Como clarear axilas escuras [2018]

Como clarear axilas escuras

Como clarear axilas escuras

Como clarear axilas escuras

O surgimento de manchas escuras nas axilas pode ter como causas uma má limpeza da região, o excesso de suor, o uso de determinados desodorantes, de células mortas da pele, excesso de depilação, fatores hereditários, entre outros.

Esse problema, na maioria das vezes, não afeta a saúde de quem o apresenta, entretanto, atrapalha a estética do sexo feminino, fazendo com que as mulheres sintam vergonha, principalmente quando seu tom de pele é mais claro.

Mas, por sorte, existem várias alternativas que ajudam a tratar e clarear as axilas muito escuras, devolvendo o tom original dessa parte da pele. Mas, para se obter bons resultados na hora da aplicação de uma dessas alternativas é necessário ser feita uma limpeza prévia das exilas, evitar o uso de desodorantes com álcool e de lâminas para se depilar.

Nesse artigo mostraremos, algumas dessas alternativas para clarear as axilas muito escuras. Vamos conhecê-las?

Como evitar que as axilas fiquem escuras?

Fazer lavagens periódicas das axilas, sempre que suar ouse sujar de poeira.

Fazer uma esfoliação suave semanal nas axilas, para retirar resíduos de produtos (desodorantes, cremes) ou células mortas. Essa esfoliação semanal pode ser feita com pedra-pomes, sal, açúcar, fubá, ou com seu creme esfoliante preferido.

Evitar fazer a depilação das axilas com gilete. Dar preferência a fazer a depilação das axilas com cera, que costuma ser o método mais aconselhado nestes casos.

Cuidar da hidratação da pele das axilas com o mesmo cuidado que usa na pele do rosto. Um hidratante de uso diário e de boa qualidade é fundamental em casos de processos irritativos da pele na região das axilas.

Evitar usar roupas apertadas, que deixam fiapinhas e podem manchar a pele das axilas (junto com o acúmulo de suor ou desodorante).

Principalmente no verão usar roupas de algodão, para evitar a sudoração excessiva e prevenir as manchas nas axilas, assim como o excesso de transpiração.

Evitar usar antitranspirantes, pois uma das funções destes produtos é evitar que a pele respire naturalmente ou que produza sudoração e transpiração. Por causa disso, os poros vão se fechando e as impurezas se tornam manchas escuras. Procure usá-los o menos possível e prefira manter a higiene das axilas com água e sabão neutro ou com desodorantes naturais.

Veja também:

Melhores tratamentos caseiros para clarear axilas muito escuras

Melhores tratamentos caseiros para clarear axilas muito escuras

Melhores tratamentos caseiros para clarear axilas escuras

– Água oxigenada: A água oxigenada é ideal para reduzir e eliminar as manchas escuras nas axilas, pois ela é capaz de clarear visivelmente as axilas, devolvendo a elas o tom suave e de delicado que toda mulher deseja. Além de ser um produto de fácil acesso, a água oxigenada, também servirá para evitar o mau cheiro na região.

  1. Geralmente, para a aplicação nas axilas usa-se o volume 10 e dissolve-se em água (50/50). Deve-se retirar a mistura, após alguns minutos com bastante água.

– Iogurte e aveia: O iogurte tem propriedades desinfetantes e refrescantes, que ajudam a limpar a pele retirando as células mortas. Já a aveia oferece suavidade e é um excelente esfoliante para facilitar a limpeza profunda da pele. Esse tratamento com iogurte e aveia branqueará as axilas, fazendo com que elas apresentem uma aparência jovem e saudável.

  1. Para que isso aconteça basta misturar o iogurte natural com uma colher de sopa de aveia.
  2. Depois aplicar a mistura nas axilas, massageando-as suavemente.
  3. Retiras a mistura após 5 minutos com bastante água.

– Óleo de coco: A vitamina E contida no óleo de coco atua como um branqueador natural se usada constantemente.

  1. Para se obter os resultados desejados recomenda-se usar o óleo de coco diariamente nas axilas, massageando-as durante quinze minutos antes de tomar banho.

– Vinagre de maçã: O vinagre de maçã tem propriedades desinfetantes, limpadoras e clareadoras. Esse ingrediente será um ótimo aliado pra reduzir manchas nas axilas, ajudando na recuperação do tom claro das axilas e facilitando a eliminação de células mortas.

  1. Para que isso aconteça basta misturar um pouco de vinagre de maçã com farinha de arroz até ficar uma forte pasta.
  2. Aplicar essa mistura durante o banho nas axilas e deixar agir por quinze minutos.
  3. Depois enxaguar com água morna.

