O que é lipocavitação?

O que é lipocavitação?
O que é lipocavitação?

Olá queridas, hoje quero falar de inimigos terríveis para o nosso corpo, que são a celulite, as gorduras localizadas e a flacidez. Não há nada pior para nós, mulheres, do que lutar com todas as armas contra esses males e, ao final, vermos que estarmos perdendo a guerra. Vou falar de alguns tratamentos que valem muito a pena e rendem excelentes resultados. Para começar a minha explicação, vamos a ela, que é um pesadelo para a nossa vida, a celulite.

A celulite é a acumulação das gorduras na camada superficial da pele. Ela tem como principal característica os furinhos que ficam visíveis em diferentes partes do corpo. Causada pela má alimentação, pode também ser evidenciada por problemas de circulação, tabagismo, estresse, falta de exercícios e também de água, somente para citar algumas das causas.

Esse é um problema limitador, que é esteticamente feio, além de nos impedir de usar nosso biquíni predileto ou até mesmo roupas mais transparentes. O novo tratamento do qual quero falar é a lipocavitação, que tem como principal função acabar com os furinhos com aspecto de casca de laranja. Ele não só combate a celulite, como também a gordura localizada no abdômen, coxas, bumbum, braços. A técnica, cada vez mais popular por sua eficácia, também é chamada de lipo sem cirurgia. O resultado é um corpo mais definido e também com as curvas que sempre sonhamos.

Sei que você deve estar curiosa para saber, exatamente, como funciona a lipocavitação. O procedimento se parece, e muito, com o ultrassom. Deitada em uma mesa, recebemos uma camada de gel sobre a área que será tratada e, em seguida, a especialista fará movimentos giratórios com o aparelho de lipocavitação. Em temperatura constante, esse aparelho produz uma energia ultrassônica de alta intensidade, capaz de penetrar na pele e o resultado é que há uma quebra das células de gordura e consequentemente seu derretimento e eliminação.

Há dois tipos de lipocavitação, a dispersiva e a focalizada. Enquanto a dispersiva alcança uma região maior por metragem, a focalizada atinge a gordura superficial. A dispersiva pode ser aplicada em diversos tipos de pessoas – desde aqueles que têm pouca gordura localizada até as com peso acima da média, a focalizada é ideal para as áreas do abdômen, bumbum, coxas, quadris.

Lipocavitação funciona
Lipocavitação funciona

Lipocavitação funciona?

Sim, e muito. Segundo estudos de especialistas, a gordura localizada pode ter uma diminuição de 20 a 30% e os efeitos já começam a ser notados na primeira sessão. É uma técnica que te ajuda a perder medidas e o resultado é que você verá o seu corpo afinar. Mas, atenção, não adianta somente acreditar que a lipocavitação fará milagres. Não é o caso. É preciso também fazer uma dieta saudável e exercícios físicos regularmente, para manter a boa forma.

Geralmente, toda sessão de lipocavitação dura, em média, 30 minutos, mas pode se estender por até uma hora. Não é para quem está com muitos quilos a mais, mas, sim, com um leve sobrepeso ou com gorduras localizadas em determinadas partes do corpo. A lipocavitação vai ajudar a perder essa gordura e também a modelar o seu corpo.

Mas, atenção, há contraindicação para a lipocavitação. O tratamento não deve ser utilizado, de maneira alguma, por grávidas, pessoas que têm diabetes, sofrem de doenças renais ou de fígado, e tenham distúrbios como colesterol alto, obesidade, doença cardíaca, epilepsia, pressão alta, flebite, varizes na área tratada, utilizem DIU ou que tenham prótese ou parafusos ou placas metálicas na área que deseja a técnica. Isso porque a radiofrequência pode prejudicar ou causar danos às pessoas que sofrem desses males.

