in

Pelo Direito de Discordar

Acho incrível como, nos dias de hoje, as pessoas ainda não entenderam que a discordância não é crítica, é crescimento.

As pessoas são diferentes, possuem vidas diferentes, vivenciaram experiências diferentes, então é lógico e saudável que tenham posicionamentos diferentes, e acho isso MUITO bom, porque o que seria do verde se todo mundo gostasse de azul?

Quando falei do livro Cinquenta Tons de Cinza, dei a minha opinião, e é um direito meu, assim como cada um de vocês pode e deve dar a própria opinião, mas confesso que fiquei chocada com um e-mail que recebi falando, em resumo, que eu deveria ter vergonha por não querer que as pessoas lessem.

Oi?

discordar - Pelo Direito de Discordar

Eu sempre estimulei isso aqui, sempre fiz “resenhas” de livros, sempre enviei livros para quem me pediu e, mais recente, comecei a doar os meus livros, aqueles que já absorvi o conteúdo, pras meninas lá no meu Face.

Quando comecei a fazer isso, escrevi :

“Conforme prometido, disponibilizarei alguns livros pra vocês.
Isso não é sorteio de blog, ninguém tem que curtir nada, seguir regra nenhuma, nem nada disso.
Só que acho que depois que a gente absorve tudo que tem pra absorver de um livro, ele tem que “ir pra frente”, porque conhecimento parado é conhecimento perdido.
Cada dia colocarei um livro diferente aqui no Sorteie.me, que foi a forma mais justa que encontrei de distribuir os livros, porque todo mundo quer e eu, infelizmente, não tenho milhares de livros para compartilhar nesse momento.
Só peço pra que vocês, quando acabarem de ler, repassem o livro, troquem, façam qualquer coisa, só não deixem que ele fique ocupando lugar na estante.”

Diante disso, só digo o seguinte: acho uma maravilha que discordem de mim (de verdade, tanto que sempre que falo algo lá no Face peço pra que as meninas coloquem as opiniões delas, concordando ou discordando da minha), porque isso me mostra outros ângulos de uma mesma situação, o que, com certeza, me ajuda de alguma forma a crescer.

Também acho muito bom que milhares de pessoas leiam esse ou qualquer outro livro, que é muito melhor e enriquecedor do que passar o dia assistindo TV.

Então,  que  ótimo que muitas tenham gostado,  mas é um direito meu não gostar, e isso não tem NADA demais.

O que não é nada bom é não saber respeitar a opinião alheia. É atacar uma pessoa, sem o menor fundamento, simplesmente porque a sua opinião é diferente.

Isso sim é vergonhoso!

P.S: alguém explica porque as pessoas andam tão agressivas? Credo!

Beijos

Ju Lopes

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima. Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas.

Comente
  1. Super concordo com você! Sou muito maleável, mas também muito crítica e gosto de ter a minha opinião…isso não significa que é para me seguir ou não….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

get - O Buço Manchou! E Agora?

O Buço Manchou! E Agora?

Receita Caseira para Ter os Cabelos Sedosos 9 - Até Que Ponto as Receitas Caseiras Funcionam?

Até Que Ponto as Receitas Caseiras Funcionam?