– Pepino: O pepino é um ingrediente com altos teores de vitamina E, água e óleos naturais que servem especialmente para limpar e refrescar a pele. Por causa de suas propriedades hidratantes, esfoliantes e desinfetantes, o pepino é ideal para tirar manchas e reduzir a aparência escura das axilas.

Para isso devemos fazer um creme branqueador de pepino com os seguintes ingredientes:

– 1 colher de sopa de polpa de pepino
– 2 gotas de limão
– 1 pitada de cúrcuma

Como preparar e usar o creme branqueador de pepino:

  1. Misturar muito bem todos os ingredientes para obter uma pasta.
  2. Aplicar na região escurecida das axilas e deixar agir de quinze a vinte minutos.
  3. Repetir o tratamento a cada três dias.
  4. É provável que a cúrcuma produza uma mancha amarela na região, entretanto essa mancha pode ser tirada com uma limpeza adequada, esfregando um algodão com leite na região.

– Leite: O ácido lático é um ingrediente muito efetivo para reduzir as manchas escuras das axilas, pois ele tem um poder esfoliante que ajuda a eliminar as células mortas da pele e os excessos de desodorante que podem ser a causa do problema.

  1. É recomendável aplicar o leite nas axilas, utilizando um algodão e deixando agir por dez minutos.
  2. Esse processo deve ser repetido pelo menos duas vezes por dia e frequentemente para manter as axilas limpas.

-Limão: O limão é um clareador da pele, mas só deve ser utilizado a noite, pois ele manchará a pele se tiver contato com a luz, podendo, inclusive, até provocar queimadura caso saia ao sol. Deve-se usar o suco de limão puro para passar nas axilas.

  1. Deixar agir por meia hora e remover com água e sabonete (só a água não remove o óleo do limão. Observe se não ocorre irritação no local da aplicação (caso ocorra suspenda a aplicação) e continue usando o suco de limão até clarear as axilas como deseja. Importante: Cuidado com o sol! Como já dito anteriormente, o limão mancha e queima a pele.

– Bicarbonato de sódio: Para clarear as axilas com bicarbonato de sódio, basta preparar uma pasta com os seguintes ingredientes:

– 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
– 20 ml de leite de rosas

Misturar bem esses ingredientes até formar uma pasta e aplicar nas áreas afetadas, deixando agir por quinze minutos. Depois lavar com água morna e passar um creme hidratante. Aplicar essa mistura 2 vezes por semana.

– Argila branca: Para clarear a axila com argila branca deve-se preparar a seguinte pasta caseira com os seguintes ingredientes:

– 1 colher de sopa de argila branca
– 2 colheres de sopa de água
– 32 gotas de óleo essencial de laranja

  1. Misturar esses ingredientes até formar uma pasta e aplicar nas axilas.
  2. Deixar agir por 15 minutos e lavar a seguir.
    Esses ingredientes podem ser encontrados em lojas de produtos cosméticos ou naturais, e em algumas farmácias de manipulação.

Tratamentos estéticos para clarear axilas escuras

Assim como existem diversos tratamentos caseiros para clarear as axilas, também existem alguns tratamentos estéticos como a mesma finalidade. Esses tratamentos estéticos variam de acordo com cada caso. Normalmente eles começam com produtos despigmentantes, que devem ser aplicados sobre apele. Dentre esses tratamentos estéticos podemos destacar:

Peeling físico

O peeling é feito com uma substância ácida que queima a região da axila e provoca uma descamação da pele, removendo a pigmentação escura. O único desconforto desse tratamento estético é o ardor causado pela queimadura instantes após a aplicação, apesar de ela ser superficial. Vale ressaltar, que o tratamento não resolve os casos em que as axilas estão com manchas muito fortes.

Peeling químico branqueador

Esse procedimento estético que usa o ácido glicólico provoca a descamação e a renovação da pele. Ao mesmo tempo também é aplicado o acido kójico, para o clareamento as axilas. Nesse procedimento estético são necessárias no mínimo quatro sessões, uma ou duas vezes por semana. É preciso evitar a exposição ao sol durante o tratamento e também dez dias após o término do tratamento.

Luz pulsada

No tratamento com a luz pulsada, as axilas recebem disparos de raios luminosos que destroem a melanina acumulada na pele. Durante a aplicação, o disparo da luz pode provocar uma picada na pele e a sensação de ardor que aparece em poucos minutos.

