Gravidez: Nem Sempre É O Céu

A gravidez, teoricamente, é um momento de plenitude. Mas isso é só teoricamente, porque a verdade é que a infinidade de mudanças ocorridas nesse período podem acarretar problemas relacionados à saúde mental da gestante.

Eu tenho uma certa implicância com quem generaliza as coisas, porque, pra mim,  toda unanimidade é burra. Então, isso de que na gravidez a mulher está no céu e que tem que ser assim com todas, me parece bastante ilusório.

Porque eu digo isso? Porque as pessoas são diferentes e reagem diferentes as mudanças, que, nesse caso, são muitas.

O ser humano naturalmente tem muito medo das mudanças e quase nunca reage bem. Agora, imaginem como fica a cabeça de uma pessoa tendo que, de uma só vez, administrar mudanças físicas,  hormonais, emocionais, psíquicas e sociais…Imaginem!

Foto: Reprodução

O normal, na verdade, é que a saúde mental fique sim abalada.

É claro que  ter um filho é sublime, é claro que é maravilhoso, mas também pode ser assustador…

Ver o corpo mudar, mesmo que seja para gerar uma vida, assusta… E por mais que julguem isso como futilidade, é importante sim, claro que sim…

Essa mudança na forma física pode gerar insegurança quanto ao parceiro, quando a aceitação por terceiros e também pode abalar a auto imagem.

E, ao contrário do que muita gente acha, isso não é um absurdo, isso é normal!

Outra coisa que deve ser pesadíssima é deixar de ser filha, pra ser mãe. Pra uma pessoa muito perfeccionista (eu!), essa mudança pode sim acarretar muitos problemas, porque a gente tem que ser perfeita em algo que a gente não tem a menor noção do que se trata…É uma responsabilidade enorme e muita gente não está mesmo preparada pra isso.

As mudanças hormonais desse período são drásticas e podem originar inúmeros transtornos, que vão desde a depressão até psicoses graves. Mas isso é assunto para um outro post, tá?

O importante é saber que tudo isso é normal…Que é normal não se sentir no céu, ter momentos de dúvidas, de inseguranças e que, acima de tudo, não podemos nos culpar por isso.

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br /https://www.facebook.com/JuLopesPE

 

Gravidez: Nem Sempre É O Céu
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

5 Comments
  1. Vc é mãe? Eu estou a caminho.. 🙂
    E realmente é uma experiencia única!
    Apesar das mudanças no corpo, que no meu caso foi só o tamanho da barriga ( graças á Deus! ) é uma sensação indescritível sentir o “teu” bebê ali e saber que vc foi parte disso. TÔh boba, gente! Super ansiosa pela chegada dele..

  2. Realmente é uma sensação muito boa,fiquei muito feliz,fazia muito tempo que vinha tentado, graças a Deus consegui engravidar.Muito feliz mesmooooooo.bjs Ju.

  3. SENSAÇÃO BOA PARA ALGUMAS… PQ PARA MIM ESTA SENDO HORRIVEL… TO MUITO INSEGURA, COM MEDO DO FUTURO… COM MEDO DO MEU MARIDO APRONTAR… COM MEDO DE TUDO… PASSO O DIA COM UM MAL ESTAR DANADO E O CORAÇÃO ACELERADO… SUPER NERVOSA… E OLHA QUE DEVO ESTAR DE 5 SEMANAS… :s

  4. Estou esperando um bebê também…e tudo que vc disse ai Ju…realmente é verdade…agente fica tão insegura, frágil…mas a sensação de ter um “serzinho” é maravilhosaa!!

    P.S: Adoroo esse blog Ju!!
    😉

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.