Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29
Dieta da proteína: Boa opção para emagrecimento - Patricinha Esperta
Categories: Dieta

Dieta da proteína: porque ela pode ser uma boa opção para emagrecimento


Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

DIETA da proteína: Você conhece ?

Dieta da proteína: porque ela pode ser uma boa opção para emagrecimento

A perda de peso nem sempre é algo fácil, principalmente se levarmos em conta que é necessária uma mudança por vezes drástica para conseguirmos o nosso objetivo. Mas, diante de uma vastidão de dietas que todos os dias são criadas por diferentes grupos e especialistas, há algumas que já são velhas conhecidas do público. Esse é o caso da dieta da proteína, que como o próprio nome indica é rica em alimentos com alta concentração de proteínas. É um conceito criado pelo médico norte-americano Robert Atkins e tanto é elogiada por seus efeitos aparentes – pode-se perder até 7 kg em 14 dias – mas também tem diversos efeitos negativos e vamos explicar porquê.

Baseada na proteína e gordura, a dieta tem como base de sua pirâmide um grande consumo de carnes, óleos, manteiga e produtos lácteos. Na prática, a dieta da proteína ajuda a manter a massa muscular e acelera o metabolismo do corpo para a queima de gorduras, já que esses alimentos têm efeito termogênico.

São inúmeras as vantagens da dieta da proteína. Além de queimar mais energia, o consumo de uma grande quantidade desses alimentos garante também a sensação de maior saciedade em nosso corpo. Mas, por outro lado, ela praticamente abole os carboidratos que são a fonte de energia do nosso corpo. O resultado? Menos ânimo tanto para fazer as nossas atividades diárias como também para nos exercitarmos, o que é algo fundamental em qualquer dieta.

E ainda há mais desvantagens. Dietas muito ricas em gordura sobrecarregam os rins, que podem entrar em desequilíbrio. O organismo pode sofrer de insuficiência renal. Ela também pode provocar dores de cabeça, náuseas, fraqueza, tontura. Estão proibidas para quem tem colesterol alto e também para quem sofre de problemas cardíacos.

Como funciona a DIETA ?

A Dieta da proteína é realizada em quatro fases. Na primeira dela, também chamada de indução, libera-se carnes, queijos e outros produtos com alto teor de gordura e somente vegetais com baixo teor de carboidratos. A fase seguinte, denominada perda de peso contínua, é uma fase de equilibrar o consumo de carboidratos para que se continue a perda de peso. Já a pré-manutenção, a etapa posterior, é de analisar o quanto de carboidratos podemos comer e ainda perder peso. Uma pequena quantidade de carboidrato é adicionada a cada dia. Na última fase, a manutenção, a pessoa deve manter os hábitos adquiridos durante as outras fases para manter o peso.

Plano da DIETA da Proteína

Essa, sem dúvida, é a fase mais importante da dieta, em que ocorre a maior perda de peso. Pode-se perder até 50% do peso que está em excesso. O ideal é associar a dieta a exercícios físicos que podem ser caminhadas, corrida e na academia. O melhor é que não há restrição de porções, mas, sim, de certos alimentos.

1. Indução – 14 dias

Em primeiro lugar, é preciso fazer pelo menos cinco refeições diárias. Você deve consumir de 115 a 175 gramas de alimentos ricos em proteínas. Manteiga, azeite, óleo de girassol, óleo de canola e óleos de sementes de frutos secos e maionese também pode integrar seus pratos. Cuidado com os legumes com hidratos de carbono, que devem ficar restritos a 12 a 15 gramas de consumo por dia. Queijos, ovos, embutidos, bacon, shakes, assim como bebidas como água, chás de ervas, café, leite, iogurtes desnatados estão liberados.

2. Perda de peso contínua – duração de cinco semanas

Nessa fase, há um aumento da variedade da dieta e também dos alimentos com hidratos de carbono, que podem chegar a 25 gramas de consumo diário. Além de manter o cardápio da fase anterior, o melhor é que pode-se ampliar um pouco mais com a introdução de nozes, frutos secos, vegetais e frutos silvestres.

