Qual peeling fazer: diamante ou cristal?

Este é o melhor momento para fazer tratamentos estéticos como peelings, laser e cirurgias. Quando se fala em pele do rosto, os mais procurados são os peelings de diamante e de cristal. Eles tiram as manchas, promovem a renovação celular, fazem uma limpeza profunda nas camadas da pele e melhoram o aspecto de oleosidade. Mas são diferentes! E para escolher qual deles é o mais indicado para o seu tipo de pele, entrevistamos a esteticista Ana Cláudia Medeiros, do Rio Grande do Sul.

Para começar, é preciso entender que as manchas podem aparecer por conta do sol, da alteração de hormônios e, também, por conta de medicamentos. Os profissionais da saúde chamam estas manchas de melasma, que são áreas mais fortes que o tom da sua pele. O peeling vai neutralizar essa diferença e também vai melhorar a resistência da pele.

Tanto o de cristal, quanto o de diamante, vão limpar o seu rosto e suavizar estas manchas. O peeling consegue remover as células mortas e também promover a renovação celular, que deixa a pele mais esticada e com menos aspecto de cansaço. “O tratamento estético estimula o aumento da produção de colágeno e elastina da pele, que deixa o rosto mais esticadinho, resistente e firme”, afirma.

peeling

Estes dois procedimentos podem ser feitos em diferentes tipos de pele, a partir dos 22 anos e podem, também, serem aplicados em outros locais do corpo, como mãos, pescoço e peito. A indicação profissional é fazer um peeling por mês, até a chegada da primavera, em outubro. “Assim, o resultado se torna mais evidente e a pele ganha uma aparência totalmente saudável e resistente. Estará preparada e protegida para o verão. Mas a quantidade de sessões vai depender da avaliação profissional antes do procedimento, durante uma consulta”, afirma a esteticista.

Agora conheça a diferença entre cada um destes procedimentos:

Peeling de Cristal: de acordo com a profissional, este procedimento é feito por um aparelho pequeno a vácuo, que joga o cristal na pele e depois suga novamente, retirando toda a sujeira das camadas. O cristal é, na verdade, óxido de alumínio, que consegue fazer uma esfoliação mais profunda. Por isso é indicado às mulheres mais velhas, que já possuem rugas mais profundas e manchas mais fortes. Um pouco dolorido, o peeling de cristal deixa a pele vermelha e vai provocar a descamação da pele. Você deve ficar dois dias sem pegar sol e vai precisar gastar uma graninha com produtos pós-tratamento. Custa cerca de R$ 65 a sessão.

Peeling de Diamante: esse tratamento atinge apenas a primeira camada da pele e funciona como se fosse uma lixa no rosto, que limpa profundamente a pele, removendo as células mortas. Estimula a produção de colágeno, consegue amenizar as manchas pequenas e evita o envelhecimento precoce. É indicado às meninas mais jovens, que não possuem tantas rugas na região dos olhos ou boca. Ele não é dolorido e nem deixa a pele vermelha depois da sessão. É preciso ficar longe do sol por 48 horas também e cuidar da pele depois com cremes. Cada sessão pode ser encontrada a partir de R$ 50.

Qual peeling fazer: diamante ou cristal?
4.3 (86.67%) 3 Votos

Kika @blogdakika

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.