Categories: Saúde

Como Lidar Com as Crises de Enxaqueca?

Enxaqueca! Se você não sabe o que é, agradeça fervorosamente!

Se uma dor de cabeça “normal” já nos impede de fazer as coisas, a enxaqueca nos impede  de fazer qualquer coisa que não permanecer em um quarto escuro, silencioso e com temperatura ambiente. É, a coisa pode ser mesmo “feia”!

Mas o que é a enxaqueca, afinal? A enxaqueca nada mais é do que uma dor de cabeça muito intensa e recorrente, que se caracteriza pela sensibilidade a luz, aos sons, além de náuseas e vômitos persistentes.

Ela ataca mais as mulheres do que os homens (nas mulheres a prevalência é o dobro), e de todas as cefaleias identificadas, que são pra mais de duzentas, a enxaqueca é a mais incômoda e incapacitante, de forma que o seu diagnóstico deve ser feito por um médico especialista, assim como o acompanhamento.

Como Lidar Com as Crises de Enxaqueca?

É muito importante que, em casos de dores de cabeça persistente, se procure um médico, o que poucas pessoas fazem, já que acham que dor de cabeça não precisa de tratamento, mas sim de um remedinho daqueles que a gente compra (mas não deveria!) sem indicação e sem receita. Os remédios adequados, indicados após o diagnóstico, aliviam muito as dores, minimizam as crises e tornam a vida do paciente mais fácil – e menos dolorosa!

De Onde Vem a Sua Enxaqueca?

É comum que ao sentir algum tipo de dor busquemos “referências” na família e nos amigos, afinal, queremos saber o que funcionou pra eles, pra ver se funcionaria ou não para nós. E isso, claro, é um problema!

É um problema porque em cada pessoa a dor é desencadeada por um motivo específico, e causas específicas requerem tratamentos específicos. Então, muito provavelmente o remédio que sua prima, tia, amiga ou avó tomam não servirá para você!

A crise de enxaqueca pode ser desencadeada por vários fatores diferentes, como estresse, tensão, insônia, jejum prolongado, alimentação inadequada, alterações hormonais e muitas outras coisas. E existem, também, pessoas que não apresentam crises de enxaqueca sem qualquer  coisa que a desencadeie.

E é justamente por isso que o remédio de um pode não funcionar para outro. Pior, pode tornar a dor mais resistente, o que é um desastre.

O máximo que você pode fazer, “imitando” quem tem o mesmo problema, é lançar mão de massagens, acupuntura, florais e compressas quentes ou frias, que ajudam nesses casos e não causam danos.

Se Antecipe e Preveja Uma Crise!

Em muitos casos, antes da crise de enxaqueca se instalar, o paciente tem a chamada “enxaqueca com aura”, onde apresenta alguns sintomas sensitivos e também visuais, como pontos brilhantes e manchas escuras na visão, dormências e formigamentos, além de uma dor muito forte que dura de alguns segundos até muitos minutos seguidos.

Quando a enxaqueca com aura surge, é sinal de que vem crise de enxaqueca por aí e, por isso, é preciso tomar os cuidados necessários para minimizar as crises!

Mas, e se o paciente não apresentar a “enxaqueca sinalizadora”, o que fazer? Mesmo nesses casos é possível identificar os sinais da “tempestade”, já que a pessoa tende a ficar mais inquieta, mais irritada, com desejo de doces e com sonolência não habitual.

Antes que a dor surja com força total, comece a fazer uso da medicação, que, aliás, você deve ter sempre a mãos!

Medicamentos Na Bolsa Sempre!

Da mesma forma que uma pessoa que tem asma deve andar com a bombinha na bolsa, que um alérgico deve andar com um antialérgico, uma pessoa que tem enxaqueca precisa ter em mãos, onde quer que esteja, o seu remédio.

Isso é importante porque ao menor sinal de dor o remédio deve ser ingerido, já que se a pessoa esperar a dor se instalar para tomar o medicamento será muito mais difícil “debelar” a dor por causa da sensibilização central, porque quando mais tempo passar até que você tome o remédio, maior e mais resistente será a dor!

Mas, é claro que o remédio não pode ser qualquer um, mas sim aquele prescrito pelo seu médico, porque para cada caso existe um remédio específico, e isso só quem pode avaliar e receitar é um especialista.

O que não pode é, ao sentir a dor, correr na farmácia e comprar analgésicos simples e remédios “gerais” para dores de cabeça, porque isso faz com que o organismo de habitue e a enxaqueca se transforme em uma coisa crônica e bem mais difícil de ser tratada.

O Que Fazer Durante As Crises?

1- Descanse em Um Local Escuro, Ao Abrigo da Luz e do Barulho

Praticamente todas as pessoas que sofrem com enxaqueca vêm a situação piorar quando são expostas à luz e ao barulho. Esses fatores, aliás, podem desencadear crises, então se você já tem o problema, evite esse tipo de ambiente. E, se a crise já se instalou ou deu os primeiros sinais, se recolha a um local  escuro, com temperatura ambiente e sem barulho.

Aproveite e desligue todos os telefones, que funcionam como verdadeiras metralhadoras nesses casos.

A luz e o barulho são tão irritantes para quem sofre de enxaqueca porque essas pessoas possuem algumas anomalias neuroquímicas que fazem com que o seu cérebro seja mais sensível e, portanto, mais irritável que os outros, e é por isso que barulho e luz tornam a pessoa que tem enxaqueca ainda mais irritada, chegando ao ponto de apresentarem agressividade.

