Rinite e Sinusite São A Mesma Coisa?

As confusões são muitas entre as duas “ites”, a rinite e a sinusite, e como no outono as duas costumam atacar, achei melhor fazer um post explicando o que é cada coisa, para facilitar, né?

O Que é Rinite, Afinal?

Rinite é um termo genérico que designa uma inflamação na mucosa das fossas nasais. Falei grego, né? Simplificando: rinite é uma inflamação ali na mucosa do nariz.

As causas para a rinite podem ser muitas e há a rinite alérgica, a rinite infecciosa, há as que duram pouco, chamadas de aguda, e as que não querem partir jamais, chamadas de crônicas. A rinite infecciosa é causada, geralmente, por infecções virais, e quase sempre são agudas, entanto que as crônicas estão relacionadas com processos alérgicos. Assim, um simples resfriado pode ser considerado uma rinite infecciosa, mas a forma mais conhecida (e sofrida!) de rinite é a alérgica, que duram mais e tendem a ser recorrentes.

Captura de tela inteira 27032013 204635

Quais Os Sintomas da Rinite?

Os sintomas mais comuns da rinite são a coceira no nariz, a coriza, os espirros, o nariz entupido, coceira nos olhos, coceira na garganta e coceira nas orelhas.

A rinite é tratada com antialérgicos, como a loratadina, por exemplo, descongestionantes e analgésicos.

O Que é Sinusite, Afinal?

A sinusite é uma inflamação que ocorre nas cavidades ao redor do nariz, na mucosa que reveste os chamados “seios da face”, também conhecidos como cavidades paranasais, sendo causada por bactérias.

Os seios da face funcionam como uma espécie de câmara de ar que fica em volta do nariz, sendo revestida interiormente por uma mucosa que, assim como a mucosa do nariz, produz um muco que são “drenados” para dentro do nariz por pequenos orifícios que podem acabar ficando obstruído, seja pelo que for. Quando isso acontece, os “seios da face” não conseguem se “comunicar” com o nariz, já que eles ficam “selados”, e o muco se acumula ali, o que acaba gerando uma  inflamação que facilita a proliferação das bactérias, o que resulta na sinusite.

Muitas vezes seu início decorre de uma simples infecção gripal.

A sinusite pode ser crônica ou aguda. Se aguda, ela ocasiona “crises” com fortes dores no rosto, secreção nasal e até febre. Já a sinusite crônica tende a ter sintomas mais amenos, só que constantes, como uma tosse que não passa nunca, por exemplo, ou uma dor de cabeça persistente na testa ou entre os olhos.

Quais os Sintomas da Sinusite?

Nos quadros de sinusite os sintomas mais comuns são a obstrução nasal, pressão na face, dores de cabeça, secreção de cores variadas, espirros e cansaço.

O tratamento é feito com antibióticos.

A Rinite Pode Se Transformar em Sinusite?

Em muitos casos, sobretudo quando não cuidada, a rinite pode, sim, se transformar em uma sinusite.

Como Diferenciar?

Ambas possuem sintomas comuns, mas alguns sintomas são muito mais comuns e intensos na sinusite, como a cor de cabeça, a dor no ouvido e a febre, por exemplo. Além disso, é preciso observar a durabilidade dos sintomas, que se durarem mais de uma semana provavelmente indicam uma sinusite.

Rinite e Sinusite São A Mesma Coisa?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

1 Comment
  1. Uma dica pra quem tem sinusite crônica. Eu tinha, e vivia tomando antibióticos. Eu descobri que a minha se resolvia cirurgicamente, quando troquei de médico (porque mudei de cidade) e ele pediu uma tomografia. Todas as outras vezes eu havia feito raio-X e só dava pra ver que tava inflamado, e me davam antibiótico. Agora, se for algum problema anatômico, que pode ser resolvido cirurgicamente, é provável que possa ser visto pela tomografia (como foi o meu caso). Já faz 2 anos que eu fiz a cirurgia e NUNCA mais eu tive sinusite (AMÉM!!).
    Porém, até onde eu sei, a rinite é incurável (e eu também tenho), mas com essas medidas que a Ju citou, fica muito mais fácil conviver com ela (:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.