Evite erros ao usar a chapinha

Sabe aquela amiga com temperamento bipolar que todo mundo tem pelo menos uma assim? Podemos dizer que a chapinha é semelhante a ela, é amiga de muitas horas, mas também tem seus momentos de fúria. A gente fica toda felizinha quando ela alisa perfeitamente ou faz cachos lindos, entretanto, a felicidade só dura até a próxima lavagem, que é o momento em que nos damos conta dos estragos que ela é capaz de fazer.

Todo o cuidado é pouco, a palavra de ordem é prevenção! Use de artifícios que vamos ensinar a seguir para evitar sérios danos e manter seu cabelo sempre bonito e bem cuidado. É bem simples entender porque a chapinha prejudica tantos os fios, assim como a pele reage a uma queimadura, o cabelo reage também, a diferença é que neste caso somos isentos da dor, por isso não podemos mensurar a gravidade do problema da mesma maneira que acontece na pele, onde o estrago é visível e doloroso.

tipos-chapinha
Evite erros ao usar a chapinha

O fato é que esse equipamento é um grande aliado da beleza feminina, até das donas de cabelos lisos recorrem aos poderes da chapinha, afinal, quem aí não quer exibir o liso perfeito um dia ou outro? Para que possamos continuar utilizando dos benefícios instantâneos que ela nos oferece, vem aprender com a gente os principais hábitos condenáveis cometido ao utilizar o aparelho e eliminá-los da sua rotina imediatamente!

Usar a chapinha todos os dias

Quer dizer que queimar os fios todos os dias é um atitude aceitável na sua rotina de beleza? Se sim, está mais que na hora de dar um basta nessa situação, o seu cabelo deve estar gritando alto por socorro e mesmo assim você continua firme e forte na prática. Pelamor, não faça isso contra você mesma, não precisa se desesperar acreditando que a chapinha é sua única solução, já tentou fazer uma boa escova para amenizar o uso dela?

Minha opinião sincera é totalmente a favor da beleza e do efeito de uma escova bem feita, o resultado é infinitamente mais bonito do que o conquistado com a chapinha. Ah e não vale dizer que você não consegue escovar seu próprio cabelo, tudo é questão de prática, insista até que você comece a se entender com o a dupla secador e escova. Afirmo com muita certeza já que sou uma das pessoas que não tinha a mínima intimidade com esses aparelhos, mas não desisti nas primeiras tentativas mal sucedidas, persisti e hoje sou quase uma expert (risos)….

Porém, em alguns casos específicos, como acontece com a maioria dos cabelos cacheados, a escova não é capaz de domar os fios sozinhas e logo as marcas de ondas começam a aparecer, aí sim é um caso de necessidade. Mas também não vale passar somente a chapinha, ao menos tente escovar os fios antes, ela deve ser usada com artifício de retoque para o liso perfeito.

cuidados-com-chapinha-650x350

Exagerar na quantidade de passadas em cada mecha

Ah esse aqui muita gente faz em casa, agredir o cabelo incansavelmente por repetidas vezes até que a alta temperatura retire toda a vitalidade dos fio, porque é exatamente isso que ela faz. Os fios se assumem a aparência ressecada e a segunda reação e a quebra dos fios, seguido de porosidade e pontas duplas. Se não é isso que você quer, passe a prancha somente até que os fios tomem forma e fiquem lisos, ok?

Deixar a prancha fritar os fios por mais tempo que deveria

É fácil perceber que o equipamento consegue alisar os fios com facilidade quando passado nas mechas. Não é preciso estacionar a chapinha em vários pontos dos fios para que ela consiga cumprir sua tarefa com eficácia, essa atitude só ajuda a agredir o cabelo ainda mais e de forma severa. Podemos exemplificar com uma ação recorrente nas hora de modela as pontinhas, o ato de tentar colocar as pontas, independente se o movimento for para dentro ou para fora, é facilmente realizado com agilidade. Nada de passar a chapinha bem devagar nas pontas para ajudar a modelar e virar o cabelo, faça isso com agilidade.

