Guia de Sobrevivência Para Loiras : O Shampoo

Agora o tal do “depois”, que envolve muito mais cuidados do que qualquer morena poderia imaginar!

Vou dividir bem as coisas, tá? Começando pelos cuidados diários, depois os semanais e depois os mensais.

Vamos aos cuidados diários, mas, lembrem-se, essa é a MINHA experiência, é o que eu faço e o que funciona pra mim, certo?

Shampoo

Existem vários tipos de shampoos e, como regra geral, vamos precisar de dois: um shampoo de limpeza e um shampoo de tratamento.

É necessário mesmo? É sim, porque o shampoo de tratamento, normalmente hidratante ou nutritivo, é uma necessidade básica que custa um pouco mais caro e você não vai gastá-lo pra limpar o cabelo, né?

Ok, a função do shampoo é limpar o cabelo, mas você pode fazer isso com um shampoo barato, porque ele só vai limpar, não vai tratar.

Shampoo de Limpeza ( Ou pré-shampoo)

O shampoo de limpeza é, de preferência, transparente , pois eles tendem a ser mais adstringentes e, por isso, limpam melhor os fios.

Ele é aplicado primeiro, na primeira lavagem, e deixa o cabelo “preparado” para receber o shampoo de tratamento.

Eu sempre compro um baratinho para cabelos oleosos, desde que não tenha o pH alto, pra não abrir muito as cutículas.

Um que venho usando já faz um tempão é o amarelinho da SEDA, que limpa super bem e não agride os fios, mas existem dezenas de produtos baratos nas farmácias e nos mercados.

Shampoo de Tratamento

O shampoo de tratamento geralmente possui uma textura mais leitosa, mais grossa e ativos que ajudem a hidratar e tratar os fios.

Já usei muitos e gostei de muitos, como o Shampoo Equalizante Pós Química, da Tânagra, o Shampoo Active Structure, da Truss ( essa linha é perfeita pra quem faz progressiva também), e existem muitos outros de boas marcas, como Lanza (amo os produtos da Lanza!), L`Oréal, Cadiveu ( a linha Glamour é mara!), Moroccanoil, por exemplo.

Mas existem também shampoos de tratamento bons e baratos, como os da Amend, da Acquaflora e, descendo mais o preço, o da linha Óleo Nutrição, da Dove, alguns da TRESemmé, e por aí vai.

Anti-resíduos: Pode?

Caso queiram, de vez em quando, utilizar um anti-resíduo, vale lembrar que já existem shampoos anti-resíduos específicos para cabelos quimicamente tratados, com pH baixo e que não interferem na coloração e nem na progressiva, como o Intesive Shampoo Charis, que é um anti-resíduos para cabelos loiros e com química.

Quanto aos demais, evitem, pois podem sim interferir no tom dos fios (acelerar o desbotamento) e comprometer a química (progressiva e similares), além de ressecar ainda mais um cabelo que já está ressecado.

Faltou falar dos shampoos desamareladores, mas prefiro fazer um post específico dos desamareladores, tá?

No post seguinte falaremos dos condicionadores!

Beijos

Ju

Guia de Sobrevivência Para Loiras : O Shampoo
4 (80%) 1 Voto

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

9 Comments
  1. O Shampoo TRESemmé deixa o cabelo laranja.
    Usei este FDS, Horrivel…

    1. Vc usou qual flor? Adorei o de reconstrução e agora tô com o azul, de hidratação e gosto! MAs, claro, cada cabelo é, como diz a ka, uma sentença!

  2. Tive que até pintar, ficou um laranja bem forte ainda.

  3. odiei treseme também… cabelo ficou duro e embaraçado… usei o hidratação profunda

  4. eu uso amend há mto tempo e adoroooooo, to usando a linha eco therapy p cabelos secos e amo….

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.