Medo de dirigir?! SUPERE!

Meninas!

Existem muitas pessoas que, mesmo que tenham a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), não conseguem sequer se imaginar dirigindo um carro sem entrar em pânico. O medo de dirigir é muito comum hoje em dia, fazendo com que entrar no carro, dar a partida, engatar a marcha e soltar o freio de mão seja um verdadeiro tormento, provocando falta de ar, palpitações, tremores, sudorese e deixando a pessoa de pernas bambas. Mesmo que atinja tantas pessoas, nem sempre elas buscam ajuda, fazendo com que elas levem uma vida dependente e insatisfatória, cheia de privações.

Mas quais são as causas do medo de dirigir? Uma das razões pode estar na insegurança que a pessoa sente diante das possibilidades que dirigir traz. É uma situação nova, que traz uma sensação de independência e que nem sempre a pessoa está em condições emocionais para lidar. Além disso, o medo de dirigir está relacionado com o perfil psicológico: são pessoas perfeccionistas, que não admitem errar, são ansiosas, se preocupam excessivamente em não machucar os outros, extremamente responsáveis, organizadas, sensíveis, inteligentes, não lidam bem com críticas e exigem sempre um desempenho elevado, seja de si mesma ou dos outros.

Outras coisas podem estar em jogo. Para algumas pessoas, dirigir significa tomar as rédeas da sua própria vida, significa assumir a responsabilidade por si mesma e, se ela tiver características de uma personalidade dependente, pode ser que ela sinta enormes dificuldades de fazer qualquer ação que demande um sentido de independência. Outra coisa que pode impedir alguém de assumir a direção de um veículo é a sensação de estar sendo cuidada, de ter alguém para deixar e buscar, de saber que haverá alguém esperando por ela ao sair do trabalho e que ela não estará sozinha.

O medo de dirigir também pode ser provocado por traumas, como acidentes, falta de estímulo e críticas excessivas, como um marido que diz que nunca irá deixar a mulher dirigir seu carro, que prefere pagar táxi a pagar as batidas ou as constantes piadas que acabam minando a autoconfiança.  Aliás, a autoconfiança e a autoestima são peças fundamentais na hora de enfrentar o medo e a insegurança.

É claro que diante de um trânsito tão caótico dá um medinho de pegar o carro e de acontecer algum problema e ficamos preocupadas, principalmente quando nosso financeiro não está legal e uma batida só faria apertar ainda mais o orçamento. Desde que esse medo não gere ansiedade e não impeça a pessoa de dirigir, podemos considerar esse medo normal.

Afinal de contas, o medo é uma reação diante de uma situação de risco ou aversiva, que gera um sentimento de apreensão e ansiedade. Assim, uma pessoa que tem medo de dirigir se sente apreensiva e tem uma carga de ansiedade significativa, porém controlável, ficando com mais atenção e mais concentração durante o ato de dirigir. Tem pessoas que, mesmo com medo, pegam o carro e vão à luta, então não é considerado patológico.

Quando o medo te paralisa totalmente, aí já se torna patológico e já chamamos de fobia. Na fobia de dirigir, os sintomas são muito mais intensos. O sentimento é de verdadeiro pavor, a ansiedade é descontrolada e as reações corporais são mais evidentes e mais intensas, como tremores nas pernas e nos braços, mal estar, tontura, boca seca e taquicardia, sendo vivenciados diante da simples possibilidade de dirigir.

Ou seja, só de pensar em pegar em um carro, a pessoa já sente todos os sintomas fóbicos, o que leva a pessoa a ter comportamentos de esquiva, inventando desculpas para os parentes e amigos, se tornando dependente das pessoas e deixando de viver sua própria vida por conta da impossibilidade de pegar um carro e se deslocar sozinha para resolver suas coisas.

A boa notícia é que dá sim, para superar esse medo. O primeiro passo é acreditar que você pode dar conta de dirigir. Essa é só mais uma habilidade que pode ser aprendida e que exige apenas muito treino e prática. Quando você se sentir tranqüila quanto a isso, com certeza será mais fácil encarar o trânsito.

O ideal é que procure ajuda de terapeutas especializados em medos e fobias, como por exemplo, o de abordagem cognitiva-comportamental, além de procurar autoescolas que possuem instrutores também especializados, que acompanham pessoas com medo de dirigir. Encarar seus medos, compreendê-los e superá-los é algo que realmente vale a pena, pois saber dirigir e fazer isso sem medo amplia sua independência, suas possibilidades e pode até mesmo ajudar em casos de emergências.

ALGUMAS DICAS:

– Comece a se familiarizar com o carro: sente no banco com ele desligado, manuseie a direção, sinta a marcha, os pedais e veja o painel. Faça isso até se sentir mais à vontade;

– Quando já estiver familiarizada com o carro, ligue ele e aprenda a tirá-lo e colocá-lo na garagem. Faça apenas isso e vá, gradualmente, avançando para uma volta no quarteirão, duas voltas no quarteirão, três, quatro… vá aumentando a quantidade de voltas até se sentir mais confiante;

– Faça uma lista de lugares a ir dirigindo, em ordem crescente de distância. Por exemplo: 1. Ir dirigindo até a academia, 2. Ir dirigindo até a padaria, 3. Ir dirigindo até a escola das crianças, 4. Ir dirigindo até o Shopping, e por ai vai.

– Evite ir acompanhada de pessoas que fiquem indicando o caminho ou dizendo o que você deve fazer (“Olha a lombada!”, “Vira à direita!”, “Vai mais rápido!”, “Cuidado com o motoqueiro!”, etc.);

– Não se cobre se o carro morrer (e nem se desespere se algum mal-amado ficar buzinando), pense que isso é completamente normal e que, com o tempo e com a prática, sua habilidade de dirigir estará aperfeiçoada.

Beijos!!

Amanda (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Medo de dirigir?! SUPERE!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

2 Comments
  1. Oi Amanda!!!

    Esse post é exatamente o que sinto, muito medo de dirigir!! mas vou seguir sua dicas!
    Sempre falo para a Lu Lopes que vcs estão de parabéns em relação ao site!!!
    Beijos Luciana-Biovitta

  2. No meu caso específico, o medo não é de dirigir, quando estou tendo aulas de rua meu instrutor diz que não entende o porque de não conseguir tirar carteira, pois segundo ele dirijo muito bem.Meu problema é no dia do exame de rua, fico muito anciosa, e quando os examinadores entram no carro, fico com verdadeiro pavor, suo frio, fico meio que cega, as pernas ficam bambas e acabo fazendo tudo errado.Mesmo assim ainda não desistir de tirar minha carteira de motorista, sou brasileira e não desisto nunca.
    Bjus:
    edna

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.