Cuidado Com a Insônia!

Dormir bem é essencial, embora muita gente negligencie esse hábito. O momento de dormir deveria ser sagrado, pois é dormindo que repomos a energia, descansamos o corpo e a mente e damos ao organismo a oportunidade de se regenerar, o que influencia na nossa saúde, no nosso humor e na nossa beleza. Contudo, sempre tem um e-mail pra ler, umas fotos pra curtir, um filme pra assistir e tantas outras coisas do tipo, que acabamos deixando pra dormir “depois”. Só que esse depois é um problema, porque não são poucas as pessoas que têm dificuldade em “pegar no sono”, não é mesmo?  Já passei muito por isso, e confesso que quase surtei, porque chega um momento em que o corpo desaba e a mente não aguenta.

Claro que a quantidade ideal de sono é muito relativa e depende de cada pessoa, mas é preciso que o sono seja reparador, que você acorde se sentindo revigorada, renovada e pronta pra cumprir suas atividades diárias.

estresse-do-sono-1

Quando isso não acontece, é preciso investigar a presença nem um pouco agradável da insônia, mal que vem afetando cada vez mais pessoas ao redor do mundo e que é caracterizada pela dificuldade em dormir por quinze dias, numa média de três vezes por semana. Quem desperta várias vezes durante a noite também pode vir a ser diagnosticado como insone.

A insônia é, como eu costumo dizer, a morte lenta, porque tudo muda e a vida passa a girar em torno do “quando eu conseguir dormir direito”.  Ela pode ser tão grave que cause ou esteja relacionada com doenças como hipertensão, diabetes, depressão, distúrbios de ansiedade e problemas cardíacos, dentre muitas outras coisas. No início, o mais comum é o cansaço que parece não ter fim, a irritabilidade, a sensibilidade a luz, as falhas de memória e as alterações frequentes de humor, mas isso pode evoluir, e por isso é tão importante, ao detectar a dificuldade em dormir, procurar um médico competente.

Um erro que muita gente comete é, ao invés de procurar ajuda médica, tomar os remédios pra dormir da mãe, da irmã ou da amiga. Não pode, porque cada caso é um caso e para cada caso existe um tratamento específico, e isso não pode ser negligenciado! Os remédios para dormir agem no cérebro, mais precisamente no sistema nervoso central, e por isso precisam de acompanhamento e indicação médica. Quando tomados da forma correta, podem ser sim, de grande ajuda, porque nada é pior que ficar sem dormir, mas tomar remédio sem acompanhamento adequado pode causar problemas sérios, e isso precisa ser evitado.

Até para quem tem acompanhamento existem riscos, como perda da memória, sonolência durante o dia, baixo rendimento e dependência, dentre outras coisas, mas esses riscos são ainda maiores pra quem toma remédio de “qualquer jeito”.

Mesmo com os possíveis efeitos colaterais, é fato que eles ainda são uma boa saída, já que sem dormir a vida para porque a pessoa não rende nada, não raciocina e não consegue manter níveis normais de raciocínio, por exemplo.

Portanto, não ignore o problema!

Beijos

Ju Lopes

Cuidado Com a Insônia!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.