#Zara e o Trabalho Escravo!

Olá Meninas,

Eu não poderia de forma alguma, deixar de comentar e refletir aqui com vocês, as últimas denúncias, feitas contra a Loja de Grife ZARA.
Recentemente, vimos na mídia uma reportagem sobre as empresas que utilizam a mão de obra escrava, para confeccionar suas roupas.

Essa reportagem, apresentada no programa A LIGA exibido pela emissora Band, denuncia a prática das empresas têxtil que utilizam o trabalho escravo no Brasil para confeccionar suas peças e bem no momento foi flagrada a confecção de peças da famosa marca ZARA.

Antes de começar, é importante dizer que todos os fatos, ainda estão sendo apurados e investigados e, portanto, as informações contidas neste artigo, são de fontes divulgadas na mídia.

Vejam algumas fotos:

Foto reprodução: Repórter Brasil
Foto reprodução: Repórter Brasil

Realmente tal notícia é de indignar qualquer “ser humano” deste planeta. Eu que sou super consumidora da marca e que amo de paixão as “roupas lindas” que são encontradas na loja, fiquei indignada com tal ação. Tenho que admitir que, apesar de amar as peças, muitas vezes me deparo com alguns impasses sobre a qualidade do produto, que em muitos casos, deixaram a desejar, mas nunca imaginei que esta situação ocorria devido a este fato.

Meninas, sim, sim, sim… Estou indignada com essa denúncia e não estou aqui para polemizar e muito menos para dizer o que é certo ou errado, mas, vamos refletir!
Observei em vários sites, comentários sobre o assunto e as opiniões se divergem muito, até porque este é um assunto muito delicado.

E não é de HOJE que existe este tipo de prática no Brasil. Não, não e não!

Não é só a ZARA que faz esse tipo de ação abominável.

Não faz muito tempo, que foi exibida outra reportagem, sobre o trabalho escravo dos Bolivianos, (bem debaixo de nossas fuças), no centro de São Paulo, porém na época não mostraram a etiqueta da marca que estava sendo confeccionada, e por incrível que pareça quase ninguém se recorda de tal reportagem.

Sabe o que acontece? Brasileiro tem memória curta!!!

E além do mais no Brasil é tão fácil burlar as leis, que isso se torna algo comum e não tão assustador como deveria ser. Como no caso de famosíssima “Marca”, que deixou de pagar uns “míseros impostos”. Impostos esses que poderiam ser revertidos para: uma futura escola para o seu filho, ou um novo hospital no seu bairro. E aí??? É menos grave do que a atitude de ZARA???

Quando uma criança morre por falta de um hospital descente, que não foi construído porque os impostos obrigatórios no Brasil não foram pagos (ou foram para o bolso de algum político), é menos grave do que escravizar pessoas? Pra mim, é tudo igual.

Não adianta, fazermos o escarcéu agora e dizer: Que empresa horrível, que coisa absurda, Fora do país já! Porque infelizmente essas coisas só acontecem no Brasil, porque somos um país do ”não funciona”. Não funciona a lei, não funciona a democracia, não funciona nada.

E nada vai acontecer… como nada aconteceu: com tal “Marca”, nem com o escândalo do mensalão, nem com o Zé Dirceu, nem com a Erenice, nem com o Palocci e muito menos com a ZARA.

Fala sério!

Vocês realmente acreditam que é só a ZARA que faz coisa errada???
E vocês realmente acreditam que alguém irá deixar de comprar alguma roupa lá, por conta da denúncia??? (até porque, se formos deixar de comprar as coisas que são feitas de maneira errada no Brasil, minha gente, não teríamos muito o que comprar).

Mas peraí!!! A empresa responsável pela confecção das roupas, que contratou ou escravizou a mão de obra dos Bolivianos, fica no Brasil e é bem Brasileira. Pois é, fica no BOM RETIRO, exatamente onde, existe a Famosa rua de consumo JOSE PAULINO… Será que os produtos de lá, também não são feitos por escravos???

