in

Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar

Como Escolher o Shampoo Certo 1 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar

O cabelo elástico está entre os principais problemas que milhares de mulheres e homens vem enfrentando e que pode gerar uma série de dores de cabeça.

Não apenas por estar perdendo parte do cabelo, que pode ter levado anos para conquistas, mas também por uma questão de perder a confiança em um profissional, produto ou mesmo em um procedimento que você já havia feito anteriormente.

Com isso, os procedimentos químicos vêm como os grandes vilões dos cabelos, mas existe muito mais entre esses assuntos que você precisa entender.

Pensando nisso, separamos aqui tudo o que você deveria saber: desde as causas da elasticidade capilar até mesmo o que fazer quando os fios começam a quebrar, cair e com montar um cronograma personalizado.

O que causa o cabelo elástico?

Para dar início a esse post, é interessante pensar qual a causa da elasticidade dos fios, já que é um problema mais comum do que você possa imaginar.

Dessa forma, tenha em mente que os fios de cabelo são estruturas que possuem uma massa própria.

Quando submetidos a agentes nocivos, essa massa pode ser comprometida ou mesmo perdida, ocasionando uma quebra.

  🔥HIDRATAÇÃO CAPILAR🔝🔥
    1. 🔝Hidratações caseiras
    2. 🔝Hidratação Capilar
    3. 🔝Cabelo Danificado
    4. 🔝Hidração com azeite
    5. 🔝Cronograma Capilar Oficial

Portanto, quanto mais agressivo o procedimento, maiores a chances de uma quebra maior nessa estrutura.

A partir disso, surgem as principais causas, que são as ações químicas, como descoloração, progressivas, colocação e assim por diante.

Mas calma, fazer um procedimento não significa que o seu cabelo vai ficar elástico.

Portanto, quando o fio fica elástico, é sinal de que a massa, que fica no centro da fibra capilar, foi comprometida.

Essa massa é o que garante a textura e também a cor.

O problema é que as químicas causam alterações, que podem ser pequenas ou mais extensas, alterando as informações do fio.

Justamente por isso, é comum que uma mulher que tenha o cabelo bastante enrolado, ao fazer uma descoloração, acabe notando que os cachos ficaram mais abertos.

Para resumir tudo isso, as químicas podem causar a perda da queratina e alteração dessa massa, deixando toda a fibra com buracos.

Em síntese, o fio acaba ficando seco e elástico.

Recadinho de ouro:

Os cabelos totalmente naturais, geralmente, não ficam elásticos logo no primeiro procedimento.

Na maior parte das vezes, a elasticidade acontece pelo excesso de químicas, aplicadas uma sobre a outra.

Mas também pode ser o resultado de não respeitar intervalos de recuperação, não seguir cronogramas de tratamento e assim por diante.

A partir disso, é algo mais comum em quem já tem o cabelo fragilizado, por descolorir por exemplo, e faz um procedimento para alisar.

O que é CORTE QUÍMICO e como salvar o cabelo?

Como diferenciar o cabelo elástico do ressecado?

Como uma das características do cabelo elástico, quando não está úmido, é ficar seco e quebradiço, você pode ficar na dúvida sobre qual é o real problema capilar.

Mas não é só isso, o cabelo pode causar um impacto gigantesco na autoestima.

Desse modo, você acaba tão preocupada em recuperar, que acaba passando o que encontra na frente.

Então, vamos com calma ok?

O cabelo ressecado é identificado, principalmente, elas pontas, que ficam secas e por ter um aspecto áspero.

Apenas tocando os fios, você consegue sentir isso, seja de forma mais leve ou não.

Entretanto, mesmo quando molhados, você ainda sente o aspecto seco, mas o cabelo continua estático: ele não altera o seu cumprimento.

Já o cabelo elástico, além de quebradiço e seco, quando úmido, aumenta de tamanho a medida que você vai puxando.

Como a estrutura está danificada, ao fazer isso, o cabelo estica, como um elástico e pode se quebrar ou voltar, ficando em um aspecto totalmente incomum.

Além disso, vale dizer que o cabelo ressecado é resultado de falta de cuidados e uso excessivo de agentes térmicos, como chapinhas e secadores.

Outros produtos também podem contribuir com isso, como os procedimentos.

Já o cabelo elástico, não é resultado de uso de babyliss, mas sim de químicas.

Dúvidas comuns e respostas essenciais

Como identificar o cabelo elástico?

Depois de entender melhor a diferença entre fios emborrachados de ressecados, é importante entender como fazer essa identificação de forma prática.

Neste cenário, os fios elásticos ficam mais finos, ralos e quebram com mais facilidade.

