Cremes para Estrias

Acho que quase todas nós somos “agraciadas” com esses risquinhos que causam tanta tristeza ( ao menos em mim!). Não, eu não gosto nem um pouco de parecer uma zebrinha, todaaaaa riscada!

Durante muitos anos ouvi que nada faria as estrias sumirem, mas aí surgiu a carboxiterapia, o laser e tudo mudou. Acontece que esses tratamentos são caros, pois são necessárias várias sessões. Além do mais, carboxiterapia doí demais!

Testei muitos cremes para estrias, alguns ajudaram muito, outros ajudaram pouco.  Ressalto que todos esses produtos eu usei em conjunto com o ácido retinóico, que deve ser utilizado somente a noite. Além disso, é preciso usar filtro solar nas estrias durante todo o dia para evitar a pigmentação da pele.

O ácido retinóico é, até hoje, um dos melhores ativos contra as estrias, mas deve ser usado com acompanhamento médico.

Usei os dois produtos da Avon e não senti muita diferença na cor, textura e na profundidade das estrias, embora a pele tenha ficado super hidratada, sobretudo após o uso do produto da Renew, que realmente deu uma mudada na textura das estrias brancas, mas não fez diferença nas estrias vermelhas.

O creme da Mustela é muito bom para prevenir estrias e funcionou bem nas estrias brancas, onde eu senti mudanças significativas na textura e na cor das estrias. Mas é bem caro para quem vai precisar usar o produto 3 vezes por dia.

O creme da Bio-Médicin foi um dos melhores para as estrias brancas. Asim como o da Mustela, a diferença na cor e textura foi significativa. O problema é que não ajudou nas estrias vermelhas, que é o meu maior problema, e é  caro se pensarmos na quantidade que teremos que usar.

O  Elast Cream, da Adcos, deixa a pele super hidratada, ajuda na reestruturação da pele, que fica bem mais uniforme e sem tantas “depressões”. Não ajudou muito nas estrias vermelhas, mas é interessante para as estrias brancas. O bom desse produto é que é o maior de todos e rende muito.

A misturinha feita com Bepantol e Óleo de Rosa Mosqueta funcionou nas estrias brancas muito bem. As estrias deram uma “apagada”, a textura melhorou muito, assim como a profundidade, sobretudo quando usado em conjunto com o ácido retinoico.

Nas estrias vermelhas o resultado também foi bom, mas nada espetacular.

Espetacular mesmo foi o secar-barriga, que é formulado a base de Iris Iso, ácido glicólico e rosa mosqueta. Para as estrias vermelhas ele é o melhor que eu já usei. Melhorou muito a textura e a cor. Além disso,  foi o único que diminuiu a profundidade. Realmente foi um creme que me surpreendeu muito e que é relativamente barato ( custa 32 dinheiros).

De noite uso o ácido retinóico e de dia uso esse creme  junto com o  filtro solar e as estrias vermelhas estão bem fraquinhas. Nas estrias brancas ele não funciona, mas entrei em contato com a Bio Vitta e a Luciana me informou que em breve a Bio Vitta terá um creme específico para estrias brancas, que obviamente eu vou me jogar com toda a força do mundo!

Para quem tem estrias vermelhas eu super indico o  creme da Bio Vitta, pois realmente está fazendo uma diferença enorme em mim. Para estrias brancas até agora o que mais gostei, até pelo custo-benefício, é a misturinha de bepantol com óleo de rosa mosqueta.

E vocês, já usaram algum que funcionou?

Beijos

 

 

 

 

 

 

 

 

[ajax_load_more]
Produtos para Cabelos Em Oferta. Progressivas 20% OFF!
CONFIRA

SEJA LEITORA VIP

Descontos em lojas, E-books Gratuitos e Muito Mais
enviar