Vou explicar por que o método pode ser um perigo para quem tem, principalmente, colesterol alto. A principal função da lipocavitação é destruir as células chamadas de adipócitos, local onde estão acumuladas as gorduras. Após a quebra da gordura, ela tem de ser eliminada pelo organismo e o caminho são as fezes ou gordura. Porém, até chegar a esse caminho, ela percorre a corrente sanguínea. E é aí que mora o perigo. Tudo porque com o aumento de gordura no sangue, o que ocorre é também um desequilíbrio nos níveis de colesterol.

Antes de fazer a técnica, o mais indicado é que você recorra a um especialista e faça todos os exames para saber como estão seus níveis de colesterol, assim como todos os outros exames para o melhor controle do seu corpo. Só assim, você poderá ficar seguro quanto à utilização do tratamento.

Lipocavitação resultados

Eu mesma já experimentei a lipocavitação e posso afirmar que a técnica tem excelentes resultados para diferentes tipos de pessoas. Além de diminuir as medidas do bumbum, coxas, quadris, abdômen, a lipocavitação é completamente indolor. Isso significa que você poderá ficar completamente tranquila – nada de agulhas ou qualquer anestesia. Somente o aparelho semelhante ao ultrassom. E depois das sessões, você pode fazer qualquer tipo de ação, sem riscos para o seu corpo.

Em segundo lugar, muitas pessoas querem muito perder gorduras localizadas e também medidas e até pensam em lipoaspiração, mas como é um tratamento agressivo, acabam desistindo desse tipo de cirurgia. A lipocavitação tem resultados muito semelhantes a lipo, mas sem qualquer tipo de transtorno. A boa nova é que você pode escolher qual a gordura vai eliminar primeiro, começando pela que te incomoda mais.

E o mais importante. Não é um tratamento que você só começa a ver os resultados meses depois. Pelo contrário. No primeiro dia, algumas pessoas já relatam que perderam de 3 a 4 cm, e depois a média é de 1 cm a cada sessão. É um verdadeiro sonho ver, a cada dia, as medidas indesejadas diminuindo a olhos vistos.

Para saber como será o seu tratamento é conversar com o especialista para a indicação de quantas sessões serão necessárias para o seu caso. Geralmente, são necessárias de quatro a oito sessões para que o resultado seja completo.

  • Sei que você está se perguntando: posso fazer lipocavitação em mais de uma área por sessão. A minha indicação pessoal é que o melhor é ir com calma porque você terá de dobrar o tempo no consultório do especialista e isso poderá se tornar cansativo.
Aparelho de lipocavitação funciona
Aparelho de lipocavitação

Aparelho de lipocavitação

Atualmente, há diversos tipos de aparelhos de lipocavitação. Há aqueles com cabeçotes de ultrapotência, indicado para locais com pouca adiposidade como joelhos, braços e panturrilhas. Além do mais, esse tipo de aparelho rompe as células de gordura em séries mais curtas de ácidos graxos livres. Isso significa que essa ação favorecerá não só a metabolização, como a eliminação da gordura sem incremento significativo no sangue pelas triglicérides.

De um modo geral, o principal diferencial é, de fato, a potência do aparelho, que é um equipamento semelhante a um ultrassom que, por sua energia ultrassônica, permite a remodelagem corporal e a diminuição da gordura localizada. Geralmente, esses aparelhos trabalham em uma frequência de 20 a 70 quilohertz.

Preço lipocavitação

Chegamos ao preço do tratamento. Você deve estar curiosa para saber quanto é esse tratamento. As sessões custam, em média, R$ 120 e devem ser feitas pelo menos duas vezes por semana.

Ao escolher o tratamento, você deve estar ciente que esse é um procedimento que deve ser realizado por um profissional especializado, que fará a melhor indicação de sessões para o seu caso. Você pode até se perguntar se não é um preço salgado. Com toda sinceridade, acho que não. Primeiro, porque se ele resolver o problema de uma vez por todas o custo-benefício é tentador. Imagina não ficar gastando dinheiro com tratamentos estéticos mirabolantes e que não dão o menor resultado. Sem contar na sua autoestima, já que sem as gorduras e outros problemas que te incomodavam, você ficará de bem com a vida, se sentindo mais feliz e segura com o seu corpo.

