Olheiras: Tipos

Alguém aqui já olhou no espelho e se deparou com um panda invertido ao invés do ser lindo que  costumava ser? Pois é, são as tais das olheiras…Em mim elas costumam aparecer após uma noite mal ou não dormida (dependendo do motivo, compensa…kkkkk), mas ela pode ter inúmeras causas, sabiam?

A olheira é uma  hiperpigmentação causada  pelo acúmulo anormal de melanina ou vasos sanguíneos na parte inferior dos olhos. Esse acúmulo pode ser gerado por diversos fatores, como o uso de álcool, a hereditariedade, as alergias, os medicamentos, a asma, a idade, a fadiga, a menstruação, os problemas hepáticos, a anemia e os fatores ambientais.

Dependendo da causa, as olheiras podem ser de quatro tipos: constitucionais, melânicas, sanguíneas e vasculares.

As olheiras constitucionais  são profundas, acastanhadas e decorrem da anatomia do rosto, sendo muito comum em árabes e indianos que, anatomicamente, possuem um globo ocular mais profundo, o que projeta a sombra da cavidade e origina a olheira.

As olheiras melânicas são causadas pelo acúmulo de melanina em redor dos olhos e são desencadeadas por fatores hormonais, como a menstruação, ou pelo excesso de sol. Assim como as olheiras constitucionais, elas também são acastanhadas, mas respondem bem a tratamentos com despigmentantes.

As olheiras sanguíneas são  arroxeadas,  decorrem do acumulo de pigmento sanguíneo em volta dos olhos e podem ser reduzidas com tratamentos que estimulem a microcirculação da região.

As olheiras vasculares decorrem  da retenção local de fluidos e possuem um  aspecto meio azulado. Agravam-se em situações de estresse e fadiga, mas são facilmente tratadas.

De modo geral, os tratamentos disponíveis para as olheiras são eficientes, mas bastante lentos e individualizados, já que cada pessoa vai responde de uma forma ao tratamento proposto.

Laser, cremes com substâncias despigmentantes, o ácido hialurônico e  o quantum apresentam resultados satisfatórios no clareamento e suavização das olheiras, mas isso é assunto para o próximo post, tá? Ah, e prometo falar também sobre maquiagem para esconder as olheiras, com um tutorial de passo a passo, certo?

Enquanto isso, façam bastante chá de camomila, que tem ação calmante e vascular, coloquem pra gelar e apliquem em volta dos olhos (gelo também serve!). Essa é uma medida paliativa, que dura menos de 24 horas, mas que ajuda muito quando a coisa está, literalmente, preta!

Beijos

Ju

@JuLopesL / julianalopes@patricinhaesperta.com.br 

Olheiras: Tipos
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

6 Comments
  1. Oiee

    Nossa olheira é terrível,

    Alguém já usou o creme para olheiras da Eudora ?
    To pensando em comprar pra testar.

    Beijos

  2. AI MEU DEUS QUEM MANDOU COLOCAR MINHA FOTU?KKK
    😀 NÃO DEIXO FALTAR AKI EM CASA O CORRETIVO 3 EM 1 DA COLOR TREND
    DA AVON ÓTIMO CUSTO/BENEFÍCIO

  3. Eu até hoje não consigo definir a minha, acho que é ”olheira pirracenta” porque é UÓ!
    eu me acabo com corretivos e bases -.- é um saco
    já usei aqueles creminhos, ja coloquei pepino, mas NADA ajuda -.-
    resta me conformarlkkkkkkk

    http://dantastrendy.blogspot.com

  4. Tenho uma olheira muito funda, mas dizem que e genética.. Meu pai tb tem, já usei vários cremes e muita maquiagem, mas tirar esses roxos si meu rosto êh mtooo complicado.. Odeio

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.