in

Doença do Refluxo Gastroesofágico

Quem me acompanha pelo Face sabe que passei a tarde no Gastro hoje. Já faz um tempinho que venho sentindo muito enjoo quando como e mesmo quando tomo água. Às vezes sinto enjoo do nada, sem ao menos comer alguma coisa, mas achava que eram meus “fitoterápicos”. Na semana santa a coisa piorou e “queimava” tudo da garganta ao estômago, mas imaginei que a causa fosse as gordices da semana santa, porque né, por aqui é tudo regado a azeite e pimenta.

Aí veio a dengue e misturou tudo. Só que a minha dengue melhorou (graças!), e o enjoo e a queimação continuaram. Marquei logo um gastro, porque né, com esses troços a gente não brinca e acho que qualquer dor tem que ser investigada logo, antes que a coisa evolua.

Após uma série de perguntas, o médico disse que os sintomas batiam com a doença do refluxo gastroesofágico e solicitou uma série de exames, inclusive a endoscopia (ô exame ruim!), que é o exame inicial que detecta (ou não) o refluxo.

Pode-se, em seguida, ser necessário um exame chamado pHmetria, que mede o pH do trato digestivo, identificando o grau de acidez tanto do estômago como do esôfago.

refluxo gastro esofalgico11 - Doença do Refluxo Gastroesofágico

Cheguei em casa e corri pra pesquisar tudo, porque né, queria saber o que “diacho” era isso.

Pelo que li, cerca de 5% da população mundial é portadora do problema, que atinge pessoas de todas as idades e é bem comum em bebês.

Doença do Refluxo Gastroesofágico: O Que É?

  🔥HIDRATAÇÃO CASEIRA🔝🔥
    1. 🔝Hidratações caseiras
    2. 🔝Hidratação profunda caseira
    3. 🔝Óleo de coco no cabelo
    4. 🔝Hidração com azeite
    5. 🔝Cronograma Capilar Oficial

Começando “do começo”, quando ingerimos algum alimento, ele passa pela faringe, segue pelo esôfago e chega no estômago, sendo que entre esses dois últimos existe uma espécie de válvula que dá passagem aos alimentos e se fecha bem rápido para evitar que o suco gástrico vá para o esôfago. O suco gástrico não pode ir para o esôfago (que é alcalino) porque a mucosa que o reveste não tem estrutura para suportar essa substância, que é bem irritante (ácida).

Só que, em alguns casos, esse líquido, que é ácido, “escapa” do estômago, atinge o esôfago e pode ir para outros órgãos, alcançando a glote, a laringe, os brônquios e os pulmões, causando graves prejuízos ao organismo. Quando  esse escapamento acontece, ocorre uma inflamação que gera uma série de sintomas bem incômodos.

Quais São Os Sintomas?

O principal sintoma é a azia, que acontece porque o suco gástrico “queima” as paredes do esôfago, e tende a piorar em algumas situações, como, por exemplo, quando nos deitamos de estômago cheio.

Em alguns casos a dor é tão grande que é confundida com um infarto, já que se manifesta também nas região do esterno.

Além da azia, é comum a salivação intensa, conhecida como sialorréia, pigarro, falta de ar, chiado no peito, engasgo, regurgitação, dor torácica e tosse seca, mais comum quando atinge a laringe.

É comum também a sensação de náusea após a ingestão alimentar, bem como a sensação de que há uma “bola” na garganta, soluços, rouquidão e dores de garganta.

No próximo post (AQUI), explico quais as causas e os tratamentos!

Beijos

Ju Lopes

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima. Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

refluxo - Refluxo: Quais as Causas e Como Tratar?

Refluxo: Quais as Causas e Como Tratar?

atividade fisica1 - Ganho de Massa Muscular: Qual o Melhor Caminho?

Ganho de Massa Muscular: Qual o Melhor Caminho?