Ele Perdeu 35 Kg Com O Treinamento Funcional!

Quando postei aqui sobre Treinamento Funcional, muitas meninas enviaram e-mail perguntando se, simplificando, “servia pra emagrecer”,  se emagrecia mais que a musculação, se emagrecia rápido e coisas do tipo.

Aliás, nas proximidades do verão vocês só querem saber disso, né? Todo ano é a mesmaaaaa coisa!

Mas a resposta para as perguntas de vocês é SIM, pois como utiliza exercícios integrados e diferentes capacidades físicas em um mesmo exercício, é mais intenso que a musculação, que trabalha os músculos de forma isolada e cujos exercícios são focados quase que exclusivamente na força.

Como a musculação gera apenas força, pode gerar problemas que o treinamento funcional jamais causará, como encurtamento e desequilíbrio  muscular, e a perda da mobilidade articular.

O treinamento funcional é um tipo de treinamento que afeta todo o sistema neuromuscular e que proporciona uma queima calórica grande, pois quando movemos várias partes diferentes do corpo em direções diferentes, há uma potencialização do gasto calórico, do recrutamento das fibras musculares e da frequência cardíaca, gerando uma “otimização” das calorias queimadas, o que acarreta uma maior perda de peso, que tende a ser bem mais rápida.

Além disso, é um exercício que promove ganho de força, de flexibilidade, de equilíbrio e de resistência, o que é sempre muito bom!

Pra “ilustrar” o potencial do Treinamento Funcional na perda e gerenciamento de peso, trouxe um  caso real, que vocês adoram,  recheado de fotos de um emagrecimento baphônico.

O “personagem é o Lulinha (Luís Araújo), que  pesava 133 kg há alguns meses, quando resolveu encarar uma dieta  séria e o treinamento funcional, que ele faz  cinco vezes por semana lá na Corpory Treiner.

Inicialmente ele fez a dieta da proteína, que gera uma perda mais rápida de peso, e depois seguiu uma dieta “normal”, com mudanças alimentares essenciais, e nesse período conseguiu eliminar 35 kg de forma saudável, sem danos para o corpo ou para a saúde.

Ou seja, o que ele fez, basicamente, foi mudar a alimentação e aumentar de forma eficiente o gasto calórico com exercícios físicos regulares (treinamento funcional), criando um balanço energético negativo.

Tem segredo nenhum nisso, né? A coisa é simples, só não é fácil!

Claro que, pra isso, é preciso MUITA força de vontade e muita persistência, o que, como se vê, ele tem de sobra.

Que sirva de inspiração pra vocês, e pra mim também (rsrsrsrs)!

Engraçado que, pelas fotos, parece que ele perdeu bem mais peso, porque o corpo dele não parece, nem de longe, com o de uma pessoa que pesa 98 kg, mas o Saú, lá da Corpory Treiner, me explicou que é porque ele trocou massa gorda por massa magra.

Ele pretende perder ainda mais um pouco de peso, mas quando isso acontecer, faço um novo post comparando, certo?

Caso tenham alguma pergunta sobre a dieta ou sobre o treinamento, deixem nos coments ou enviem e-mail que faço um post só para responder as perguntas, tá?

Beijos

Ju Lopes

P.s: Caso tenham alguma história desse tipo, com fotos do antes e depois, enviem pra cá!

Ele Perdeu 35 Kg Com O Treinamento Funcional!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

5 Comments
  1. Ju do céu!
    Tô passada aqui!
    Vou mudar pra Jee, aqui não tem isso. 🙁
    Bjooo

  2. bom dia. Gostaria de saber mais detalhes para praticar também, estou muito afim de perder alguns quilos, gostaria de saber a dieta certa,
    e mais detalhes desse exercicio, tem como mandar no meu e-mail. aguardo e obrigado.

  3. luiz claudio de carvalho disse:

    bom dia ? eu quero ajuda me mande os exercicios e a dieta se for possivel.

  4. Perdi 12 kls. Treino funcional e sem janta.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.