Aqui no Brasil é tudo no despretensioso e famoso “Vou Levar Vantagem”.
Pois é, a “tal empresa” que contratou a mão de obra escrava, teve um crescimento espantoso em seu faturamento. Vejam a reportagem aqui:

E ainda, me falam que a culpa é da empresa Espanhola que vem para o Brasil, explorar os pobres coitados!!! Ah tá!

A verdade é que: A ZARA continua faturando. E não vou ser hipócrita de dizer, que não vou comprar mais (continuo Amando as roupas de lá)… Mas é claro que também acho certas, as pessoas que vão deixar de comprar (isso vai da consciência de cada um), mas não vou falar que vou fazer, só por falar bonito.

O que eu realmente acho que precisa acontecer neste país, é as pessoas exigirem do nosso “eficiente” Governo, a parte deles, porque eles têm a obrigação de defender, fiscalizar e obrigar as empresas a cumprirem a “Lei”. Porque sem dúvida alguma, vai doer muito mais no bolso da ZARA, uma multa altíssima por tal ato, do que deixar de faturar, a minha misera compra.

Fica aqui minha reflexão sobre o assunto, sei que é muito polêmico e que cada uma, deve ter uma opinião diferente, a minha é está (pronto falei!) e espero que vocês também coloquem a opinião de vocês. Pois a única coisa que funciona neste país, é o direito de FALAR o que pensamos (e se ninguém é preso por sonegar impostos ou escravizar pessoas, não seremos presas por expressar nossas opiniões)!

PS: Desculpem-me se fui muito sincera e direta.

Super Beijo no Coração.
Dani Costa

#Zara e o Trabalho Escravo!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

27 Comments
  1. ola. sei que realmente é vergonhoso, trabalho na zara e sei que nao é facil digerir tudo isso, mas devemos levar em consideraçao que foi um serviço que foi tercerizado e depois retercerizado ou seja a zara contratou uma oficina q foi e contratou outra e ai vem o problema, a primeira pra tirar vangens , ta tudo errado eu sei… mas devemos analisar tudo minunciosamente…nao tiro a responsabilidade da zara, mas tambem nao vou jogar pedras…

  2. Olha, a questão de ser terceirizada ou reterceirizada é complexa, mas por lei é de responsabilidade da empresa contratante garantir as condições de trabalho dos terceirizados caso a própria empresa que os contratou não possa fazer isso. Falar que não sabia e mimimi não cola, ou existe alguma empresa no mundo que não fiscaliza sua linha de produção?

    A questão é que a verdade veio a tona por conta de lobby, provavelmente ou a Zara se recusou a pagar alguma taxa, ou alguma outra empresa ‘comprou’ essa ação. Vale muito bem lembrar que não é só a Zara que faz essa prática não, aqui no Brasil temos a Marisa, e até a Nike utiliza de meios um tanto quanto fora da lei em suas fábricas asiáticas.

    Mas isso não me impede de fazer o que eu acho certo, portanto eu não vou comprar mais na Zara.

    Acho mesmo que o mundo melhora com cada ação nossa, e o governo está assim porque não tomamos ação NENHUMA quando algo como os escandalos politicos ou denúncias como essa aparecem. Se não quer deixar de comprar, não deixe. Mas não use o argumento de que você não vai fazer porque nada funciona aqui ou qualquer coisa assim.

    Se todo mundo parasse de comprar na Zara eu tenho certeza que ela mudaria isso, assim como se todo mundo prestasse mais atenção em quem votou teria muito menos corrpução.

  3. Amei o post! concordo plenamento com vc e hoje mesmo tive a mesma reflexão sobre as roupas da josé paulino com minhas amigas… e é verdade, não só a Zara, mas muitas outras devem fazer o mesmo, por isso não adianta julgar só a Zara.. Lembram-se da Daslu? e a mesma continua lá… linda e fashion… conheço casos de lojas de shopping que vendem bolsas Guess e Gucci a mais de 600 reais e as donas da loja trazem na mala das viagens aos EUA quando não pagam nem 100 dolares e não pagam os impostos por aqui…

    é uma vergonha geral esse país, infelizmente!!