3. Pré-manutenção

Essa fase é a que você vai descobrir qual é o ponto de equilíbrio de consumo dos alimentos com hidratos de carbonos para continuar perdendo o peso desejado na dieta de proteínas. Além de seguir a dieta da fase anterior, você também poderá acrescentar algumas coisinhas no seu dia a dia como mais frutas, além de aveia, arroz integral e outros cereais também integrais.

4. Manutenção

Atenção a essa fase, ela será primordial para que você consiga manter todo o peso perdido. A boa nova é que você poderá reintroduzir em sua dieta diária alguns alimentos com mais de 10% de carboidratos, ou os hidratos de carbonos, mas a atenção especial tem de ser com doces. Nada de cair em tentação. É preciso ficar longe deles.  Por isso, olho vivo nos alimentos que contêm açúcar, xarope de milho, farinha branca. Se puder, também limite o consumo de bebidas alcoólicas e as que contêm cafeína como chás, cafés. E o mais importante, se você ganhar mais de dois quilos durante essa fase, a indicação do dr. Atkins para sua Dieta da Proteína é que repita desde a primeira fase até atingir o peso ideal.

Dicas:

  • É imprescindível, em todas as fases, que você faça exercícios físicos diariamente.
  • Veja quais são as verduras com 10% ou menos de carboidratos

Para ajudá-lo durante a sua fase da dieta da proteína, separamos alguns alimentos que contêm pouco carboidrato. Veja quais são: Aspargo, ruibarbo, brotos de feijão, feijão-verde, cebolinha verde, castanha-d’água, repolho, folhas de beterraba, couve- flor, acelga, berinjela, couve, couve-rábano, tomate, cebola, alho-poró, espinafre, abóbora, abobrinha, quiabo, abóbora-moranga, nabo, abacate, broto de bambu, vagem de ervilha de neve, folhas de dente-de-leão, brócolis, abóbora-espaguete, aipo.

Como você pode ver, a dieta da proteína é bem fácil de ser seguida, mas há um componente que pode colocar tudo a perder – a repetição. Não é fácil consumir muita proteína e gordura e o corpo acaba ficando cansado. Nossa dica é você tentar diversificar ao máximo o preparo dos seus alimentos.

Outra dica é procurar um nutricionista antes de iniciar qualquer dieta. Esse especialista não só vai pedir exames essenciais para analisar o seu organismo, como também poderá indicar se você está apta a fazer essa dieta. Lembre-se que colesterol alto, problemas cardíacos e nos rins são fatores que podem dar bomba para quem deseja fazer a dieta da proteína. Se não tem nada disso e o médico liberou, mãos à obra em busca do seu peso ideal.

Dieta da proteína: porque ela pode ser uma boa opção para emagrecimento
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

Creme Para Hidratar Cabelos Cacheados

DICAS PARA ESCOLHER OS MELHORES CREMES PARA HIDRATAR OS CABELOS CACHEADOS Ter cachos bem definidos e hidratados vai depender dos…

5 dias atrás

Clareamento dental com BICARBONATO e LIMÃO ⬅

Clareamento dental com bicarbonato: o guia completo ⬅ Pouco dinheiro não é mais desculpa para dentes sujos e encardidos! Basta…

1 semana atrás

Babosa No Cabelo: 15 Receitas Caseiras

Babosa No Cabelo: 15 Receitas caseiras, vídeos e benefícios.

3 semanas atrás

Hidratações Caseiras Para Cabelos: As Melhores ⬅

Hidratações caseiras para todos tipos de cabelos.

3 semanas atrás

Como fazer RECONSTRUÇÃO CAPILAR: As Melhores ⬅

Como fazer Reconstrução Capilar: O Guia Completo Muitas vezes nossos cabelos estão quebradiços e sem vida, isso pode ocorrer por…

3 semanas atrás

Como Congelar BABOSA pra passar nos CABELOS ⬅

Como Congelar Babosa Para Passar Nos Cabelos A dica que eu vou passar hoje é como congelar babosa para usar…

3 semanas atrás

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29