Escolher a chapinha errada

Viu aquela promoção imperdível na televisão e logo saí para comprar uma chapinha nova porque a sua já não está tão boa ou queimou? Nada disso, pare de escolher esse equipamento pelo valor, esse é o item mais irrelevante. Considere o que realmente importa, comece optando por uma que seja adequada ao seu tipo de cabelo, boas opções é o que não faltam, mas esteja disposta para pagar mais do que o valor do anúncio na TV. Sem preconceitos, mas você já deve ter percebido que geralmente são sempre as mais básicas, do tipo que não oferece nenhum benefício e agridem com maior intensidade.

Priorize itens como placa de cerâmica que é excelente para manter a temperatura equilibrada, além de oferecer brilho. Aquelas com visor de temperatura também são superindicadas por profissionais, com elas é possível escolher a temperatura ideal para os diversos procedimentos que podemos realizar.

mulher-cuidados-secador-chapinha-35350

Quando o a assunto é tamanho ideal, eu mesmo tendo cabelos longos, o que seria indicado utilizar uma chapinha maio, prefiro as médias ou finas. Elas alisam muito bem, são ótimas para a franja e cabelos curtos e ainda fazem o efeito babyliss com muita presteza. Sem falar da praticidade né, é fácil de carregar e ocupam pouco espaço.

Não hidratar

Tratamentos capilares aqui é lei! Se você não tiver o hábito indispensável de hidratar suas queridas madeixas, pode dar adeus à saúde, ao brilho e a maleabilidade. Pense o seguinte: se você os agride com frequência, as hidratações e reconstruções também devem ser frequentes. Inclua tratamentos que reponham água, aminoácidos, lipídios, queratina, ceramidas e óleos à sua rotina de cuidados de beleza.

Usar chapinha com cabelo úmido

Gente, isso não pode, a não ser que sua intenção seja literalmente fritar os seus fios. Caso contrário sempre realize o processo com os cabelos totalmente secos, a exceção de equipamentos que são desenvolvidos exclusivamente para este fim, como aquela vendida na Polishop.

Quer saber o que d fato acontece quando se usa o aparelho nos fios ainda úmidos? A alta temperatura d chapinha faz com que a água presente no fio entre em um tipo de processo de fervura, o resulta não poderia ser diferente de ressecamento drástico até a quebra do cabelo.

Deixar o protetor térmico de lado

Neste item voltamos ao início do texto onde eu faça a comparação entre queimadura de pele e de cabelo. Quando encostamos a chapinha no dedo, por exemplo, a dor é enorme. Então o que te faz pensar que o cabelo não sofre danosamente com a atitude de usar chapinha e não proteger o cabelo? Os protetores térmicos são grandes aliados, além de criar uma película protetora em volta dos fios para livrá-los das altas temperaturas, ele é um facilitador de escovas, já que torna a tarefa mais agradável porque a escova desliza com facilidade. Além disso, garante maciez, brilho, um perfume adorável e mantem a os fios sedosos com ar de hidratado por mais tempo.

A dica é escolher por um produto que ofereça vários benefícios em um só, assim você protege os fios da chapinha, do babyliss e do secador e ainda garante um certo tratamento para o seu cabelo. Agora a missão mais difícil é escolher a sua versão preferida e não abrir mão dela. Use o produto sempre que equipamentos de fonte de calor estejam em cena.

Comece a pensar na saúde do seu cabelo, no tempo e também no dinheiro, que você certamente irá economizar com tratamentos capilares se colocar TODAS as nossas dicas em prática!

Beijos amorzinhas,

Neny Bertini

Evite erros ao usar a chapinha
5 (100%) 1 Voto

Kemilly Bertini

Jornalista, comunicativa, pura energia. Apaixonada pelo universo feminino, dar dicas sobre beleza, moda, cabelos, maquiagem sempre foi seu maior hobby e ajudar mulheres a descobrirem a melhor versão de si mesmas é um dos seus prazeres.

1 Comment
  1. Muito útil e bem escrito! Agora é mesmo colocar em prática, não é? Obrigada pelas dicas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.