  4. Oi Dani 🙂
    Então, ninguém disse que só a Zara erra.
    Foi mostrado um erro, dentre muitos que existem no Brasil e no mundo.
    Era um tema específico do programa, trabalho escravo.

    Notei que houve um certo clima de revolta entre os que consomem a marca.
    Notei tb um desdém de várias pessoas ao dizer “a zara n tem culpa! Ela n sabia disso (?) e vou continuar comprando lá SIM!”. Que coisa não.

    Um exemplo.
    Trabalhei com desfiles de moda por um tempo. Ninguém tinha registro algum, era uma baderna.
    Até que os contratantes dos defiles começaram a exigir uma documentação mais completa do meu ex-chefe, para que as coisas ficasse certinhas, dentro das leis. E ele assim fez. E para regularizar tudo ele abriu mão de parte dos lucros, pois n diminui em nada os cachês. Hum…lucros…que coisa não.

    Se todos que compram na Zara realmente se mobilizassem, poderia haver alguma mudança.
    Se a própria Zara realmente se preocupasse em saber a origem de tudo, se os trabalhadores são autônomos ou registrados, se está tudo conforme a lei, haveria alguma mudança.

    Fico triste que haja corrupção no mundo em que vivo, mas isso não serve de desculpa para que eu feche meus olhos, e ache que todos são inocentes, pois não sabiam o que estavam fazendo. Não é pq fulano n cumpre a lei q n devo cumprir.
    A responsabilidade social fica para trás qdo se trata de usar uma marca q dê status?
    Ou qdo se trata de ganhar muito em cima de uma peça de roupa vale à pena fechar os olhos diante da mão de obra barata e escrava?

    Pra mim isso é falta de responsabilidade social.
    E essa é minha opinião.
    Abraços

  5. Oi Dani!!! Adorei seu comentário e concordo plenamente contigo. Assim também como com a Sheyna, pois minha irmã trabalhava numa empresa de confecção em SC que confeccionava para a Zara e que terceirizava seus serviços para pequenas facções do interior do Estado. Nestas micros (microscópicas) empresas que são serviços caseiros de costura, sempre acaba havendo a ajuda de filhos. Eu comecei a trabalhar com 12 anos, não deixei de estudar, me divertir e o serviço não me fez mal nenhum. Será que o que estão apontando é trabalho escravo mesmo? É muito fácil desmoralizar uma empresa, um cidadão, mas quando a “mídia” descobre que não é aquilo que foi falado não fazem a retratação. Isto também precisa mudar. Abraços.. adoro seu blog

  6. A Nike não é brasileira e faz a mesma coisa!

  7. Camila Valentim disse:

    Amei o post… realmente algumas coisas acontecem nos bastidores dessas grandes grifes que muita gente não conhece…

    Beijos…

  8. Oi! Dani;

    Estou indignada assisti o programa e agora para minha surpresa estou com o coração apertado, estou me preparando para ir a escolinha da minha filhinha de 5 anos para buscá-la e essa primeira foto da filha abraçada a sua mãe me deixou sem chão.
    A mãe trabalhando nessa péssima condição e ainda sem poder dar carinho e toda atenção devida a sua pequena filhinha, é de cortar o coração.
    Temos que fazer alguma coisa ainda que pareça muito pouco mais temos que colocar a boca no mundo para que essa safadeza continue acontecendo em pleno 2011.
    SE PENSAR EM ALGO PARA AJUDAR A MUDAR ESSA VERGONHA DESUMANA CONTE COMIGO.
    LILIANE MG

  9. É de deixar chocada mesmo. Isso não é de hoje, e infelizmente vai continuar. A Zara foi a primeira a ser denúncia, mas muitas outras empresas grandes virão, é só o começo.Hoje já apareceram mais nomes, mas em 1 mes aproximadamente, já estará esquecido. Devemos ter mais consciência com nossas escolhas e assumi-las, comprar ou não comprar, isso cada uma deve decidir. Eu particularmente morei muitos anos no exterior, sei como é difícil a vida de um imigrante em outro país e sou totalmente solidadaria aos bolivianos.