Para isso, você pode separar um único fio, ou mais, e molhar.

O cabelo emborrachado vai aumentar, como um elástico, e ao soltar, ele não retorna a forma original.

Geralmente, você nota que o fio fica todo retorcido e, quando você continua puxando, ele vai se quebrando.

Pentear um cabelo assim é quase impossível e pouco recomendável, já que pode quebrar ainda mais rapidamente.

Cabelo emborrachado depois de pintar: o que fazer?

O processo de pintar os fios é um dos que mais ocasionam o emborrachamento e também a quebra.

Muitas vezes, isso pode ter causas variadas.

Por exemplo, pode ser pelo excesso de descoloração, produtos de má qualidade, cabelo já danificado ou por uma química pré-existente.

Assim, se você fez algum procedimento, como um alisamento, o profissional deve ser informado sobre isso antes de começar qualquer outra química.

Além do mais, a melhor maneira de evitar problemas é fazendo o teste de mecha.

Porém, vamos pensar que algo não saiu como planejado, você pintou e o fio ficou elástico.

E agora não é mesmo?

Se isso acontecer, a primeira dica é não pintar o cabelo e parar com qualquer tipo de química.

Muitos acreditam que escurecer é uma alternativa porque dá a falsa sensação de recuperar os fios. Mas acredite, vai ficar ainda pior.

Dessa forma, a recomendação é iniciar um tratamento de recuperação e deixar a fibra ficar saudável novamente antes de fazer qualquer outra coisa.

Inclusive, abandone as chapinhas, e aposte no cuidado diário, evitando pentear quando molhado e também os elásticos de cabelo.

Cabelos elástico pode secar com secador?

Essa é uma das dúvidas mais comuns e, é possível que você erre na resposta.

Geralmente, quando um cabelo está danificado, o ideal é evitar qualquer agente térmico certo?

Entretanto, no caso dos fios elásticos, é essencial que o seu cabelo não fique úmido, já que isso deixa a fibra mais mole.

Por isso, é interessante sim usar o secador depois de lavar os cabelos, deixando-os totalmente secos.

O ideal, claro, seria deixar os fios secarem naturalmente, mas isso pode demorar muito. Então, o ideal é:

✅ 1. Usar um bom protetor térmico;

Insta - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico
  1. Spray de Brilho: O que é, Benefícios, Como usar

✅ 2. Desembarace o cabelo com muito cuidado, preferencialmente com os dedos;

Insta - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico

✅ 3. Seque apenas com o ar fio;

Insta 1 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico

✅ 4. Não prender e não usar nenhuma escova ou pente durante a secagem;

Insta 2 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico

✅ 5. Dê preferência secar bem o couro cabeludo;

Insta 3 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico

✅ 6. Utilize um reparador ao final.

Insta 1 1 - Cabelo Elástico: O que causa, Como Tratar
Cabelo Elástico

✅ 7. Sempre que possível, opte por lavar logo pela manhã, para não usar o secador e deixar ele secando ao longo do dia, mas evite ficar tocando e utilize um reparador de pontas.

Como tratar o cabelo elástico ou emborrachado?

O tratamento para os fios que estão emborrachados exige ainda mais cuidado e atenção, sendo algo que deve ser constante. Ao invés de acontecer uma vez no mês.

Para isso, existe uma lista que você vai seguir:

  • Atenção: seu cabelo não precisa de nenhuma outra química, apenas de cuidados;
  • Você precisa investir em hidratações;
  • Faça um cronograma capilar;
  • Considere cortar uma parte dos fios;
  • Aposte na queratina sem enxágue;
  • Escolha produtos de qualidade;
  • Sempre aplique um protetor térmico;
  • Opte por secar os fios com toalhas de microfibra ou até uma camiseta de algodão;
  • Aposente, temporariamente, a chapinha e babyliss.

Para tornar a sua vida ainda mais fácil, separamos logo abaixo algumas dicas de tratamentos ideias para você seguir.

Cabelo emborrachado e caindo: o que fazer?

Chegando a última dúvida comum dessa nossa listinha, é comum que os fios elásticos comecem a cair e, como resultado, assustem qualquer um.

Quando os fios começam a ficar elástico, já é sinal de problema.

Entretanto, o cair do cabelo significa que a fibra está tão danificada que não é capaz de se manter ali, presa ao couro.

Quando isso acontece, existem três regras básicas a serem seguidas:

  • Pare com qualquer tipo de química por um bom tempo;
  • Dê início a um bom tratamento capilar;
  • Corte as pontas.

