Lipoescultura Capilar o que é?

Lipoescultura Capilar serve pra quê?

Lipoescultura Capilar

Lipoescultura Capilar o que é?

Um dos tratamentos mais indicados para recuperar o fio. Restaura as camadas destruídas do cabelo depois do verão é a lipoescultura capilar. Você já ouviu falar?

Ela é como se fosse uma escova progressiva, deixa o cabelo liso, mas não tem formol e nenhuma substância que agride os fios. Bem pelo contrário: ela reconstrói o fio, injetando proteínas e vitaminas que o cabelo perdeu depois de químicas, exposição ao sol e excesso de sal e cloro.

Além desses nutrientes, a fórmula contém óleos essenciais de geleia real, que ajuda a devolver o brilho, a leveza e a maleabilidade do cabelo.

Para Cabelos Lisos

Se você tem o cabelo liso e está danificado, pode escolher este tratamento da lipoescultura capilar. Ajuda a hidratar e fortalecer o fio, além de deixar a fibra capilar mais leve. O resultado é um cabelo liso, sem química e bem hidratado.

Já se o seu caso é o cabelo cacheado, cheio de pontas duplas e ressecado, pode recorrer à lipoescultura capilar para acabar com o frizz, hidratar e controlar o fio. Você terá menos volume e um cacho mais relaxado e menos crespo.

Reposição de Proteínas

O tratamento devolve os nutrientes que estão faltando no seu cabelo. Também ajuda a manter a umidade natural do fio, que dá o brilho e o aspecto sedoso que a mulherada tanto deseja.

Ele pode ser usado por mulheres que já têm outras químicas, como progressiva ou tinturas, pois não contém formol. Por isso, não há risco de queda de cabelo.

É importante conversar com o profissional antes de aplicar o produto para uma avaliação do seu cabelo e até vale fazer um teste em um das mechas mais próximas da orelha, para ver está tudo ok para realizar o procedimento.

 

Muda a Fibra do Cabelo

A lipoescultura capilar muda a fibra do fio sem estragar. É a base de alisantes sem nenhuma química forte. Assim ela consegue realinhar a estrutura do fio sem quebrar e sem deixar o aspecto chapado, como a progressiva com formol.

Outro benefício deste tratamento é a grande quantidade que ele tem de queratina na composição. Ela ajuda a manter a saúde do fio e consegue penetrar, agindo de fora para dentro, até deixar o cabelo mais resistente.

Umas das marcas que mais investe na lipoescultura capilar é a Mutari, que coloca na composição, extratos das frutas murumuru e babaçu, naturais da Amazônia. Esses ingredientes são altamente hidratantes e conseguem selar as cutículos, protegendo o fio do secador, do sol e dos agentes externos, depois do tratamento. Além de dar brilho e maciez.

Somente em Salões

A lipoescultura capilar só pode ser feita em salões com profissionais treinados. Não pode ser feita em casa, porque você pode errar na dose ou na aplicação.

O produto, chamado de creme alisante, é aplicado nos fios úmidos, separados em mechas pequenas, próximo à raiz até as pontas. O tempo de aplicação e espera não passa de 50 minutos, mas depende do comprimento do cabelo.

É super indicado depois de lavar com água morna e retirar o produto, fazer uma ampola de hidratação para potencializar o resultado e dar mais brilho ao cabelo.

O cabelo é novamente enxaguado e depois passam pela ação de um selante, que ajuda na fixação. Aí sim, o cabelo é escovado e pranchado. A recomendação é ficar três dias sem lavar ou amarrar. Todo o processo demora cerca de duas horas.

Lipoescultura Capilar o que é?
5 (100%) 1 Voto

Tags: , , , , , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

3 respostas para “Lipoescultura Capilar o que é?”

  1. Nathy disse:

    NOSSSAAAAA!!!! ADOREIIII!!!!!! Tenho k experimentar!!!!!
    Mas essa lipoescultura Capilar não é parecida ao Botox Capilar da Loreal???? Se não me engano a gama chama-se Fiberceutic?????

  2. Tatiana disse:

    “A lipoescultura capilar muda a fibra do fio sem estragar, pois usa bases alisantes sem nenhuma química forte.”
    Leva a mal não, mas não existem agentes alisantes SEM química.
    É mais uma progressiva disfarçada. A única coisa que alisa sem química é a escovação + chapinha, o que chamamos de alisamento mecânico. Agora, se MUDA a fibra, se tem CREME alisante, é QUÍMICA. Ou então é aquela famosa combinação de carbocisteína e ácido glioxílico.

    “O produto, chamado de CREME ALISANTE, é aplicado nos fios úmidos, separados em mechas pequenas, próximo à raiz até as pontas.”
    Creme alisante só com guanidina, sódio ou tioglicolato.
    Procurem pesquisar melhor pra que ninguém fique achando que não há química nessa lipo capilar. Pois quando não há pelo menos uma porcentagem (ainda que baixa) de algum agente químico alisante, não muda a estrutura ou a fibra do cabelo.

    Além do mais, nem todo cabelo precisa de queratina. Ainda mais na grande quantidade usada nesse procedimento. Se o cabelo estiver com rigidez, só vai piorar.

    É mais uma escova da moda. Eu fiz três sessões de lipo capilar (num salão considerado grande), e agora estou tentando recuperar meus cabelos porque simplesmente estragou muito. Ainda ficou mais rígido do que já era, por conta da queratina em excesso e do “agente alisante”. Também me foi vendido como um tratamento. Coisa que não é.

  3. Ana Gomes disse:

    “A lipoescultura capilar muda a fibra do fio sem estragar, pois usa bases alisantes sem nenhuma química forte.” PROPAGANDA ENGANOSA!!!!

    Não existe creme alisante sem química!

    Fiz em set/2012 e estraguei meu cabelo! Fui atrás da conversinha de uma cabelereira que me afirmou que a lipoescultura capilar é igual a “plástica dos fios”! As pontas ficaram com aspecto horrível de um alisado artificial, o cabelo passou a embaraçar muito, a fibra capilar ficou mais grossa e passou a cair aos montes!

    Agora, gasto dinheiro com tratamento de queda e torço para que o cabelo cresça logo pra ir cortando e me livrar disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.