  10. Vc tem razão.
    Mais eu acho q esses tipos de coisas acontecem por causa de nós mesmas(os), pq quem coloca esses politicos no governo somos nós, e para acontecer esse tipo de coisa é pq não tem fiscalização, e nen empregos para essas pessoas ficarem nessas condições.
    Conheço mta gente da Bolivia, Paraguai, e Peru, para eles é dificil sair de seu país, eles precisam de um emprego para sobreviver aqui, então aceitam qualquer coisa(minha amiga do Peru me disse), as vezes tbm não conseguem arrumar emprego.
    Então a Zara se aproveita disso, fazendo eles de escravo, pq é uma mão de obra barata.
    Essa é para refletir:

    Que país é este que junta milhões numa marcha gay,
    outros milhões numa marcha evangélica,
    muitas centenas numa marcha a favor da maconha,
    mas que não se mobiliza contra a corrupção?”

    bjos

  11. Complicado, eu acho que é muita calmaria do povo falar que o governo rouba, que não fiscaliza e que é por isso que o Brasil está assim. Nós estamos acomodados, ninguém faz nada pra que isso mude e quando alguém denuncia dizem que o problema foi causado pelos governantes, mas e a ZARA? Ela não devia cuidar da produção toda?

    A síntese é que o brasiliro sempre culpa o governo, mas não boicota o própio governo nas eleições, deixa de fazer protestos, deixa de fiscalizar o próprio governo e quando eu falo tudo isso, estou me incluindo também.

  12. Georgia Jácome disse:

    Nunca comprei lá, mas não comprarei jamais. Entristece-me profundamente esta corrupção, esta mentalidade do brasileiro que sempre se torna permissivo e extremamente compreensivo quando em nome do interesse próprio.
    Não critico quem quer comprar, cada cabeça uma sentença, até porque, como o próprio post diz, a Zara não é a única… Mas eu quero fazer a minha parte e não compactuar com tamanha desumanidade, e conforme for descobrindo os locais que agem desta maneira, vou boicotar sim.
    Os brasileiros reclamam dos políticos corruptos, quando a verdade, quem abre mão de valores e de enxergar o coletivo em nome do interesse individual, somos nós mesmos.
    Precisamos ver que somos uma nação, e o que acontece a um, atinge a TODOS nós SEMPRE.
    ninguém vive isolado.
    Se concordamos que essas costureiras sejam assim tratadas e ganhando uma miséria, ela pode ter um filho, que pode até se tornar bandido devido a miséria e total falta de recursos, por exemplo, e aí, choramos e nos sentimos vítimas quando somos (ou um membro da família é) assaltados e mortos, mas será que não ajudamos a construir grandes bandidos e corruptos não? O que fizemos para ajudar/ interromper o ciclo?
    Será que tudo o que ocorre hoje no Brasil não é MUITO culpa de cada um de nós e de nossos atos ou omissões? Acho que somos todos responsáveis!
    Eu sempre penso nisso e no que posso fazer por mínimo que seja, embora saiba que a mudança só virá a longo prazo. Beijinhossss e amei o post!

  13. Acho sim, que depois de uma denuncia grave como essa, cabe as pessoas pensarem se vale a pena comprar em um lugar como esse (já que temos tantas outras opções), uma que o fato foi descoberto e exposto, só cabe a cada de nós fazermo a nossa parte e evitarmos de comprar lá.