Sim, cortar as pontinhas pode doer um pouco, mas é a melhor aposta para evitar que os fios continuem caindo, deixando apenas as partes mais saudáveis.

Cronograma capilar para cabelo elástico

Antes de pensar em hidratar o fio, é preciso ter em mente que a estrutura do seu cabelo está danificada, ou seja, ele vai precisar de um cuidado constante.

Sendo assim, o cronograma capilar vem como uma resposta para esse cuidado contínuo, oferendo os passos a serem seguidos.

De forma geral, o cronograma conta com três processos que se alternam: hidratar, nutrir e reconstruir.

A hidratação auxilia na reposição da umidade natural dos fios, enquanto a nutrição repõe os óleos e a reconstrução fortalece a estrutura.

Bom, o cronograma para fios emborrachados também conta com quatro semanas, sendo que a cada semana, existem três cuidados.

Portanto, é importante já começar a organizar a sua rotina e definir quais serão os dias.

A recomendação é sempre realizar os cuidados em dias alternados, como: segunda, quarta e sexta ou terça, quinta e sábado.

Pegue seu bloquinho e tome notas:

  • Primeira semana: hidratação, nutrição e reconstrução
  • Segunda semana: nutrição, hidratação e nutrição;
  • Terceira semana: hidratação, nutrição e reconstrução
  • Quarta semana: hidratação, hidratação e nutrição.

Vale dizer que os fios emborrachados precisam de hidratação, que é uma base para seguir com os demais tratamentos.

Porém, apenas hidratar não é o bastante, já que a estrutura desses fios está comprometida.

Como o foco é a reconstrução dessa estrutura, vale a pena conhecer produtos e substâncias ideais.

Mais posts sobre Cronograma capilar

Hidratação para fios emborrachados

Por fim, você vai descobrir agora como começar a hidratação dos seus fios e otimizar os resultados.

Desse modo, vale a pena compartilhar um segredinho importante: o vinagre de maçã.

O vinagre de maçã é um produto capaz de parar a ação química e, como resultado, pode auxiliar muito no tratamento de cabelos elásticos.

Em primeiro lugar, se você estiver fazendo qualquer tratamento químico e sentir que a cabeça está esquentando, enxágue o mais rápido possível.

Ao mesmo tempo aplique o vinagre, que auxilia na parar o processo químico.

Mesmo que parte do cabelo já esteja danificado, o vinagre ajuda a proteger a outra parte.

Em segundo lugar, você pode adicionar vinagre a uma máscara de hidratação e queratina para alavancar os resultados.

  1. Para isso, utilize a proporção de 25ml de vinagre para cada 100ml de água. Depois, misture com a quantidade de máscara necessária para aplicar nos fios.
  2. Deixe por 20 minutos e enxague bem.

 

Em terceiro lugar, comece a explorar as máscaras de hidratação de finalização.

O ideal é que esses produtos sempre tenham queratina, para auxiliar na reconstrução das fibras capilares.

Mas atenção: a queratina pura, em excesso, pode deixar os fios duros. Veja o post >> A QUERATINA deixou meu cabelo duro, e agora?

Então, use com cuidado e apenas na etapa de reconstrução do cronograma.

Dicas de tratamentos para cabelos elásticos:

  1. Como fazer RECONSTRUÇÃO CAPILAR: As Melhores ⬅
  2. Canal reconstrução capilar
  3. Canal cabelo danificado

O cabelo elástico pode atingir você a qualquer instante, até mesmo quando menos se espera. Por isso, fique atenta as químicas, faça testes de mecha e, na dúvida, consulte um profissional que seja da sua confiança!

Veja também:

Escrito por Kika

Natieli Leal *KIKA - Eu acredito na beleza, na beleza que vem de dentro para fora. Na beleza de quando a gente olha no espelho e se senti feliz em não seguir padrões - só feliz com nós mesmas. Acredito em almas bonitas e na beleza da natureza. Amo os animais e as flores. Adoro uma boa vaidade também, afinal, um bom batom vermelho e as unhas feitas deixam os dias mais coloridos. Vem comigo que eu vou te mostrar um pouco do meu mundo. contato@patricinhaesperta.com.br @patricinhaesperta

O que você achou? Vote

58k Pontos
Upvote Downvote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como Escolher o Shampoo Certo1 1 105x105 - Removedor De Tinta De Cabelo: O Que é e Como Age?

Removedor De Tinta De Cabelo: O Que é e Como Age?

Como Escolher o Shampoo Certo 105x105 - Ácido Lático No Cabelo: O Que é? Como Age? Benefícios

Ácido Lático No Cabelo: O Que é? Como Age? Benefícios