Dúvidas sobre lipocavitação

Separei algumas das principais dúvidas sobre o tratamento, para que você sinta segurança ao escolhê-lo para diminuir medidas e combater sua celulite.

Devo fazer algum tratamento adicional à lipocavitação?

Se puder, faça uma dieta rica em lipídios e também com baixo teor de açúcares e gordura. E não se esqueça de associar exercícios físicos regulares, com acompanhamento de profissional, para que o tratamento seja mais eficaz.

A lipocavitação substitui a lipoaspiração?

Não. A lipocavitação tem excelentes resultados, mas não retira a mesma quantidade de gordura que uma cirurgia faria.  Porém, a vantagem é que não há nenhum tipo de corte.

Posso consumir bebida alcoólica durante o tratamento?

O melhor é que não seja consumido qualquer tipo de bebida alcoólica porque a lipocavitação já sobrecarrega o fígado por causa da gordura na corrente sanguínea. O álcool pode prejudicar o processo.

Quero perder vários quilos, a lipocavitação é o tratamento mais indicado?

Não. A lipocavitação é ideal para diminuir medidas e para pessoas que estão com gordura localizada em certos órgãos e não conseguem chegar ao resultado que desejam. O melhor, se você está com muitos quilos acima do peso é procurar um especialista para um emagrecimento e depois partir para esse tratamento.

Vi sessões de lipocavitação com preços incríveis, quais cuidados devo tomar?

É sempre bom procurar profissionais formados e de sua confiança para realizar o tratamento. Há diversos locais que oferecem tratamentos diferentes como se fossem lipocavitação. É bom ficar atenta e se informar antes de fechar o pacote.

Radiofrequência para combater a flacidez

Agora vamos a outro verdadeiro terror, a flacidez. Nada pior do que nossa pele perder o viço e também a elasticidade. O resultado pode ser uma pele feia, enrugada, flácida, cheia de linhas de expressão. Nesse momento, o melhor é se valer da radiofrequência, um tratamento que vem sendo utilizado desde o século 19. Descoberta pelo francês Jacques-Arsène D’Ansorval tem como principal conceito a geração de calor no tecido subcutâneo. O resultado é que esse aquecimento faz com que o nosso organismo produza mais colágeno e, consequentemente, nossa pele fique muito melhor.

Como isso é possível? Simples. Tal como a lipocavitação, o profissional especializado em radiofrequência vai espalhar um gel na área que será tratada e o aparelho aumenta a temperatura do local, estimulando a produção do colágeno.

O melhor é que a radiofrequência é uma panaceia para diferentes problemas. Diminui as rugas, melhora e muito a aparência da pele, aumenta a qualidade da produção do colágeno e da elastina, melhora a microcirculação do nosso organismo e também a hidratação da nossa pele. Sem contar que a radiofrequência também é ótima para a redução de celulite, estrias, fibroses, combate gorduras localizadas e ajuda a combater a terrível papada.

Radiofrequência
Radiofrequência facial

Radiofrequência facial

Como não poderia deixar de ser, nosso rosto é um dos maiores beneficiados com a radiofrequência. Isso porque além de combater as rugas e também a flacidez, o tratamento ajuda a rejuvenescer nossa pele. É uma técnica indicada para, praticamente, todo o processo que envolve o envelhecimento. Estudos indicam que a radiofrequência é capaz de reduzir cerca de 20% do número de rugas.

Outro benefício é que por não haver qualquer tipo de corte, lesões ou edemas, a radiofrequência é um tratamento seguro. Você não terá que ficar em casa ou aparecer com manchas causadas pelo tratamento. A rapidez do resultado também é outra vantagem – em uma semana já é perceptível os avanços proporcionados pela técnica.