  14. Eu fiquei muito chocada com a notícia e as imagens.
    Mais que isso, eu fiquei indignada.
    E acho muito triste, Dani, que vc diga que tb ficou indignada com a denúncia mas que vai continuar comprando na Zara.
    Coisas como: ‘não é de hj que isso acontece no Brasil’, ‘não é só a Zara’ são absolutamente irrelevantes; não é pq acontecem em outras fábricas que devemos abaixar a kbça e continuar consumindo e dando $ prá algo imoral e absurdo como pagar R$0,26 por peça produzida para pessoas que trabalham em locais insalubres e indignos de um ser humano por 12, 14 hs seguidas.
    As pessoas devem exigir do governo? O Governo são pessoas, como nós, que estão lá pq foram eleitas por nós!
    Esperar que eles façam alguma coisa?
    O País somos nós!
    Reclamamos dos engarrafamentos por conta das ruas alagadas, mas continuamos jogando papel na rua!
    Reclamamos dos políticos corruptos mas elejemos Tiririca! desligamos a TV no horário eleitoral!
    Reclamamos do trabalho escravo mas vamos continuar dando lucro$ para as empresas que sabemos que fazem isso!
    Então, estamos fazendo o que para mudar as coisas erradas no NOSSO PAÍS?
    NADA!
    E podemos, podemos muito, podemos destituir um Presidente da República!
    Pq vc acha que os ministros da nossa Presidente Dilma estão pedindo demissão? pq senão o fizerem, serão destituidos do cargo!
    A imprensa está aí para nos mostrar o que corre por debaixo dos panos.
    Cabe à nós, decidir: fazer alguma coisa ou cruzar os braços e esperar que o outro faça.
    Não leve como ofensa, Dani, mas acho que vc é muito jovem para acreditar que ‘somos um País que não funciona’ e não fazer nada.
    O Brasil é seu País! e se existem coisas erradas aqui (como em TODOS os países do mundo, não pense que trabalho escravo é exclusividade nossa), cabe à você fazer a sua parte.
    Se cada um q compra na Zara, mudasse de opinião, sim, ela teria que rever salários, condições de pagamentos, condições de local de trabalhos.
    Nada melhor do que mexer no bolso.
    Acho que vc repensar suas idéias.

  15. A UNICA arma q cada um tem,q o povo tem é o BOICOTE,quem decide continuar comprando é simplesmente por anteponer a sua vaidade a qquer problema q ñ afete diretamente sua vida(tipo as crianças q morrem de fome na Africa,afinal tá longe)qdo os simples mortais no qual me incluo decidirem fazer pequenos gestos q somando o do vizinho dao grandes resultados(moro em Barcelona e por ex reciclagem cada um se compromete ñ por si mesmo e sim por uma causa(sempre tem uns sem noçao logico),O motorista q pára o carro qdo o pedestre poe o pé numa faixa de pedestres faz isso pensando nele????)Pois é, a responsabilidade social ñ esta definitivamente inculcada no brasileiro,se a zara tem roupas lindas dane-se… se o shampoo é cheiroso mas é testado em animais dane-se a marca q fabrica esse shampoo…
    MEXAM-SE BRASILEIRAS BOICOTAR É MAIS BARATO,CONSERVA A CONSCIENCIA E ESTA NA MAO DE CADA UM DE NÓS,egocentrismo causa preguiça de pensar e agir… deixemos de ceder a vez ao proximo da fila pra arrumar os problemas q cada um com seu graozinho de areia pode contribuir!!!!

  16. Querida Dani td bem que cada um fala por si mas como vc disse tds querem tirar vantagem, por isso q acontece esse tipo de coisa no Brasil, mas querida se por acaso houvesse mobilização de uma população e tds se recusasse ao consumismo exacerbado e parassem de comprar produtos que fosse feitos por escravos usassem animais como cobaia e eitasse tds essas vergonhas as empresas teriam prejuízo e se preocupariam com a fonte de seus produtos. pensa um pouco mais antes de falar. até pq vc tbm é um ser humano igaul a esses escravos q estão se matando pra vc ficar bonitinha e na moda.

