso este discernimento em relação aos fatos, possuindo também o desapego(que faz parte justamente da inteligência), parabéns e minha admiração; quanto a agressividade das pessoas, falta a elas, justamente o que em você tem de sobra e um dia talvez, quem sabe com o tempo elas aprenderão e terão um dia, bjos.

  7. Rita de Cassia disse:

    o mais engraçado disso tudo é alguem que discorda de vc te atacar pq sua opinão é diferente da dela,isso nao é louco?se eu discordo de vc ,pq vc nao pode discordar de mim,? os direitos nao são iguais? por isso o mundo ta tão cheio de preconceitos e hipocrisia. mas o bom é saber que no meio disso tudo ainda existem pessoas do bem que fazem a diferença e viva a diferença….

  8. Claudia Dias disse:

    Concordo com voce totalmente. Leio muito. E procuro refinar muito bem minha leitura. Adorei seu comentário sobre 50 tons de cinza, porque todo mundo está lendo, só se fala nisso e tal e tal… me poupou meu tempo e dinheiro… beijos

  9. Ju querida.. o povo gosta de falar viuu.. num liga não. Eu super concordo com voce, cada um tem a sua opinião. Eu amoo o Site leio de tudo o que voce ou as meninas postam aqui.. amo vcs d+ e respeito a opinião tanto a sua qnto a de todo mundo. E sabe andei vendo sobre o livro e tbm não gostei muito não.. e olha q eu leio de TUDOOO.. mas não liga não viu.
    BeijOS.. Amei o que voce postou no site e geralmente tudoo o que voce posta ♥ t+

  10. Ju, linda, li o 1º e já estou no 2º. Não posso dizer que adorei, mas também não digo que não gostei. A cada página espero absorver coisas novas, novas situações para pensar ou repensar. É para isso que serve a leitura, senão é tempo perdido. E cada um que tenha sua opinião. Mas uma coisa é unânime, Ju: te adoramosssssss, bjs

    1. Suuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu, que bom você aqui!

      Como está? Some não!

      Obrigada flor!

  11. Ju,

    Sempre, sempre, sempre leio seu blog, assim como você também me chamo Juliana, sou advogada, patricinha ao extremo e hiperativa. Nem sempre tenho tempo de comentar aqui, mas quando vi seu post sobre o chato livro “bla, bla, bla tons” “bla, bla, bla cinza” tive a certeza que estava diante de um blog de conteúdo. Não só futilidades de beleza (que de fútil eu não acho nada), mas de conteúdo inteligente e com objetivo de nos fazer ser mais bonitas não só de pele e cabelos, mas um cérebro funcionando.
    Tenho pensado muito em como as pessoas são “pequenas” em brigarem por opiniões que são divergentes e mais ainda por serem agressivas ao discordarem, mandando emails de baixo com palavras de baixo calão, xingamentos e afins.
    Não concordo com tudo que você escreve aqui, mas nem por isso preciso te odiar ou deixar de admirar.
    O crescimento vem através da troca de pensamentos.

    Parabéns pelos comentários sobre o livro chato, parabéns pelo post de hoje e OBRIGADA pelo blog.

    Beijos,
    Ju

    1. Oi Ju,
      Nossa, é siansa então! rsrs
      Fico boba com essas coisas porque parece que se você não pensa igual, você deve ser detestada…
      Eu não sei como é a relação das pessoas com os amigos, mas acredito que todo mundo tem amigos que, em muitos pontos, pensam diferente, discordam. Daí ai deixar de ser amigo? Vai brigar?
      Isso é intolerância, porque cada um tem direito de ser o que é…
      Ás vezes nem eu mesma concordo com o que escrevi antes, venho aqui e falo, e acho isso normal, porque a gente vai vivendo e aprendendo, crescendo, mudando…
      Maaaaas, enfim…

      Obrigada, viu?
      Beijos

  12. paty biovitta disse:

    Oi ju, olha concordo plenamente, as pessoas estão ficando mais agressivas sim, estamos lendo cada email de criticas do correio e sobre entrega que nunca e jamais vimos coisas assim, estamos sendo prejudicadas por um motivo que não é nosso!! e as pessoas não entendem isso e acaba detonando conosco, só que não temos um direito de resposta desse tipo porque ai a pessoa nunca mais compra comigo e me queima pro resto da vida…é triste…..

    1. Paty, é mesmo, é complicadíssimo isso!

      E o pior é que, em relação aos correios, não podemos fazer NADA!

  13. ju discordar e uma coisa faltar com respeito e outra mas enfim tem muita gente mal educado nesse mundo e educaçao e de graça imagina se fosse comprada o q seria desse mal educado q falou q vc nao tem vergonha mas nao liga nao linda deve se um mau amando beijo

  14. monica frangetto de jardin disse:

    Ju, o debate saudável é sempre válido porém com respeito. As opiniões deveriam ser respeitadas e é sempre bom ouvir várias opiniões sobre asuntos que causam polêmica. Não li o livro, mas li algumas críticas e trechos. Não é o tipo de literatura que me interessa. Sexo tratado deste jeito e sem um sentido voltado para o crescimento do ser humano,não faz parte de minhas leituras.Porém, todos tem o direito de selecionar o que querem ler ou assistir. Voce é o que pensa. Seu mundo reflete o que está em sua mente. Parabéns pelo blog. bjus, Monica

  15. Liga nao Ju,faco parte dos 99 por cento de quem le o seu blog,e sei que como eu todas te amam, essa pesoinha reacionaria deve fazer parte dos 1 por cento que le so por inveja.As pessoas tem direito de discordar sim,mesmo que muitas vezes eu mesma nao concorde( mas em assuntos cabelisticos concordo com voce 100 por cento,alias seu blog e meu pronto socorro pro cabelo principalmente quando torturo eles tadinhos,fazendo besteiras ).parabens e continue nos abencoando com seu carinho.Beijos.

  16. oi ju
    A resposta para sua pergunta é muito simples: amor

    Amar ao proximo em hebraico quer dizer amar o diferente.

    È muito fácil conviver com as pessoas que pensam igual a gente, mesmos gostos, mesma cor de cabelo(louro) imagina uma henezada
    querendo que vc não descolora os cabelos ou vive versa….
    È briga na certa….
    ou um crente querendo converte um evangélico… isso não agrega nada não soma nada….. não expande o cérebro
    TOLERANCIA ZERO.
    Então um brinde aos nossos defeitos TIM TIM,já que ninguém vÊ
    as qualidades.
    leia o livro: OlhAI OS LÍRIOS DO CAMPO….rsrsrsrskkkkkkkkkk

  17. Oi Jú!
    Não dá bola…tem uma amiga que brinca dizendo que não é dinheiro para agradar todo mundo! Não fizestes nada de mais, apenas falou o que pensas com educação e respeito.
    Bola para frente!
    Bjs

  18. Dani magalhães disse:

    Menina é incrivél como as pessoas se ofendem quando nos posicionamos sobre algo, principalmente quando se discorda e fala, pôxa todo indivíduo tem o direito de gostar ou não gostar de algo, tão simples!!!

  19. Ju, quem diria, logo vc que sempre incentivou a leitura e recebe uma crítica dessas.
    Vc é tão coerente em suas opiniões e demonstra tanto dicernimento que, quando leio um post teu dizendo que um livro não é bom, já sei que não é bom mesmo.
    Bjs

  20. Elis Zoccarato - Esteticista disse:

    Super concordo com você! Sou muito maleável, mas também muito crítica e gosto de ter a minha opinião…isso não significa que é para me seguir ou não….

Leave a Reply

Your email address will not be published.