Dessa forma, durante a crise o correto é sentar-se ou deitar-se de forma confortável e permanecer em silêncio e repouso.

2- Opte Por Alimentos Leves

Em muitos casos a alimentação pode desencadear a enxaqueca, e geralmente envolve alimentos gordurosos, pesados e condimentados. Mas, mesmo que não seja esse o motivo da sua crise, é importante manter uma dieta leve, baseada em sucos, frutas e legumes, enquanto a crise estiver presente.

Em muitos casos a dor é tão intensa que a pessoa faz vômitos o tempo todo, e nesses casos é melhor suspender a dieta sólida e  beber muito liquido para manter o organismo hidratado, pois a desidratação piora o quadro.

3- Evite Situações de Tensão e Estresse

Sabe-se de muito que, apesar de existirem inúmeros fatores que desencadeiam a enxaqueca, o estresse, a tensão e os demais problemas de origem emocional funcionam como um gatilho certeiro.

São as cobranças no trabalho, as cobranças no relacionamento, a culpa por não ser a mãe, esposa e profissional perfeita (e quem consegue ser isso tudo de uma vez?), o trânsito que atrapalha a vida, o excesso de trabalho, a falta absoluta de tempo, as brigas com os amigos, o parceiro ou a família ou mesmo as insatisfações diversas as grandes responsáveis por muitos dos quadros de enxaqueca.

Então, se você está no meio de uma crise, evite tudo isso pra que a dor não piore, já que todas essas situações acima relacionadas fazem com que o cérebro  produza mais noradrenalina, que é uma substância de ação vasoconstritora que tende a piorar muito mais a dor.

Para Cada Sintoma, Uma Solução!

A enxaqueca pode provocar muitos sintomas diferentes, como a sensibilidade à luz, a sensibilidade a barulho, a sensibilidade a cheiros diversos, a diarreia, os vômitos, a tontura, a irritabilidade, a sonolência, a depressão temporária e muitos outros. Acontece que o remédio para enxaqueca, que é um analgésico, vai tratar apenas a dor de cabeça.

É claro que, na maioria dos casos, tratando a dor os outros sintomas tendem a reduzir e até desaparecer, mas quando eles são muito intenso e não somem com o medicamento para enxaqueca, o melhor é tratar cada um desses sintomas isoladamente.

Sobretudo para quem faz vômitos durante as crises, é muito importante tratar esse sintoma, senão o analgésico não vai fazer efeito e a dor vai persistir, porque a pessoa toma o medicamento e vomita tudo em seguida. Nesses casos, o melhor é procurar um pronto socorro para tomar medicamentos por via venosa.

Suspenda o Fumo e o Álcool

Fumar é um desastre, e eu verdadeiramente não entendo porque tem gente que insiste nisso. Faz mal pra saúde, causa doenças fatais e acaba com a beleza, além de deixar a pessoa com o cabelo fedido e o hálito nem um pouco agradável.

Mas, pra quem tem enxaqueca o cigarro é ainda pior, porque a nicotina, que atrapalha a circulação sanguínea e acaba enrijecendo os vasos sanguíneos, provoca ou intensifica a enxaqueca.

Um estudo recente feito na Noruega e publicado pela renomada revista médica Neurology constatou que o hábito de fumar triplica as chances de ter enxaqueca, sobretudo em pessoas com sobrepeso e que não praticam atividades físicas de forma regular, o que é um número bem significativo!

Além do cigarro, o álcool é outro problema!

Como se sabe, a enxaqueca é um problema que tem origem vascular, ou seja, a dor é provocada pela contração e pela dilação dos vasos sanguíneos, e o álcool gera uma dilação exagerada dos vasos sanguíneos do corpo e do cérebro, o que, obviamente, piora, e muito, a enxaqueca, podendo até mesmo desencadear crises.

Diante do que foi exposto, só resta aconselhar que, em caso de dores de cabeça, vocês procurem um médico e que não auto mediquem, para não piorar os problemas!

Beijos

Ju Lopes

Como Lidar Com as Crises de Enxaqueca?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Não gosta de academia? Aprenda a malhar em casa
Como Evitar a Má Digestão?
Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. 👯 Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas 😘

Postagens recentes

8 Nutricionistas de Campinas Que Valem A Pena Você Seguir no Instagram

8 perfis de nutricionais para você seguir no Instagram Olá miosss amores, tudo bem? Primeiro, quero agradecer muitíssimo o carinho…

1 dia atrás

Quando Desistir de Descolorir?

Quando Desistir de Descolorir? Tem hora que não da né gente! O Cabelo está às mínguas de judiado, danificado ao…

2 dias atrás

Transport Benefícios, Como Usar, Quantas Calorias Queima

Amores, hoje vou falar pra vocês do transport (elíptico), quais seus benefícios, como usar e quantas calorias queima. Esse é…

4 dias atrás

O Melhor Exercício e Dicas Pré e Pós Treino

Olá miossss amores, tudo bem? Se você é minha leitora sabe que prometi fazer um registro diário do meu treino…

5 dias atrás

Meu Desafio de Emagrecimento: Dieta e Treino

Olá, MIOSSSS AMORESSSSSS!!! Tem alguém aí querendo emagrecer? Eu sei que já faz um bom tempo que eu deixei de…

6 dias atrás

Chega de Cabelo Curto Arrepiado nas pontas!

Cabelo Curto Arrepiado nas pontas Os cabelos curtos são tão quistos como forma e comprimento de cabelo, tanto quanto os…

1 semana atrás