  17. Não posso me dar o luxo de me chocar com os absurdos nesse país.Já me sinto culpada por tudo que acontece, e que infelizmente, lemos simplesmente como notícias do dia e esquecidas no dia seguinte. Bem, existe trabalho escravo, é fato. E pessoas são traficadas para alavancar o lucro de empresas, sejam elas quais forem. No caso, a famosa marca. Toneladas de feijão param num aterro sanitário porque políticos tinham que se livrar de provas contra a compra de votos; e certamente não se importam com os que vivem na margem de miséria. Como usuária da marca confesso que não me sinto mais à vontade de passear entre sua coleção e comprar satisfeita. Acho crucial repensar os hábitos, pelo menos para que surja algum efeito, para que pese sobre essa escabrosa tentência lojística. Se a nossa geração não vai às ruas, nem que seja com a cara limpa mesmo, vale a pena um momento boicote à marca.
    Eu acredito. Tenho que acreditar.

  18. Queridas

    Adorei todos os comentários… os que concordam comigo e principalmente os que descordam… esses fazem com que a gente reflita ainda mais sobre o assunto… amei de verdade, pois essa era a intenção do post… levantar uma discussão saudável sobre um tema tão polêmico.
    Realmente cada uma tem a sua opinião e sei que algumas coisas que disse incomodou profundamente algumas pessoas, quando disse que vou continuar comprando, sei que isso incomoda muito… mas é a minha posição, não vou dizer ao contrário só para agradar e ser politicamente correta… talvez possa parecer que é somente por vaidade… mas não é não… é porque realmente acredito que não é isso que vai fazer a diferença… (novamente é a minha opinião e ninguém precisa aceitar)… Analisando todos os fatos, não veja a ZARA como a grande vilã em tudo isso… até porque tudo isso, está sendo investigado ainda… claro que se for comprovado que está é uma posição da ZARA em escravizar pessoas, eu também não vou mais comprar, mas como até agora foi dito… quem utilizou o trabalho escravo foi uma empresa terceirizada, não é uma politica da ZARA trabalhar dessa forma (sei que a ZARA tem o dever de fiscalizar), mas sei também, até por experiência própria que as empresas terceirizadas que são contratadas para fabricar os produtos, fazem esse tipo de quarteirização. (Eu mesma com 13 anos trabalhei em uma fabrica de fundo de quintal fazendo isso… e o pior feliz da vida, por ganhar uns míseros centavos por peça produzida, claro que não se compara, a esta situação dos bolivianos, pois ao final do dia eu ia para minha casa, mas trabalhei com 13 anos o que é proibido por Lei). E a empresa, que contratou o serviço da terceirizada, nem se quer fazia ideia desse tipo de quarteirização.
    Respeito a opinião de cada uma aqui… e pensei muito para escrever o artigo e tentei ser a mais verdadeira possível comigo mesma, assim acredito que estou respeitando vocês também, querida leitora, mentir e dizer coisas bonitinha só para agradar é muito mais fácil, mas dizer o que pensamos é mais difícil e como é!!!
    Um super beijo
    Dani Costa

  19. Fiquei feliz em ler nos comentários que ainda existem pessoas que não pensam como vc. Infelizmente algumas pessoas preferem acreditar q o erro de uma empresa se justifica com o erro de outras, assim como que a responsabilidade sempre é do outro nunca minha quando algo deste tipo acontece. Mas será que continuar comprando não é compactuar com esse tipo de comportamento??
    Eu acredito que essas empresas só fazem essas atrocidades pq têm certeza da inércia das pessoas. Pq se houvesse uma verdadeira comoção, isto é, a indignação se tranformar em ação! elas não fariam isso. Porém como elas sabem que as pessoas vão continuar comprando, não se importam…
    Sinceramente não te julgo mal por decidir continuar comprando na loja, mas assuma sua postura sem usar o mal comportamento de outros (a corrupção, p. ex.) pra justificar a sua escolha!!
    Mas o principal é vc saber que não importa a mudança que vc deseja, ela sempre começa com vc!!!