Depilação definitiva

Se o problema das axilas escuras e com manchas estiver ligados à depilação, como na maioria dos casos, não resta dúvidas sobre a indicação da depilação definitiva. Removendo os pelos pela raiz essa técnica impede que os fios voltem a nascer. Esse procedimento estético também promove gradualmente o clareamento das axilas, impedindo que elas voltem a escurecer.

Veja também:

Remédios para clarear axilas escuras

Uma boa dica para clarear as axilas é passar um pouquinho da pomada Dexpantenol (BEPANTOL) na região afetada todas as noites, antes de dormir durante uma semana. Esta pomada ajuda a clarear a pele porque contém pró-vitamina A e ouros ingredientes que protegem, hidratam e renovam a pele, sendo útil na eliminação das manchas escuras nas axilas.

Como clarear axilas escuras com bepantol


O Bepantol por ter função regeneradora, cicatrizante e hidratante, pode ser um aliado nos casos de escurecimento das axilas. Usado inicialmente para assaduras de bebês, o produto se tornou um dos queridinhos nos cuidados com a beleza. No caso do clareamento das axilas, o bepantol deve ser aplicado de 2 a 3 vezes ao dia nas axilas.

O bepantol, na verdade, funciona de forma indireta, uma vez que, ele reconstrói a barreira cutânea da pele, melhorando a qualidade e hidratação da pele, evitando assim, que as agressões externas causem os pigmentos e façam surgir as manchas. Desse modo, o bepantol acaba agindo de forma indireta no clareamento das axilas.

Hipoglós e Minâncora

Hipoglós e Minâncora

 

Outras pomadas que também clareiam as axilas são Hipoglós e Minâncora.

Clariderm

Clariderm

Outro remédio também indicado para o clareamento das axilas é o Clariderm.

Clariderm é um medicamento apresentado em creme e comercializado em bisnagas. Em sua composição são encontradas três substâncias clareadoras, sendo a hidroquinona (em concentração de 2%) a principal. O creme promete clarear as axilas até que ela fique num tom uniforme. Ele possui também, fator de proteção 18 contra os raios UVB e UVA.

Desodorantes para clarear axilas muito escuras

Desodorantes para clarear axilas muito escuras

Desodorantes para clarear axilas escuras

Também existem cosméticos, como os desodorantes, que ajudam a clarear ou a evitar o escurecimento da pele. Esses desodorantes clareadores, em geral, possuem em sua fórmula substâncias com propriedades hidratantes, calmantes e anti-inflamatórias. Eles ajudam a clarear a pele de maneira suave.

As versões em creme e roll-on são as mais indicadas, porque não possuem álcool. Dentre esses desodorantes podemos destacar:

Dove Dermo Aclarant

- Dove Dermo Aclarant

Dove Dermo Aclarant

 

– Dove Dermo Aclarant: Esse desodorante possui em sua fórmula extrato e semente de girassol, que recupera o tom natural da pele e previne o escurecimento das axilas.

Nívea Clear Skin

Nívea Clear Skin

Nívea Clear Skin

– Nívea Clear Skin: Sua fórmula contém um sistema clareador composto de proteínas de pérola e liconice, que graças às suas propriedades clareadoras deixam as axilas com um tom uniforme, bem cuidadas e bonitas.

Avon Skin So Soft

 Avon Skin So Soft

Avon Skin So Soft

– Avon Skin So Soft: Esse desodorante contém ácido tiodipropiônico, que ajuda a clarear e uniformizar o tom da pele das axilas.

Garnier Bi-O Clarify

Garnier Bi-O Clarify

Garnier Bi-O Clarify

– Garnier Bi-O Clarify: Sua fórmula possui AHA de limão que clareia e unifica o tom da pele das axilas.

Como clarear axilas muito escuras na gravidez

Como clarear axilas muito escuras na gravidez

Como clarear axilas escuras na gravidez

Apesar de não ser uma regra, ficar com as axilas escuras na gestação é um fenômeno comum deste período e que não causa riscos à saúde. Entretanto, essas manchas escuras nas axilas podem incomodar pelo aspecto estético, principalmente quando permanecem após o nascimento do bebê.

Chamada de hipercromia, essa alteração que deixa as axilas escuras na gravidez é decorrente de uma série de transformações hormonais típicas da gestação, que resultam no aumento da produção de melanina, que é o pigmento responsável por dar cor à pele. Em vista disso, o escurecimento das axilas durante a gravidez é normal.

