Big Chop na transição capilar

Sobre Bruna Giese

Apaixonada pela escrita, formada em Letras e redatora nas mais diversas áreas existentes, com um foco ainda maior quando o assunto é moda e cuidados femininos.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Falar com a blogueira: blogueira@patricinhaesperta.com.br / contato@patricinhaesperta.com.br

Sugestão de pauta: redacao@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Comercial: marciovazquez@mulhernetwork.com.br

comercial@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Assuntos gerais: nvx@mulhernetwork.com.br

Big Chop na transição capilar

Big Chop

Big Chop na transição capilar

Poucas coisas são mais difíceis na vida do que tomar decisão. Embora seja necessário fazê-lo constantemente, não é simples. Seja uma troca de emprego, o término de um relacionamento ou qualquer outra coisa, como um Big Chop, por exemplo, é sempre complicado estabelecer uma mudança radical e sair do comodismo.

Quando o assunto é a estética, não é muito diferente. Mudar o visual é sempre válido e traz um ar novo e rejuvenescimento que podem fazer muito bem para o dia-a-dia, mas também implica em aceitação de uma nova forma de viver. Mais do que isso, é preciso desapegar da maneira anterior e se preparar para eventuais críticas sociais.

Para mulheres, uma das principais mudanças visuais está nos cabelos. Colorir, criar mechas, cortar. Existe uma infinidade de ações que podem ser tomadas para mudar o visual, mas uma em especial costuma trazer muitas dúvidas: a transição capilar.

O que é a transição capilar?

Com a quantidade de informação que temos nos dias atuais, é impossível ficar imune às tendências modernas. Desta forma, acaba-se estabelecendo alguns padrões de beleza que nem sempre está em linha com o gosto individual de cada um, mas muitos optam por segui-lo apenas para “acompanhar o modelo vigente”.

É justamente por isso que muitas mulheres optam por manter o cabelo liso e se utilizam de produtos e recursos para tê-lo desta forma. Não seria nada de errado se esse fosse realmente o jeito que elas gostariam de ter seu cabelo, mas passa a ser um problema se isto acontece apenas para seguir uma tendência geral.

Quando percebem que não gostam dessas técnicas de alisamento, as mulheres podem buscar algo mais natural em relação aos seus cabelos, deixando os fios livres para ficar da maneira mais natural, formando os charmosos cachos.

Entretanto, para mantê-los lisos, por muito tempo elas utilizam de alguns produtos e colocam muita química nos fios capilares, impedindo que se comportem de maneira natural. Para deixar o cabelo natural, é preciso um processo de “purificação”. A esse processo nomeia-se transição capilar.

Como funciona o Big Chop na transição capilar?

Para a recuperação da naturalidade capilar, é preciso ter paciência, tempo e coragem. O cabelo cresce constantemente e, ao cortar o uso de produtos que o façam manterem-se lisos, ele passa a voltar ao natural, sendo necessário apenas cortar o volume anterior que ainda tem o impacto do gosto anterior.

Mulheres mais corajosas costumam acelerar esse processo através do Big Chop, grande corte, em português. O processo consiste basicamente em fazer um corte radical no cabelo, ao invés de fazê-lo de maneira gradual, eliminando a parte alisada. O “novo cabelo” a crescer não terá o impacto dos recursos usados anteriormente e crescerá de maneira natural.

Apesar de simplificar o processo, é preciso coragem por parte de quem vai tomar a medida. Antes de qualquer coisa, é importante ter certeza da mudança e preparo psicológico para reações e olhares tortos das pessoas em geral já que existe certo preconceito bobo para cabelos muito curtos em função dos tais “padrões de beleza”.

Dá para fazer Big Chop sozinha?

Após a tomada de decisão, o segundo passo é realizar o corte. Uma das dúvidas naturais é se é possível fazer o Big Chop sozinha ou se é necessário a ajuda de um profissional. Embora seja possível realizar o processo na própria casa, é recomendável pedir alguma ajuda para evitar sustos desnecessários.

A grande questão é que pode existir um contraste de dois tipos diferentes de cabelo: o alisado e o natural, e isso pode incomodar. Por isso, por mais segura e determinada que esteja o ideal é fazer o Big Chop com ajuda.

Quais as vantagens do Big Chop?

Existem inúmeras razões para realizar o processo do Big Chop. O principal é a liberdade: a maior parte das mulheres que realizaram o Big Chop não se arrepende e diz que se sentiram mais leves e livres dos padrões estabelecidos pela sociedade em geral. Esse fator psicológico pode ser levado para muitos outros assuntos já que fará bem para a autoestima de maneira geral.

Outro fator importante é econômico. Usando o cabelo de maneira natural, não será necessário gastar tempo e dinheiro com alisamentos e outros produtos para mantê-lo artificial. Nos dia-a-dia também ajuda: o uso natural vai exigir menos atenção e cuidados com chapinha e secador do que um cabelo forçadamente liso.

Quais as desvantagens do Big Chop?

Big Chop

Big Chop na transição capilar

Se, por um lado, o Big Chop traz uma grande sensação de liberdade e coragem, por outro pode ser necessário certo controle emocional em relação à comentários e olhares tortos. Isto porque muitas das pessoas podem não gostar e criticar a decisão, o que pode ser ruim se a mulher não estiver preparada para este tipo de reação.

Embora pareça coisa simples, nem sempre é tratado desta forma. Por isso é importante estar consciente antes de optar pelo Big Chop, evitando que algo que deveria ser positivo passe a ser algo que deixe a mulher triste ou incomodada. Se ela não der importância a isto, não há o que temer já que não existe desvantagem técnica.

Existe alternativa ao Big Chop?

Caso a mulher perceba que quer a mudança, mas não está pronta para julgamentos de terceiros ou entende que isto pode afetar a alegria dela no dia-a-dia, o ideal é realizar o processo de maneira mais lenta.

Assim, a principal opção é parar com o uso de produtos e de alisamento e deixar que, aos poucos, o cabelo vá tomando sua posição natural. Conforme ele for crescendo, a mulher poderá cortá-lo pouco a pouco, sem um grande choque visual que poderia ser causado com o Big Chop.

Como cuidar do cabelo após o Big Chop?

Depois de realizar o Big Chop, é fundamental que se tenha alguns cuidados naturais de uma grande mudança, especialmente em relação à expectativa. É possível que o cabelo natural fique um pouco diferente do que se imagine talvez um pouco mais grosso, e é importante estar preparada para essas mudanças e evitar frustrações.

Outro ponto importante é em relação aos produtos utilizados para o cabelo. Alguns podem não ter o mesmo efeito de antes, outros podem agredir os fios e devem ser evitados. Além disso, cada cabelo é único: não é por uma amiga usar algum produto ou creme que ele servirá e ficará bem para o seu também.

No restante, há pouco com o que se preocupar. A decisão pode ser difícil, mas os resultados costumam ser muito mais elogiados do que criticados.

Sobre Bruna Giese

Apaixonada pela escrita, formada em Letras e redatora nas mais diversas áreas existentes, com um foco ainda maior quando o assunto é moda e cuidados femininos.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Falar com a blogueira: blogueira@patricinhaesperta.com.br / contato@patricinhaesperta.com.br

Sugestão de pauta: redacao@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Comercial: marciovazquez@mulhernetwork.com.br

comercial@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Assuntos gerais: nvx@mulhernetwork.com.br

Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO