Cuidado com o Consumo de Açúcar!

Faz tempo que venho lendo artigos publicados em jornais e informativos ao redor do mundo falando dos malefícios do açúcar branco, mas como ciência é uma coisa “indecisa”, porque o que é bom em um dia é veneno no outro, evitei falar mais profundamente sobre o assunto.

Dia desses publiquei no insta, inclusive, a capa de uma revista que trazia um título mais ou menos assim “ O Pó Que Vicia e Mata”, mas o pó em questão não era nenhuma droga ilícita, e sim o açúcar.

Eu tenho a tendência de ser otimista demais, achar que tudo é exagero e que nada demais vai acontecer, mas o fato é que são centenas de estudos, nas maiores e melhores universidades do mundo, apontando para os riscos do consumo do açúcar, que é tão viciante quanto uma droga e faz tanto ou mais mal que o cigarro e o álcool.

Um estudo publicado na revista científica “Nature” sugeriu que a ingestão em excesso de açúcar (frutose e sacarose) está relacionada ao aparecimento de doenças crônicas não transmissíveis como o câncer e a diabetes, por exemplo.

ansiedade-excessiva

Aqui vale ressaltar que essas doenças crônicas, tidas como não transmissíveis, matam mais de 35 milhões de pessoas por ano, e os números são maiores nos países onde o consumo de refrigerante é maior e nos países mais pobres, onde ele é mais barato que a água. A Organização das Nações Unidas (ONU), inclusive, fez uma declaração sustentando que essas doenças geram, para a saúde pública, um ônus maior que as doenças infecciosas.

O grande problema é que o açúcar é visto como “inofensivo” e, ao contrário do álcool e do tabaco, não são regulados pelo governo, ou seja, não existe controle, o que faz com que a epidemia (sim, é uma epidemia) cresça dia após dia. Como assim uma epidemia? Açúcar é uma das maiores causas da obesidade, e mais da metade da população mundial está acima do peso. Só para vocês terem uma noção, a obesidade mata mais que a fome, e há, em todo o mundo, 30% a mais pessoas obesas do que desnutridas.

O açúcar é considerado uma caloria vazia, pois nutricionalmente falando, não acrescenta nada de bom ao organismo, mas, apesar de vazias, há estudos que sustentam que o seu consumo está relacionado com diversos processos tóxicos no organismo, o que desencadeia doenças crônicas e problemas variados de saúde.

A grande maioria dos países ainda acredita que os vilões da obesidade se resumem ao sal e às gorduras, mas isso vem mudando. A Dinamarca, por exemplo, que já tem taxas específicas pata alimentos ricos em gordura saturada, estuda a hipótese de tributar doces, enquanto o Canadá tenta implementar impostos sobre alimentos adoçados.

Até nos Estados Unidos a coisa está começando a mudar, pois já existe a pretensão de taxar o refrigerante, que é consumido diariamente e em grandes quantidades por grande parte da população.

Diante desse quadro, o mais indicado é começar a reduzir o consumo de alimentos que contenham açúcar, não é mesmo?

Beijos

Ju Lopes

Cuidado com o Consumo de Açúcar!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.