Tratamentos para clarear as axilas na gravidez não são necessários, uma vez que, o problema costuma melhorar após o parto. Entretanto, se o escurecimento persistir pode ser feito o uso de produtos clareadores, que costumam ser indicados para reduzir a aparência escura da pele das axilas. Porém, alguns produtos só podem ser usados com indicação médica, como os cremes e as pomadas à base de ácidos fortes ou hidroquinona, já que possuem riscos e cuidados específicos e geralmente só são usados por mães que não amamentam mais.

Também, apostar em receitas caseiras para clarear axilas escuras na gravidez pode ser uma cilada, pois o limão e outros produtos “naturais” não são recomendados, pois ao invés de melhorar, eles podem até mesmo agravar ainda mais as manchas, deixando-as permanentes.

A melhor dica, portanto, durante a gravidez é sempre recorrer a um médico, para o clareamento das axilas e não tentar resolver o problema em casa.

Porque as axilas ficam escuras?

O escurecimento gradual das axilas está diretamente ligado aos métodos depilatórios que você utiliza para remover os pelos da região, que é naturalmente bastante sensível, assim como a virilha, diferentemente de outras áreas, como, por exemplo, as pernas, que possuem a pele bem mais resistente. Este escurecimento das axilas ocorre por diversos motivos que acabam abalando a auto-estima feminina, pois muitas mulheres deixam de usar peças de roupas sem mangas com o receio de que as manchas apareçam publicamente, ocasionando algum tipo de constrangimento. Então, o que fazer para clarear as suas axilas e colocar um ponto final nisto tudo?

Quando você depila as suas axilas com métodos depilatórios que cortam os pelos na superfície da pele, como, por exemplo, o creme depilatório e a lâmina da gilete, o procedimento é rápido e indolor, facilitando a vida de quem possui a rotina acelerada e das mulheres preguiçosas. Contudo, com o passar do tempo, ambas as opções podem causar uma certa irritação na pele, em que os métodos depilatórios foram aplicados, devido ao atrito constante na mesma localização. Isto resulta na aparição da vermelhidão, acompanhada de coceira ou desconforto, que pode evoluir para uma hiperpigmentação, ou seja, o escurecimento das axilas.

Desodorantes escurecem as axilas?

Não há comprovação de que desodorantes escureçam as axilas, mas muitas mulheres afirmam que isso acontece, sobretudo os desodorantes que contêm fragrância. Se escurece ou não, não tenho como afirmar, mas o que pode acontecer é uma reação alérgica ao desodorante, sobretudo quando utilizado após a depilação. Se, por exemplo, a pessoa depila a região com lâmina, que gera atrito, e em seguida usa um desodorante que contenha álcool, é claro que o álcool vai gerar uma irritação local e essa irritação pode  levar ao escurecimento da região.

Quanto a isso, é essencial que os produtos que contenham álcool não sejam utilizados após a depilação e isso vale para qualquer parte do corpo!

Os desodorantes ideais são isentos de álcool e, também por isso, leite de rosas não deve ser utilizado como desodorante, pois contém altos teores de álcool. Além do mais, ao testar um produto e notar que a região escureceu, ardeu ou irritou, suspenda o uso imediatamente.

Roupas escurecem as axilas?

É preciso evitar o uso de roupas que apertem e abafem a região, bem como as peças de tecidos mais grosseiros, que geram um atrito maior, pois esse atrito pode irritar a pele, deixá-la vermelha e hiperpigmentada. Daí, como medida de proteção contra essa agressão, a pele tende a ficar mais grossa e também mais escura.

De modo geral, esse problema é mais comum em pessoas que estão acima do peso e em meninas de pele morena ou negra, que já possuem a tendência de hiperpigmentar mais que as meninas de pele clara.

 

Tratamento para hiperpigmentação

Para tratar a hiperpigmentação, que ocorre por conta de uma produção maior de melanina no organismo, substância esta responsável pela tonalidade da sua pele, é preciso utilizar ácidos que controlem os melanócitos, as células que produzem a melanina. O melhor ácido para o seu caso deve ser receitado por um dermatologista, pois muitas vezes descobre-se que uma mancha nas axilas, na verdade, é uma espécie de queimadura e não uma mancha propriamente dita. Contudo, geralmente é receitado um creme tópico com ácido retinóico, ácido hidroquinona ou ácido kójico. Os peelings químicos oferecem concentrações maiores por serem usados sem cremes hidratantes.