Preço da radiofrequência

Há uma grande variedade de preços das sessões de radiofrequência, que podem variar de R$ 150 a R$ 350.  Mais uma vez nossa indicação é que você passe por uma consulta com a dermatologista de sua confiança para conversar com ela sobre o tratamento.

Dúvidas sobre radiofrequência
Dúvidas frequentes sobre radiofrequência

Dúvidas frequentes sobre radiofrequência

arrow

Todo mundo pode utilizar a radiofrequência?

Não. As restrições são para pessoas que estão grávidas, tiveram qualquer tipo de câncer e passaram por tratamentos recentes, quem tem qualquer tipo de prótese no local da aplicação ou que também esteja com alguma inflamação ou dermatite e também pessoas que tenham flebite.

Quanto tempo dura uma sessão de radiofrequência?

A sessão pode demorar de 40 minutos a uma hora. Tudo vai depender da área de aplicação.

Tenho gordura localizada no abdômen, posso utilizar a radiofrequência?

Sim. Esse tratamento é ótimo para gorduras localizadas em diferentes partes do corpo como bumbum, coxas, braços, culote.

Quais são os maiores benefícios da radiofrequência?

Esse é um tratamento múltiplo porque promove a firmeza da pele, suaviza as rugas e marcas de expressão, melhora a circulação sanguínea da área tratada, produz o contorno corporal através da redução de medidas, ajuda na produção de colágeno, além de auxiliar no rejuvenescimento.

Quais os cuidados devo ter para a técnica de radiofrequência?

Esse tipo de tratamento exige especialização do profissional. Portanto, nada de chegar na primeira clínica e já marcar suas sessões de radiofrequência. Primeiro, converse com o profissional responsável, veja quais as qualificações, há quanto tempo está no mercado e, principalmente, seus certificados para o trabalho.

Quantas sessões são necessárias?

Ao passar pela primeira sessão de radiofrequência já vai notar resultados visíveis na área tratada. Porém, para saber quantas sessões você precisará, deverá consultar um especialista.

Como me preparar para a sessão de radiofrequência?

A radiofrequência é indicada para todos os tipos de pele, mas ela funciona melhor quando há maior hidratação. Portanto, quando for para a sua sessão, beba bastante água.

Qual a frequência de cada sessão?

Geralmente, os especialistas indicam pelo menos 20 dias de intervalo entre uma sessão e outra.

Como é feito o tratamento?

A paciente deita-se em uma maca e é aplicado um gel na área que será tratada com radiofrequência. O profissional desliza o equipamento responsável pela radiofrequência.

O que é radiofrequência monopolar?

Nesse tipo de tratamento, a corrente elétrica atinge uma profundidade na pele de até 6 milímetros, graças ao eletrodo que fica na área que está sendo tratada.

O que é radiofrequência bipolar?

Nesse tipo de tratamento, o eletrodo de saída e de retorno é a própria ponteira, o que significa que a corrente elétrica terá um efeito mais superficial, chegando a 2 mm de profundidade da pele.

E a radiofrequência tripolar?

Como o próprio nome indica é composta por três eletrodos que estão na mesma ponteira e o diferencial é que há um aquecimento tanto das camadas superficiais quanto das mais profundas da pele.

Mais sobre tratamentos corporais:

O que é lipocavitação?
5 (100%) 2 Votos

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

1 Comment
  1. Boa noite!
    Parabéns pelo post
    Sigo o estilo de vida Paleo (alimentação a base de proteínas, gorduras saturadas e baixo teor de carboidratos)
    Irei fazer lipocavitação, há 15 dias atrás fiz criolipólise nesse período estou controlando a ingestão de gorduras e focando mais em proteínas.
    Fiquei com uma dúvida apenas
    “faça uma dieta rica em lipídios e também com baixo teor de açúcares e gordura.”
    Lipídios e gorduras não são a mesma coisa?
    Obrigada

Leave a Reply

Your email address will not be published.