Depressão Pós-Parto

Pesquisam revelam que, em média, 35% das mulheres  apresentam sintomas de depressão no período gestacional e que até 20% delas

Estima-se que de 25 a 35% das mulheres apresentam sintomas depressivos na gravidez e que até 20% das mulheres tem confirmado o diagnóstico da doença.

Os sintomas depressivos começam a surgir com mais força a partir do terceiro trimestre da gestação, prolongando-se por até seis meses após o parto.

O grande problema é que esse transtorno muitas vezes é subdetectado e quase nunca tratado, o que é um absurdo pois é sabido que o período gestacional, sobretudo o pós parto, é um período de risco psiquiátrico e que esse quadro precisa de tratamento, para evitar riscos desnecessários.

A depressão pós parto possui intensidade variável, podendo ir de leve à severa.

j0430468 e1299256629925 - Depressão Pós-Parto
Foto: Reprodução

Mas o que, propriamente, causa a depressão pós parto?

Existem várias teorias, mas sabe-se que os fatores biológicos e os psicológicos  influenciam muito.

Biologicamente, tem-se que a variação dos níveis hormonais e as alterações no metabolismo das catecolaminas podem contribuir- e muito- para o quadro depressivo.

  🔥HIDRATAÇÃO CASEIRA🔝🔥
    1. 🔝Hidratações caseiras
    2. 🔝Hidratação profunda caseira
    3. 🔝Óleo de coco no cabelo
    4. 🔝Hidração com azeite
    5. 🔝Cronograma Capilar Oficial

Os fatores psicológicos, como sempre, também possuem uma influência muito grande nesses quadros, pois a relação da mulher com ela mesma, com o companheiro e com os familiares muda muito após a gestação.

Lógico que não é assim com todo mundo, mas para grande parte das mulheres a sobrecarga de mudanças e sentimentos novos podem ocasionar distúrbios .

Na maioria das vezes a mãe não consegue cuidar do próprio filho, o que gera um sentimento de culpa muito grande.

Os sintomas iniciais incluem crises de choro, irritabilidade, ansiedade, perda da libido, excesso ou falta de apetite, lapsos de memória, fadiga  e confusão. Esse quadro tende a melhorar, mas pode avançar para a chamada Psicose Puerperal ( nosso próximo post!) ou para a Síndrome Depressiva Crônica.

É importante saber que qualquer mulher pode passar por isso e, mais importante ainda, que existe tratamento. Portanto, deve-se procurar um médico se os sintomas surgirem, para que se evite algo pior.

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br /https://www.facebook.com/JuLopesPE

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Comentários

Comente
  1. DEPRESSÃO
    Sou terapeuta em REFLEXOLOGIA,
    pelo I.O.R., 75 anos de idade com 44 anos dedicados ao estudo e pesquisa do comportamento humano. Tenho atendido vários clientes que sofrem de DEPRESSÃO
    Recebendo as técnicas da REFLEXOLOGIA, o Paciente consegue obter ótimos resultados; que proporcionarão assim uma excelente melhora em sua qualidade de vida.
    A REFLEXOLOGIA consiste em ativar pontos específicos nos pés, desbloqueando canais
    de comunicação com o cérebro, para que este
    possa agir, corrigindo assim o problema.
    Não tem contra indicação para este
    caso e não usa medicamentos
    O próprio corpo, equilibrado, promove a cura.
    http://www.djalma.com.br
    Bairro Santana – Metrô Santana – Zona norte
    São Paulo – SP – BRASIL. (BRAZIL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando ...

0

Comente Pelo Facebook

0 Comentários pelo Facebook

proteina3 - Dieta da Proteína : O Que É Permitido?

Dieta da Proteína : O Que É Permitido?

acerola - Benefícios da Acerola

Benefícios da Acerola