Saiba mais:

Efeitos Colaterais do Ácido Retinóico

Clarear axilas com ácido retinóico

O leve escurecimento das axilas costuma ser tratado com o ácido kójico, que é um despigmentante que não oferece sensibilidade ao sol por ser mais fraco. Já as manchas mais escuras costumam ser tratadas com o ácido hidroquinona, sendo que as mulheres não podem se expor ao sol durante o tempo de tratamento e devem abusar do protetor solar nas axilas para poderem sair de casa. Junto com qualquer uma das duas opções é utilizado o ácido retinóico, popularmente conhecido como tretinoína, cujo principal papel é acelerar a descamação da pele e a renovação celular, facilitando o trabalho do clareamento.

Quem depila as axilas com outros tipos de métodos depilatórios que arrancam os pelos pelas raízes, como, por exemplo, a máquina elétrica com pinças e a cera, está sujeita a outros tipos de complicações, como as reações alérgicas e as foliculites.

Quando começam a crescer novos pelos, após os antigos serem arrancados pelas raízes, os mesmos costumam encravar por baixo da pele, ocasionando a inflamação da área afetada. As bactérias e os fungos se aproveitam da situação para se proliferar na região, ocasionando manchas, coceira e pus. Neste caso, para tratamento, são receitados o ácido acetilsalicílico e o ácido azelaico.

O ácido acetilsalicílico mata as bactérias e os fungos, diminuindo a inflamação e as bolinhas vermelhas que se formam na superfície da pelo, sendo geralmente acompanhado por substâncias como a glicerina e o álcool.

Já o ácido azelaico atua como um despigmentante que normaliza a tonalidade natural da pele, dando adeus para a vermelhidão e para a hiperpigmentação. Produtos mais econômicos, como o vinagre e o leite de magnésia, também matam as bactérias e os fungos das foliculites. Mas, para solucionar o impasse de vez, ou seja, o encravamento dos pelos, somente com a depilação a laser ou com a depilação a luz pulsada. Tenha cuidado com receitas caseiras mirabolantes para clarear as axilas, pois as mesmas podem escurecer ainda mais a região.

Como Ter Axilas Macias e Lisinhas?

Esfoliação

Um dos cuidados mais importantes para as axilas, mas que pouca gente lembra, é a esfoliação. Ela é essencial  e deve ser feita ao menos duas vezes ao mês para as células mortas e impurezas acumuladas sejam removidas, e também para evitar que os pelos encravem, coisa que é bastante comum. O ideal é utilizar esfoliantes mais leves, já que a região é bem sensível, que devem ser aplicados de forma suave, já que essa região é vulnerável e qualquer agressão maior pode acabar deixando a pele escurecida, justamente por causa do atrito.

Células mortas

Outro cuidado que precisa ser tomado é com a limpeza da região. As axilas devem ser lavadas com água e sabonete antisséptico para remover as impurezas mais superficiais bem como os resíduos do desodorante. Após a lavagem, a região precisa ser seca, vez que a umidade nesse local, que é de dobra, associada ao calor do verão acaba sendo o “palco” perfeito pra proliferação dos fungos e das bactérias. A toalha, claro, deve estar seca e limpa.

A escolha do desodorante

Muita gente tem a pele das axilas bastante ressecada, e uma dica boa é optar por um desodorante hidratante, que ajuda a hidratar a pele da região, ao tempo em que também controla a transpiração. Os desodorantes de ação hidratante são, geralmente, mais cremosos e contém ativos que agem efetivamente na hidratação da pele. Via de regra eles vêm em bastão, e creme ou, no máximo, em roll-on, e os desodorantes líquidos, como os que são em spray, se forem a base de álcool agem ressecando a pele. Por isso, evitem sempre os desodorantes de base alcoólica, pois eles ressecam e podem manchar a pele.

Precisa de hidratação extra nas axilas? Aplique, após o uso do desodorante, um pouco do seu hidratante corporal, espalhando bem. Opte pelas versões mais sequinhas, pra não favorecer a umidade que, por sua vez, favorece o mau  odor. Uma leitora ensinou uma vez a usar o hidratante durante a noite, antes de dormir, e acho uma ótima opção!

Enfim, neste artigo procurei mostrar as melhores receitas caseiras, dicas e remédios para o clareamento das axilas. Espero ter ajudado!

Como clarear axilas escuras [2018]
5 (100%) 13 Votos

Sobre Kika @blogdakika

Kika – Sou blogueira há 10 anos, dedico à vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso… com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br
Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote 😉
Compartilhe com suas amigas.
Beijos no coração.

Minha Página
Saiba Mais

Kika Beauty - kika@patricinhaesperta.com.br / contato@patricinhaesperta.com.br

Instagram: @blogdakikaa

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Melhores cremes para celulite 2018
Como tirar mau cheiro das axilas
Tags: , , , , , , , , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.