    bjs

    1. Anitta… super concordo com você…

      E não estou usando a corrupção para justificar minha posição, não… sou verdadeira o suficiente para dizer que vou comprar por uma decisão minha… como disse no comentário anterior, eu não acredito ainda… que a Zara seja a grande vilã… mas se isso, ficar comprovado… eu também estou disposta a mudar minha opinião… quando me referi a corrupção que acontece neste país, foi relacionada exatamente a falta de punição. Você já reparou que a frase que mais usamos é o “SE”… se fosse assim, se fosse assado… mas me importo sim com as coisas que acontecem, claro que me importo e se for preciso de uma mudança minha para melhorar o mundo… eu vou mudar… até pq não preciso de uma roupa para me sentir mais isso, ou mais aquilo… só que só farei isso se for realmente algo que eu acredito… (como disse, se for comprovado, eu serei a primeira a fazer a marcha contra a ZARA).

      Super beijo e obrigada pelo seu comentário
      Dani Costa

  20. olha como o brasileiro é hipocrita, hoje teve liquidaçao no shopping e a zara tava lotada… tenho certeza que 30% das pessoas que estavam la, falaram que nuca mais iriam comprar na zara, a verdade que os brasileiros tem memoria curta…e duvido que ninguem mais ai nao vai comprar na zara.. principalmente qdo começar o saldo de inverno ou verao..por tanto como disse, devemos pensar no que falamos e analisar tudo minunciosamente.. alguem escreveu a seguinte frase..SEJA DONO DE SUA BOCA, PARA SER ESCRAVO DE SUAS PALAVRAS..

  21. Entendi sim, Dani. E super concordo qndo vc diz que só deixaria de comprar lá por uma convicção sua. Mesmo eu acreditando que todo mundo deveria boicotar a marca(rsrs), acho melhor se isso partir de uma convicção que esse é o melhor e não de um “vou fazer pq todo mundo faz”.
    E achei muito legal da sua parte a forma como vc encarou as críticas aqui, sabendo argumentar e tendo coragem de mostrar a sua opinião!!
    E depois de ler a sua resposta eu entendi melhor o que vc disse sobre a corrupção e super retiro a parte em que eu disse que vc estaria se justificando pelo erro dos outros.

    Bjs

  22. Camile Bueno disse:

    Dani, eu acompanhei a reportagem muito triste mesmo ver isso, só que acontece tantas coisas piores no Brasil e ninguem fala nada, prostituição de menores, vai lá no interior de norte, é triste.. Brasileiro ter memoria curta mesmo, esse assunto mesmo da Zara todos já estão esquecendo, é o pior, muitos vão sim comprar na Zara… espera daqui alguns meses pra ver.. Eu seria muito mentirosa em falar que nunca vou comprar na Zara, pois o problema vai continuar enquanto não acabar essa corrupção, é aquele velha historia, quem está em cima ganha mais e quem está em baixo ganha menos.

    Você está de parabéns em seus artigos.

  23. A Zara é culpada SIM porque não fiscalizou. Todas as confecções que eu conheço pessoalmente, fiscalizam as facções, verificando registro em carteira. Se a Zara não fez, e com certeza deixou de fazer, errou duas vezes.

    E não compro na Pernambucanas, nem Marisa, Riachuelo…. todas as marcas que publiquei no meu blog. Não compro! Começando com O Boticário FDP!

    Não morrerei por conta disso e nem serei cobrada por comprar numa loja que eu sei que não tem responsabilidade social. Comprei muita roupa na Zara, mas não posso ter compromisso com o meu erro.

  24. Não estou nada surpresa com isso!!
    Eu trabalhei na Zara e fui muito explorada e eu trabalhava na loja. Chegava em casa chorando todos os dias. A melhor coisa que eu fiz na minha vida foi ter sído de lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published.