Qual o tratamento a laser mais indicado para as mulheres negras?

Quando se fala em depilação ou qualquer outro tipo de tratamento a laser, deve-se tomar cuidado. O resultado positivo depende de vários fatores. Nas peles negras, então, o risco de manchas, cicatrizes e um procedimento mal sucedido é ainda mais comum. Isso porque as mulheres que têm pele mais escura, têm uma quantidade muito maior de melanina. Assim, torna-se mais sensível e com maior risco do laser machucar, queimar ou interferir na saúde da pele. Isso porque a energia da maioria dos lasers agem na pele e não estão preparados a alta concentração de melanina.

Resultado: quando um laser é aplicado de forma errada na pele negra, as manchas surgirão com muito mais facilidade. Provocando, nos piores casos, queimaduras de até segundo grau. Por isso, todo cuidado é pouco quando se trata desse assunto. É preciso entender que o laser emite uma energia, que é levada à pele através do calor. Na depilação, por exemplo, esse calor aquele a região e, se não controlado, pode acabar queimando as camadas da pele. Isso pode acontecer em mulheres brancas, morenas, negras ou orientais.

Mas quando se trata de pele negra, o risco é maior por causa desta concentração de melanina. As manchas podem clarear uma região da pele ou até deixar mais escura. Retirar essas manchas ou curar as queimaduras é um processo lento e dolorido. Por isso que os médicos da Sociedade Brasileira de Dermatologia alertam para que casos como estes sejam evitados. O ideal, no caso da pele negra, é evitar tratamentos como depilação, peelings e outros procedimentos com o laser, para não correr risco algum de manchar ou queimar a pele.

tratamento-laser

Existem peelings específicos para peles negras e estes devem, sim, serem usados. Mas, claro que a recomendação é procurar um profissional qualificado para isso, de preferência um dermatologista! Os peelings apropriados para peles com mais melanina, não prejudicam a pele, pois são feitos com um laser de baixíssima energia. Servem apenas para rejuvenescer a pele e também limpar com profundidade as camadas prejudicadas com os resíduos de poluição e oleosidade.

Um dos aparelhos usados nestes casos é um conhecido como laser fracionado de CO2. Ele é à base de água e consegue evaporar na pele, abrindo os poros para a limpeza e, assim, consegue estimular a própria pele a fabricar mais colágeno, aumentando a resistência da pele, deixando-a mais esticadinha e com uma aparência mais saudável.

O laser YAG 1320 também é usado para procedimentos em mulheres negras porque não atingem a epiderme, onde fica localizada a concentração de melanina. Por isso, esse é um tratamento seguro, que não provoca manchas e nem queimaduras às mulheres de pele negra ou morena. Esse tratamento é usado muitas vezes na região do rosto, justamente para melhorar a aparência e eliminar rugas e marcas de expressão.

Já quando se fala em depilação nas peles negras, o laser de YAG também é o mais utilizado. Ele consegue arrancar o pelo, sem atingir a camada da pele que concentra a melanina. É emitido poucas doses de calor, que não chegam a queimar e apenas ficam na superfície da pele. Essa tecnologia consegue arrancar o pelo pela raiz e fechar o poro onde ele nasce. Por isso é um tratamento de segurança e também de bons resultados.

Qual o tratamento a laser mais indicado para as mulheres negras?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kika @blogdakika

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.