in

Ácido Lático No Cabelo: O Que é? Como Age? Benefícios

Como Escolher o Shampoo Certo - Ácido Lático No Cabelo: O Que é? Como Age? Benefícios
Ácido Lático No Cabelo: O Que é? Como Age? Benefícios

O ácido lático no cabelo foi ganhando espaço nos salões, fazendo parte das pesquisas das consumidoras e gerando diversas perguntas em relação a como age, funciona e para que serve.

Dessa forma, aqui separamos tudo o que você precisa saber sobre esse assunto, para não restar nenhuma pergunta e ainda garantir os melhores resultados, para um cabelo cheio de vida, com brilho natural e maciez.

O que é ácido lático?

A princípio, é possível que, até agora, você nunca tenha ouvido falar desse assunto antes. O que é natural.

Afinal, novos tratamentos e conceitos vão surgindo ao longo do tempo e nem sempre é fácil acompanhar tudo.

Sendo assim, o ácido lático faz parte de um grupo chamado AHAs e é muito conhecido no mercado como um esfoliante químico e por renovar as células.

Inclusive, no campo dos cosméticos, pode receber outros nomes, como ácido glicólico e málico. Que possuem ação semelhante, mas são bem diferentes.

Porém, também dá para produzir usando outras fontes, como a cana-de-açúcar, amigo e através da fermentação de uvas.

Daí, você pode se perguntar o que tudo isso tem a ver com os cabelos, não é?

A princípio, o ácido lático não tem relação nenhuma com formol, já que se trata de um componente natural.

Ao mesmo tempo, é um composto natural, retirado do açúcar do leite.

Como essa ácido age no cabelo?

Pensando nos cabelos, o ácido age, principalmente, para regular o PH dos fios.

O resultado, é que pode garantir que os seus cabelos fiquem mais alinhados ao mesmo tempo que reduz o frizz.

Mas não é só isso, o ácido também pode ser usado quando aquecido, servindo para preencher a estrutura da cutícula, que pode estar esburacada.

Por isso, é um assunto pode surgir ao pensar em cabelos muito danificados, como os fios elásticos.

Vale destacar ainda que esse ácido orgânico não alisa os cabelos e também não muda a estrutura dos fios, diferente do que alguns profissionais mal-intencionados podem dizer por aí.

Portanto, se algum cabeleireiro estiver tentando vender algum procedimento com ácido lático para alisar os seus fios, é melhor correr.

Nos fios, o principal objetivo desse ácido é reestruturar a fibra.

Ácido lático faz mal?

Por ser um produto orgânico, é comum pensar que o uso do mesmo não traz nenhuma desvantagem para os fios: mas cuidado com essa afirmativa.

De acordo com especialistas, a regra é clara: em excesso, tudo pode fazer mal.

Neste cenário, quando usado em concentrações muito elevadas ou de forma descontrolada, o ácido pode ser prejudicial para a fibra capilar.

Principalmente porque, é essencial conhecer bem o produto que está usando.

Esse ácido também pode ser um composto de outros produtos, usados principalmente para alisar os cabelos.

Neste caso, o produto pode liberar formol quando for aquecido.

Portanto, existem diversos tratamentos capilares que podem ser feitos com a aplicação do ácido lático. Mas de forma muito cuidadosa.

Já que o resultado dessa combinação de ácido lático no cabelo pode ser desastroso.

Quando aplicado corretamente, por um bom profissional, esses tratamentos podem garantir o resultado que você tanto deseja.

Ácido lático – Quais são os benefícios?

O ácido lático no cabelo pode garantir uma série de benefícios interessantes, principalmente quando usado sozinho.

Em síntese, é capaz de penetrar profundamente nos fios, regulamento o PH para que os fios fiquem mais alinhados.

Ao mesmo tempo, reduz o frizz e pode ajudar com o controle, deixando os fios mais bonitos, macios e saudáveis.

Pela capacidade de reestruturar a fibra, é indicado quando você nota os fios danificados quimicamente e também para aumentar a resistência.

Vale destacar que, esse ácido, pode ser usado em todos os tipos de cabelos.

Sejam ondulados, crespos, lisos ou ondulados, já que não altera o formato. Bem como loiros ou descoloridos.

Ou seja, não tem nenhuma contraindicação.

Além disso, quando usado individualmente, sem outros ácidos, pode ser ideal para acompanhar outros tratamentos.

Em outras palavras, pode vir depois de uma descoloração ou coloração, progressivas e alisamentos, para aumentar a saúde capilar.

Então, ao ler os rótulos de algumas máscaras de hidratação, você pode notar que esse ácido está presente.

Principalmente em produtos que servem para matizar os cabelos claros.

Grávida também pode usar?

Sempre que discutimos sobre algum produto para melhorar a saúde dos fios, surge a dúvida se as gestantes podem ou não usar.

Em relação a esse ácido, os especialistas o consideram seguro para as grávidas, já que o nível de permeação é baixo.

Ainda assim, alguns médicos dizem que o melhor seria evitar, principalmente aqueles que tem concentrações elevadas.

Isso porque, as concentrações mais altas podem causar algum estresse nos pacientes.

Na dúvida, sempre consulte o seu obstetra.

Botox capilar

Por fim, você sabe como é possível classificar a fórmula do ácido lático?

Se a resposta for não, tome notas:

  • Cor cristalina;
  • Um pouco salina;
  • Solúvel em água.

Assim, vamos relembrar o botox capilar, que tem como foco aumentar o brilho, hidratar, preencher os fios e também garantir uma hidratação intensiva.

Neste aspecto, o botox também não serve para alisar os cabelos, já que não tem químico capaz de alterar a estrutura.

Em outras palavras, o ácido lático no botox funcionaria como um tratamento intensivo para fornecer aquilo que o fio precisa para ficar macio, bonito e saudável.

Ou seja, muito indicado para cabelos danificados.

Porém, existem alguns tratamentos que recebem esse nome e possuem ácidos que podem liberar formol quando aquecidos e, com isso, alisam.

Desse modo, fique atento a esses pequenos detalhes para garantir o melhor tratamento para os seus cabelos e evitar aqueles que podem causar um resultado que você não quer.

Veja também:

Escrito por Kika

Natieli Leal *KIKA - Eu acredito na beleza, na beleza que vem de dentro para fora. Na beleza de quando a gente olha no espelho e se senti feliz em não seguir padrões - só feliz com nós mesmas. Acredito em almas bonitas e na beleza da natureza. Amo os animais e as flores. Adoro uma boa vaidade também, afinal, um bom batom vermelho e as unhas feitas deixam os dias mais coloridos. Vem comigo que eu vou te mostrar um pouco do meu mundo. contato@patricinhaesperta.com.br @patricinhaesperta

O que você achou? Vote

58k Pontos
Upvote Downvote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como Escolher o Shampoo Certo 1 105x105 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar

Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar

Como Escolher o Shampoo Certo 2 105x105 - Cabelo descolorido: como cuidar dele depois da descoloração


Cabelo descolorido: como cuidar dele depois da descoloração